Liga MX

Copa do México define semifinalistas

Queretaro

Disputada em formato ainda mais breve que a Copa do Brasil, a Copa do México realiza na noite desta quarta-feira (19) os três jogos que vão definir os três times que vão passar às semifinais do torneio mata-mata que inclui todas as condições de equilíbrio e emoção buscadas pelos apostadores de todo o mundo.

A partida que abre a noitada será às 21h (de Brasília) entre Cruz Azul e Querétaro. Não há partida de ida ou de volta: a Copa do México é disputada em sistema de jogo único, como costuma ocorrer em outros países da América do Sul que não o Brasil.

Neste duelo único, o Cruz Azul, mais tradicional, larga com favoritismo. Sua cotação de vitória é R$ 1,67 a cada R$ 1,00 apostado. Vêm depois o empate (R$ 3,60) e o triunfo do Querétaro (R$ 4,72).

É no Cruz Azul que joga hoje um antigo conhecido dos palmeirenses, o atacante argentino Jonathan Cristaldo. Ele faz companhia no ataque ao equatoriano Joffre Guerrón, que encantou o mundo ao surgir na LDU e não repetiu, com as camisas de Cruzeiro e Atlético-PR, aquilo que se esperava dele: um nível que o permitiu, por exemplo, ser escolhido como o melhor jogador da Libertadores da América de 2008 que conquistou pela equipe de seu país.

Por falar em equipes, há um claro desnível entre o Cruz Azul e o Querétaro. O Cruz Azul é da capital Cidade do México e existe desde 1927, sendo um dos times mais tradicionais do país. Já viveu momentos melhores que o atual, mas segue como uma aposta segura especialmente diante de zebras como o caso do Querétaro nesta noite.

Outra referência é o Campeonato Mexicano. O Cruz Azul está em 12º na divisão principal, três posições à frente do Querétaro. Há, porém, apenas três pontos de distância entre os dois.

A noite seguirá às 23 horas (de Brasília) com o duelo entre o Chivas Guadalajara e o Alebrijes Oaxaca. É, de novo, um caso de barbada contra zebra. O triunfo do Chivas paga R$ 1,50, com a vitória do Alebrijes rendendo R$ 5,97 e com o empate ficando no meio do caminho com R$ 3,88.

Embora não conte com nenhum jogador de passagem expressiva pelo futebol brasileira, o Chivas é famoso por jogar sempre no mítico estádio Azteca, onde a seleção do Brasil conquistou o Mundial de 1970 e a Argentina ergueu sua segunda e última Copa, a de 1986.

É da Argentina que vem o técnico do Chivas. Trata-se de Matías Almeyda, um dos cotados pelo São Paulo para treinar o clube no lugar de Edgardo Bauza, de saída para a seleção argentina.

Almeyda costuma caracterizar suas equipes como times de extremo equilíbrio entre defesa e ataque, e a partida das oitavas-de-final, quando venceu por 1×0 o pequeno Monarcas, é uma prova disso. Suas vitórias costumam ser conquistadas de forma apertada, priorizando a importância da defesa, especialmente em jogos eliminatórios – como o desta noite.

Outro sinal do equilíbrio pedido por Almeyda vem do Campeonato Mexicano. O Chivas é o quarto, sem permitir folga aos líderes, mas também sem abrir distância para os que vêm atrás, o que será pedido ao treinador apenas na reta final da competição.

Também às 23 horas (de Brasília) será realizada a partida que promete o maior equilíbrio, tanto pelas apostas quanto pela relação de forças e tradição de ambos os times. O Puebla e o Toluca se enfrentam com cotações praticamente iguais. A vitória do Puebla rende R$ 2,53 a cada R$ 1,00. Já o triunfo e a classificação do Toluca pagam R$ 2,60. No fim, a opção mais rentável acaba sendo o empate que levaria a definição para os pênaltis, com R$ 3,19 a cada R$ 1,00.

O Toluca vive melhor momento no Campeonato Mexicano. Está em sétimo e soma 20 pontos em 13 jogos. O Puebla ocupa a 13ª posição, mas tem só quatro pontos a menos.

Até como prova de prioridade do que cada um pretende para si na temporada, os três primeiros no Mexicano – Tijuana, Pachuca e Tigres, nesta ordem – não estão mais na Copa.

No jogo que abriu a série de confrontos das quartas-de-final na noite de ontem, o América venceu o Chiapas por 3×2 e se classificou para a semifinal. Sua vitória jogando em casa rendeu uma plena cotação de favorito, devolvendo R$ 1,29 a cada R$ 1,00 apostado. Vinham bem depois o empate (R$ 5,06) e a vitória do Chiapas (R$ 8,30).

O América agora espera nas semifinais o vencedor do duelo entre Chivas Guadalajara x Alebrijes Oaxaca.  A outra semifinal será formada pelos vencedores de Cruz Azul x Querétaro e Puebla x Toluca.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.