Ganhador.com

Entretenimento

Sucesso no Globo de Ouro coloca “1917” no caminho do Oscar. Confira os odds para o filme

Guerra, mais uma vez, é favorita ao Oscar

Globo de Ouro de Melhor Filme e Melhor Diretor sobe o cacife de Sam Mendes e seu 1917 na corrida pelo Oscar.

Foto: Divulgação/Reprodução

O diretor Sam Mendes sabe contar uma boa história e Hollywood entende isso muito bem. Com um currículo pesado – e premiado – que inclui trabalhos como Beleza Americana, Estrada para Perdição e dois filmes da franquia 007, o diretor não era uma aposta certeira para o Globo de Ouro, evento que abre a temporada de premiações nos Estados Unidos. Apesar disso, Mendes foi uma das grandes surpresas da noite e superou o favoritismo de O Irlandês do veterano Martin Scorcese com seu 1917. O drama ambientado na Primeira Guerra Mundial é construído à partir das memórias do avô do diretor – e outros relatos colhidos durante a preparação do roteiro – e conta a história de dois soldados e sua missão de entregar uma importante mensagem cruzando a zona de guerra conhecida como Terra de Ninguém no front ocidental.

Levando para casa os prêmios de Melhor Diretor e Melhor Filme na categoria drama, Mendes chegará no Oscar, segundo os números do Bodog, como um dos favoritos ao grande prêmio. Veja a seguir os que dizem os odds.

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Ousadia recompensada

Seguindo os passos de Alfred Hitchcock em Festim Diabólico, Sam Mendes escolheu o caminho mais difícil e filmou o seu 1917 de modo a deixar o trabalho parecendo uma única tomada com cerca de duas horas. Mas, diferente do mestre Hitchcock que fez seu filme em um único set – quase um teatro filmado –, a câmera de Mendes passeou pelas trincheiras e cenários consumidos pela guerra levando consigo o espectador para dentro do filme.

A coragem de mostrar a sua história de forma tão arriscada foi recompensada no Globo de Ouro quando 1917 passou por cima do favorito (e esnobado) O Irlandês e Mendes deixou para trás tanto Martin Scorcese quanto Quentin Tarantino – que faturou os prêmios de Melhor Roteiro e Melhor Filme na categoria Musical e Comédia com seu Era uma vez em… Hollywood.

O resultado inesperado mexeu com a balança do Oscar 2020 e pode mexer também com a data de lançamento no Brasil – inicialmente previsto para 23 de janeiro.

 

A corrida pelo Oscar de melhor diretor

A vitória de Sam Mendes no Globo de Ouro mexeu com os odds do Bodog para o Oscar de melhor direção. Neste momento, dois nomes são apontados como favoritos pelo site de apostas:  o próprio Mendes, que paga 2,30 por um em caso de vitória e Boon Joon-ho, de Parasita, que em caso de vitória dá um retorno de 2,70 para cada real apostado. Martin Scorcese surge como a terceira via, pagando 6,25 e Quentin Tarantino é cotado em 8,00 por um.

 

E o Oscar de melhor filme vai para…

Se na disputa pelo Oscar de melhor diretor há, neste momento, uma ligeira polarização entre dois candidatos, a briga pelo prêmio de melhor filme poderá ser mais acirrada.

Com odds muito próximos – segundo o BodogEra uma vez em… Hollywood aparece como favorito pagando 3,25 por um. Em segundo lugar vemos Parasita, que no momento dá um retorno de 3,50 para cada real investido. 1917 fecha a lista com 3,75 por um.

Correndo por fora temos O Irlandês (8,00) e Coringa (8,50), filme que rendeu o Globo de Ouro a Joaquin Phoenix e pode lhe dar o Oscar de melhor ator – 1,20 por um contra 7 por um para Taron Egerton que levou o Globo de Ouro de melhor ator em comédia ou musical por seu trabalho em Rocketman.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar