Ganhador.com

Brasileirão Série A

Coritiba é favorito contra o Vitória e pode ajudar o Internacional

Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images

No entanto, triunfo dos baianos fora de casa pode ser determinante para o rebaixamento do Colorado

Na rodada em que tivemos a definição do Palmeiras como o campeão brasileiro de 2016 (mais informações na sequência do artigo), falta apenas uma partida, a ser realizada nesta segunda-feira (28), às 20h (horário de Brasília), que pode ser fundamental para decretar o último rebaixado para a Segundona do ano que vem.

De um lado, o Coritiba, mandante, que não tem mais qualquer chance de cair. Do outro, o Vitória, que traz a obrigação da soma dos três pontos, mesmo com a dificuldade de encarar a torcida adversária no Couto Pereira. E ainda há um terceiro interessado. Hoje, o fã do Internacional é Coxa desde criancinha, pois é a única esperança de buscar a salvação da degola na rodada derradeira do Brasileirão. Confira, a seguir, as principais cotações envolvendo o duelo, de logo mais, com o selo Oddsshark.com/br de qualidade.

 

CORITIBA COM MAIS CHANCES

Os números mostram que os paranaenses devem confirmar o triunfo, quando este palpite paga pouco mais que o dobro: R$ 2,06 sobre cada real – mas que não traz qualquer diferença em termos de classificação. No entanto, o Leão da Barra joga sua sorte no ano, quando a superação contra um oponente que não terá motivos para “comer a grama” pode ser um bom fator de incentivo para o investidor que busca um melhor retorno financeiro. A vitória do rubro-negro baiano traz a margem de resgate de 370%, bastante satisfatória. O empate na capital do Paraná vale a bagatela de R$ 3,27 por R$ 1.

É bem verdade que o Vitória tem tido um péssimo desempenho como mandante, mas, para fugir do rebaixamento, todo sacrifício é válido. Inclusive, financeiro. Afinal, é quase certo que os jogadores receberam, da diretoria, a promessa de um bom prêmio, o famoso “bicho”, caso consigam somar os três pontos no Couto Pereira. E o que motiva o Coxa a suar a camisa? Boa pergunta. Na prática, nada. No entanto, ir a campo sem qualquer pressão tem suas vantagens. Um certo descompromisso do time, em contraste ao nervosismo dos baianos, pode permitir a criação de boas oportunidades de gol.

 

MAIS OPÇÕES

Mas, se comparada à situação do Colorado, o momento do Vitória é bem mais favorável. Afinal, depende só de si para manter-se na elite do futebol brasileiro. Logo, um placar igual, hoje, pode ser considerado um bom resultado. E o mercado mostra três combinações bem lucrativas, como o 0 a 0 (R$ 9,50/R$ 1), 1 a 1 (R$ 6,50) e o 2 a 2 (R$ 14,50).

Agora, com relação a triunfos do visitante, existem hipóteses mais rentáveis quando você determina um marcador exato. A começar pelo tradicional 1 a 0, que traz a cota de R$ 10,50 por R$ 1. Na sequência, o score de 2 a 1, com a generosa expectativa de 1250% de valorização nos aportes. E por fim, um confiante 2 a 0, que praticamente livraria os rubro-negros do Z-4 e premiaria os apostadores com 1850% de rentabilidade.

Por outro lado, é natural confiar na premissa de que o Coritiba quer fechar a temporada 2016, diante da torcida, de forma honrosa. Sendo assim, a vitória do Coxa pelo placar mínimo vale R$ 7,50/R$ 1, além de outras boas possibilidades, como o 2 a 1 (R$ 8,50), o 2 a 0 (R$ 9,50) e um 3 a 1 (R$ 15,75).

 

PALMEIRAS CONFIRMA O QUE TODOS JÁ ESPERAVAM

Na última rodada, o Vitória recebe, em Salvador, no próximo domingo, às 17h (horário de Brasília), o Palmeiras, que garantiu o título brasileiro, com uma rodada de antecipação, ao bater a Chapecoense, por a 1 a 0, em casa, ontem (27) – resultado que trouxe 43% de lucro. E o trunfo do Leão da Barra pode ser justamente um relaxamento do Verdão, que vai passar a semana inteira em festa e sem a necessidade de ganhar mais um pontinho sequer. Mas estamos falando de uma tendência. Afinal, nada impede que os alviverdes queiram comemorar o título fazendo o que apresentaram de melhor na competição: garra e eficiência.

Antes do Brasileirão, o Palmeiras não era o principal favorito, quando o Atlético-MG liderava as bolsas de aposta. Mas o Palestra, por contar com um bom elenco, o jovem craque Gabriel Jesus e o grande Cuca no comando técnico, estava entre os melhores palpites para levantar a taça no fim do ano. E assim aconteceu. Para quem, desde o início, acreditou no Verdão, o retorno foi de R$ 6,50 por cada real.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar