NFL

Duelo dentro da AFC North abre a rodada; Jogão entre Patriots e Seahawks vai fazer a semana 10 pegar fogo!

Foto: Otto Greule Jr/Getty Images

Um dos assuntos que permeiam a temporada 2016 da NFL é a queda da audiência no Estados Unidos. Alguns especialistas colocaram na conta dos eventos importantes que o país viveu recentemente, tais como as finais da Major League Baseball e as eleições. Pois bem, o Chicago Cubs já levantou o caneco e Donald Trump já está fazendo suas malas rumo à Casa Branca… Agora é a hora do futebol americano reinar, certo? Eis que os responsáveis pela programação colocam um ‘sensacional’ duelo entre Baltimore Ravens e Cleveland Browns para abrir a semana nesta quinta-feira (10). Não há audiência que resista a isso.

Como se trata de um esporte imprevisível, pode ser que realmente seja um embate de tirar o fôlego e decidido nos segundos finais. A questão aqui é que a qualidade técnica será nivelada por baixo. Os Ravens são franco favoritos segundo as casas de aposta, mas não deixe que a liderança da AFC North com 4-4 te engane: Baltimore está mais para o time que perdeu quatro partidas consecutivas do que para a equipe que venceu o Pittsburgh Steelers no último domingo por 21 a 14. Mesmo assim os comandados de John Harbaugh jogam em casa, no M&T Bank Stadium, e devem vencer – os odds para um triunfo de Baltimore são baixíssimos (1,22).  Por quê? Porque os Browns são os Browns.

Pense em tudo de ruim que poderia acontecer com um time da NFL, depois multiplique por dez. Essa é a atual fase do time de Cleveland. Inúmeros problemas dentro e fora de campo refletem a pífia e patética campanha de nove derrotas em nove partidas – o único time que ainda não venceu em 2016. Os comandados de Hue Jackson deram sinais de melhora nas últimas semanas, mas não o suficiente para cravar um triunfo longe de casa. Um triunfo dos Browns rende R$4,75 a cada real investido – se você gosta de arriscar MUITO fique à vontade. As bolsas de aposta trazem para os mais realistas uma opção bem mais acolhedora: o spread.

Cleveland deve ganhar? Não. E cobrir o spread? Pode ser. Uma diferença de 10 pontos no placar para Baltimore é um spread bem exagerado – trata-se do sexto pior ataque da liga e de um time que vem sofrendo contra adversários mais fracos em casa. Os Browns mantiveram o jogo parelho até o intervalo em pelo menos seis das nove derrotas, o time cobriu o spread em cinco dos últimos seis compromissos em Baltimore e o calouro Cody Kessler deu mostras que pode ser um QB razoável. Se Cleveland perder por menos de dez pontos os investidores quase dobram o montante inicial.

 

Sunday Night Football terá reedição do Super Bowl XLIX

Se o jogo de “prime time” desta quinta-feira será sofrível, o Sunday Night Football será memorável: nada menos que a reedição do Super Bowl XLIX entre New England Patriots e Seattle Seahawks em Foxborough. Quase dois anos se passaram, mas a tônica do duelo continua a mesma: o feroz ataque dos Patriots de Brady e companhia contra uma das melhores defesas da atualidade. Quem leva? Difícil prever.

A rivalidade entre as equipes aumentou ainda mais após a grande final em Glendale, Arizona — a mais equilibrada dos últimos anos. Nenhum fã da NFL jamais vai esquecer a fatídica chamada de passe do técnico Pete Carroll nos segundos finais: o time estava a duas jardas da end zone e contava com um dos melhores running backs de todos os tempos à disposição. Será que o técnico dos Seahawks apaga parte daquele erro com uma vitória no Gillette Stadium?

Difícil, mas nada impossível. O ataque renasceu na última segunda-feira (7) após algumas semanas de letargia – Russell Wilson aparenta estar mais saudável e tem talento para fazer as coisas andarem em Foxborough. A defesa continua sendo uma das mais fortes da NFL em 2016 e não vai facilitar o trabalho de Brady e companhia. Um triunfo de Seattle iria fazer a alegria de Washington e de muita gente mundo afora: a vitória dos visitantes quadruplica o montante inicial! Já se os Seahawks perderem por menos de oito pontos, algo bem possível, os investidores faturam R$1,91 a cada real.

O spread passa a ser a melhor opção pela ótima fase que vive o New England Patriots – o time a ser batido no momento. Os comandados de Bill Belichick voltam da semana de descanso loucos para retomarem de onde pararam: o ataque é o melhor da liga desde o retorno de Tom Brady na semana 5 e a defesa cede uma média de 14,3 pontos por jogo em casa. O camisa 12 deve abusar dos passes curtos e precisos para gastar o relógio e manter a bola longe da boa secundária de Seattle – a “Legion of Boom”. Será uma noite memorável em Foxborough.

 

Comentários

2 Comentários

2 Comentários

  1. Felipe Costa

    10 de novembro de 2016, às 18:33

    O Superbowl XLIX foi no Arizona, no University of Phoenix, não no Metlife em NY.
    Abraço!

    • Equipe Ganhador.com

      14 de novembro de 2016, às 15:15

      Obrigado, Felipe! Fizemos a correção.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar