Ganhador.com

UFC

Dana White confirma Jon Jones x Brock Lesnar no radar do UFC

Jon Jones é ex-campeão meio-pesado do UFC
Foto: Divulgação / UFC

Jon Jones não dorme no ponto. Depois de se acertar com o UFC e decidir abdicar do cinturão meio-pesado pra correr atrás da aventura de estrear na categoria dos pesados, o americano aproveitou a notícia de que Brock Lesnar “está na pista pra negócio” e, claro, deu seu sinal de interesse num hipotético duelo com o grandalhão canadense. O presidente do UFC, Dana White, inclusive, já demonstrou interesse em realizar a superluta entre os dois dentro do octógono do Ultimate.

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saiba como apostar no UFC 

Segundo o Bodog, Jones é favorito para uma superluta contra Lesnar pagando 28%, tamanho seu favoritismo na disputa.

Depois de dizer que não lutaria mais como campeão meio-pesado, Jones iniciou sua preparação para a estreia nos pesados, que só deve acontecer em 2021. O principal alvo, obviamente, é Stipe Miocic, campeão da categoria e dono do cinturão até 120kg. Mas vale a pena lembrar que estamos em 2020, e o dinheiro fala mais alto do que a esportividade. Isso significa que se houver a chance de acontecer Jon Jones x Brock Lesnar nos pesados, ela será muito maior do que a chance de acontecer Jon Jones x Stipe Miocic.

Jones sabe que a luta com Brock é mais lucrativa. Miocic tem o cinturão, e Dana White já declarou que o próximo da fila será Francis Ngannou, o que facilita ainda mais o casamento de Jones x Lesnar. Um confronto entre o ex-campeão dos meio-pesados e o ex-campeão do UFC venderia rios de dinheiro e lotaria o bolso da maior organização de MMA do planeta.

Brock Lesnar lutou pela última vez em julho de 2016, quando superou Mark Hunt na decisão dos juízes, mas acabou caindo no doping e o resultado da luta foi revertido para No Contest (Sem Resultado). Ele foi campeão dos pesados do UFC em 2008 e reinou até 2011, quando foi atropelado por Cain Velásquez.

Também na semana passada, o presidente do UFC Dana White em conversa com os jornalistas declarou que tem, sim, interesse em realizar o duelo entre Lesnar e Jones, se ambos quiserem. O dirigente sabe do interesse público em torno dessa luta e vai ignorar a vontade do campeão Miocic, caso ele também cresça o olho pra cima de Brock. E embora ainda seja cedo pra falar desse luta se concretizando, são dois nomes gigantes que certamente abririam a temporada 2021 de forma extraordinária pro UFC.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar