Ganhador.com

Notícias

Divididos entre Copa do Brasil e Sul-Americana, 7 times da Série A entram em campo nesta quarta

Os treinadores não gostam de falar sobre o assunto, mas a pulga já está atrás da orelha de todos. Sete jogos agitam a terceira rodada da Copa do Brasil nesta quarta-feira (27) e – por incrível que pareça – algumas equipes podem não entrar em campo com o que têm de melhor. Sete times da série A jogam nesta noite buscando uma vaga na fase final da Copa do Brasil, mas em caso de eliminação podem garantir a participação na Copa Sul-Americana – segunda maior competição continental.

Parece coisa de louco, mas é apenas um reflexo do confuso calendário do futebol brasileiro. Desde 2013 a Copa do Brasil se estendeu até o final do ano. Portanto, participar do torneio e da Sul-Americana ao mesmo tempo é algo impossível. Apenas as equipes fora da Copa do Brasil podem disputar o torneio continental. Fato que, em algumas oportunidades, faz as equipes não entrarem com força máxima nessa fase do certame.

Quatro das oito vagas brasileiras para o torneio sul-americano já foram preenchidas por Flamengo, Sport, Santa Cruz e Cuiabá (vencedor da Copa Verde). Dos times que entram em campo hoje (27), Santos, Atlético-PR, Ponte Preta, Fluminense e Chapecoense podem garantir automaticamente uma das quatro restantes em caso de tropeço. Os demais terão que torcer para que esses times vençam seus compromissos e avancem na competição nacional.

Curiosamente todos os jogos de ida dos sete confrontos dessa noite terminaram empatados, portanto, tudo segue em aberto. Esse “fator Sul-Americana” abre opções de investimento MUITO interessantes – como mostradas pelo site oddsshark.com/br.

Por exemplo, o duelo entre Ponte Preta e Figueirense que acontece às 19h30 no Moisés Lucarelli, em Campinas: grande parte dos torcedores da Macaca clamam um retorno à Sul-Americana – competição em que a equipe chegou à final em 2013. Embora o discurso seja de entrar com força máxima, a escalação do time ainda é um mistério.

Como o primeiro embate em Santa Catarina terminou em 0 a 0, qualquer igualdade com gols em Campinas classifica o Figueira. Uma ótima opção de investimento: um empate pagará R$ 3,43 para cada real investido. Já um triunfo do Figueirense – algo nada impossível diante das circunstâncias – poderá quadruplicar o dinheiro investido (4,56)! O técnico do Figueirense, Argel Fucks, deixou claro que vai colocar em campo o que tem de melhor.

Cariocas em campo nesta quarta

Além da Macaca, outro time cercado de mistério é o Botafogo. O técnico Ricardo Gomes ainda não deu pistas se pretende escalar os titulares, um time misto ou somente reservas para encarar o Bragantino às 19h30 na Ilha do Governador. O Fogão ainda não utilizou o time titular nas primeiras partidas da competição, portanto, tudo pode acontecer. A vantagem é relativamente confortável: o time carioca se classifica com qualquer vitória ou em empates por 0 a 0 e 1 a 1. Se o 2 a 2 voltar a se repetir no Rio, a decisão vai para os pênaltis.

Essas incertezas no Alvinegro carioca abrem boas possibilidades de investimento. Um empate no duelo paga R$ 4,22 para cada real investido –  lembrando que em duas igualdades o Botafogo se classifica. Um triunfo do Massa Bruta – o que não é nada impossível – renderia um lucro de quase sete vezes o dinheiro investido (6,74). Além do pensamento na Sul-Americana, vale lembrar os vexames recentes do Fogão na Copa do Brasil.

Outro time carioca que entra em campo nesta quarta (27) é o Fluminense. O time viaja ao Rio Grande do Sul para encarar o Ypiranga às 21h45, no Colosso da Lagoa, em Erechim. Nesse duelo o fator da Sul-Americana não parece estar presente. O Tricolor entrará praticamente com força máxima para tentar apagar a atuação muito ruim do jogo de ida – quando empatou em casa por 1 a 1 com o time titular.

O desempenho foi tão abaixo do esperado que o técnico Levir Culpi chegou a pedir demissão na entrevista coletiva após o embate. Tudo leva a crer que o Flu jogará para valer em Erechim, mas resta saber se conseguirá bater uma das surpresas da competição até aqui. O Ypiranga tem o empate sem gols a seu favor e contará com o apoio de seu torcedor. A zebra pode passear por aqui! Um triunfo dos gaúchos chega a quintuplicar o investimento (5,00). Um empate no Sul pagará 3,70 a cada real investido.

Demais confronto

O mais desequilibrado de todos os duelos acontecerá na Vila Belmiro, às 21h45. Mesmo desfalcado, o Santos recebe o Gama-DF precisando de qualquer vitória ou empate com gols para avançar à fase final da competição. É quase impossível o time da baixada não marcar em seus domínios. O Peixe venceu seis dos sete jogos dentro de casa no Brasileirão. Se pouquíssimos times de Série A conseguem bons resultados na Vila, imagine só uma equipe que sequer disputa a Série D. Caso uma zebra histórica aconteça, os investidores irão ao delírio: um triunfo do Gama pagará R$ 18 para cada real! Um empate multiplicará em oito o investimento inicial (8,27).

O oposto deve acontecer no outro embate envolvendo times da Série A: a partida entre Chapecoense e Atlético-PR na Arena Condá será extremamente equilibrada. Após um 0 a 0 em Curitiba, o confronto segue totalmente em aberto. Pelo menos nas prévias, os dois times devem ir com força máxima. Quem perder garante vaga na Sul-Americana. Imprevisível. Uma vitória da Chape rende R$ 2,30 para cada real investido; o empate paga R$ 3,20 e um triunfo do Furacão R$ 3,05 para cada real.

O sétimo embate da noite acontece no Pará: Paysandu recebe o Juventude na Curuzu às 19h30. A terceira fase da Copa do Brasil se encerra amanhã (28) com o jogo entre Fortaleza e América-MG no Ceará.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar