Ganhador.com

Premier League

Antídoto contra o rebaixamento, técnico Tony Pulis (West Bromwich) busca feito inédito na Premier League

Foto: Matthew Lewis/Getty Images

Conhecido por segurar equipes na primeira divisão, galês pode pela primeira vez em sua carreira colocar time que dirige no top 10 ao final do primeiro turno

Enquanto praticamente o mundo inteiro dá uma pausa para celebrar as festas de fim de ano, na Terra da Rainha há muito futebol ainda em 2016 com a histórica rodada (18ª) do Boxing Day, que ocorre na próxima segunda-feira (26 de dezembro) e coloca muitas questões em pauta. Na ponta da tabela, o Chelsea (43 pontos) comanda as ações da Premier League com seis pontos de vantagem para o vice-líder Liverpool e sete sobre o Manchester City, o terceiro colocado. Apesar da briga intensa pelo caneco, a emoção não fica por menos na parte debaixo, com a disputa pela permanência na elite inglesa.

Um time, em específico, tem chamado à atenção pela reação repentina ainda no primeiro turno. É o centenário e ao mesmo tempo modesto West Bromwich, da região de West Midlands, na Inglaterra. Tido como um dos postulantes ao Z-3 no início da competição, o time comandado por Tony Pulis vai aos poucos se afastando da “confusão”. E o galês de 58 anos é uma das principais razões para o clube estar na oitava posição, com 23 pontos, nove em relação Sunderland, 18º e primeiro clube que ocupa a zona da degola.

Conhecido por ser um manager “com os pés no chão”, evitando gastar desesperadamente em contratações, Tony Pulis é tratado como o salvador contra o rebaixamento. Nunca uma equipe dirigida por ele caiu para a segunda divisão. E olha que o treinador galês já superou situações praticamente irreversíveis, como em novembro de 2013, quando assumiu o Crystal Palace na 13ª rodada, então último colocado. Com 11 vitórias em 25 jogos, Pulis assegurou a inimaginável permanência do clube. O feito rendeu o técnico o prêmio de melhor técnico da Premier League de 2013/2014. Três temporadas antes, ele já havia alcançado o vice-campeonato da FA Cup com o Stoke City, time que ficou conhecido por suas jogadas de bolas na área em arremessos de lateral.

Voltando ao West Bromwich, clube que assumiu em janeiro do ano passado, também em situação delicada, Pulis fez o seu papel e manteve o time na elite do futebol inglês. Depois de um início irregular na atual edição, o West Brow conseguiu uma importante sequência entre a 11ª e 14ª rodadas, ganhando dez pontos (três vitórias) em doze possíveis. Isso rendeu ao time um salto na tabela, que hoje pode ser visto com a oitava colocação. Por falar nisso, a posição pode enfim acabar com um tabu do treinador. Nunca Tony Pulis terminou a primeira metade da Premier League no Top 10. Sinal de novos tempos?

Tentando quebrar a negativa marca, o treinador e seus comandados do West Brow terão uma difícil missão na penúltima rodada do primeiro turno. Eles vão a Londres encarar o quarto colocado Arsenal (34 pontos). Apesar da enorme diferença técnica e de investimentos entre as equipes, a esperança do West Bromwich está na instabilidade dos Gunners, que perderam as últimas duas partidas. Esse fato, mesmo servindo de inspiração para os jogadores do clube visitante, não é dos mais motivadores para os investidores, que consideram uma possível vitória da equipe do técnico galês improvável, com a alta cotação de R$ 8,50. Mais plausível é o Arsenal, cotado em R$ 1,33, vencer o jogo e se manter na briga pelo título.

 

Com rivais em rodada “complicada”, Swansea pode sair do Z-3

A 18ª rodada não é das mais animadoras para a maioria dos clubes que frequentam a parte debaixo da tabela, mas um deles, o Swansea, pode ter motivos para comemorar ao final do Boxing Day. Dos times que lutam contra o rebaixamento, o time do País de Gales é o único que não medirá forças com o pelotão de frente da Premier League. O clube liderado pelo goleador espanhol Fernando Llorente recebe o West Ham (R$ 2,80), 13º com 19 pontos e invicto há três jogos. Se vencer o duelo no Liberty Stadium, onde tem a cotação de R$ 2,62, o Swansea pode deixar o Z-3. Hoje, a equipe é a penúltima com 12 pontos, porém os três pontos dão aos galeses a posição do Crystal Palace (17º com 15 pontos), caso os rivais percam fora de seus domínios para o Watford (12º com 21 pontos). O empate, avaliado em R$ 3,20, é o palpite mais considerado para Swansea e West Ham.

Já em relação ao Hull City, último colocado com 12 pontos, será mais uma rodada de lamentação, a não ser que a equipe jogue tudo o que não jogou até o momento na temporada. Isso porque os Tigres duelam em casa com o Manchester City, de Aguero, Yaya Touré e companhia. O prognóstico desta partida é uma das barbadas da segunda-feira, uma vez que vitória dos Citizens paga R$ 1,30, contra incríveis R$ 10,00 dos mandantes, tidos com a segunda maior cotação da rodada, ao lado do Stoke City, também com R$ 10,00 por real investido, em confronto com o Liverpool (R$ 1,30). Para fechar os jogos dos desesperados, o Sunderland vai a Manchester encarar o United, sexto com 30 pontos, em mais um daqueles jogos para “chorar”. Os Diabos Vermelhos, que não devem ter dificuldades para vencer o embate, são cotados em R$ 1,22, contra R$ 13,00 dos visitantes, antepenúltimo na tabela com 14 pontos.

 

Confira os jogos, horários e cotações da 18ª rodada da Premier League

  • 26/12 – 10h30: Watford (R$ 2,50) x Crystal Palace (R$ 2,90); empate (R$ 3,30)
  • 26/12 – 13h: Arsenal (R$ 1,33) x West Bromwich (R$ 8,50); empate (R$ 5,50)
  • 26/12 – 13h: Burnley (R$ 2,90) x Middlesbrough (R$ 2,60); empate (R$ 3,10)
  • 26/12 – 13h: Chelsea (R$ 1,36) x Bournemouth (R$ 8,50); empate (R$ 5,00)
  • 26/12 – 13h: Leicester (R$ 2,50) x Everton (R$ 2,90); empate (R$ 3,30)
  • 26/12 – 13h: Manchester United (R$ 1,22) x Sunderland (R$ 13,00); empate (R$ 6,50)
  • 26/12 – 13h: Swansea (R$ 2,62) x West Ham (R$ 2,80); empate (R$ 3,20)
  • 26/12 – 15h15: Hull City (R$ 10,00) x Manchester City (R$ 1,30); empate (R$ 5,50)
  • 27/12 – 15h15: Liverpool (R$ 1,30) x Stoke City (R$ 10,00); empate (R$ 5,50)
  • 28/12 – 17h45: Southampton (R$ 2,80) x Tottenham (R$ 2,60); empate (R$ 3,25)

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar