UFC

Ronaldo Jacaré muda de ideia e volta aos médios em luta contra Uriah Hall no UFC

Ronaldo Jacaré é lutador peso médio do UFC
Foto: Divulgação / UFC

Ronaldo Jacaré mal estreou na categoria até 93kg e já está de volta ao peso médio. Depois de perder para Jan Blachowicz na decisão dos juízes, na luta principal do UFC São Paulo, em novembro, o brasileiro decidiu retornar a sua divisão de origem. Segundo a ESPN, ele encara Uriah Hall no UFC 249, em abril, no Brooklyn, em Nova York (EUA), na mesma noite em que acontece a esperada disputa de cinturão dos leves entre Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson.  Mas o que justifica a mudança?

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saiba como apostar no UFC

Bom, enquanto não conseguimos entrevistá-lo para ouvir do próprio os motivos da volta ao peso-médio, é justo questionar a decisão. Embora não tenha saído vencedor do octógono mais famoso do mundo diante de Blachowicz, na minha opinião opinião, Jacaré deveria seguir na categoria até 93kg. O duelo com Jan foi pouco empolgante, mas ainda assim ele fez cinco rounds contra um Top 5 da divisão. Pra se ter uma ideia, mesmo com a derrota diante de Blachowicz Jacaré se tornou top 15 dos meio-pesados.

A mudança de categoria era uma decisão aguardada há bastante tempo. Jacaré poderia ter dado mais uma chance a experiência. Foi uma estreia difícil e sob pressão. Mas ao mesmo tempo, é complicado julgar. Ele pode ter sentido alguma dificuldade específica ou prejuízo na performance uma vez mais pesado. À essa altura, o mais importante pra Jacaré e lutar bem, aos 40, é ele estar com a cabeça no lugar. Mal posso esperar pra ouvir dele a motivação para o retorno aos médios.

Uriah Hall é o atual número 10 no ranking oficial até 83,9kg. Ele venceu três das últimas quatro lutas e sustenta atualmente uma sequência de duas vitórias consecutivas. O jamaicano bateu Antônio Cara de Sapato em sua última apresentação no octógono do Ultimate, em setembro, via decisão dividida dos juízes.

O  casamento de estilos é interessante. Jacaré certamente chegará como favorito no Bodog para o confronto. Hall gosta da luta em pé, assim como Jacaré. A diferença é que o brasileiro é um dos maiores nomes do jiu-jitsu em atividade no MMA e é mais versátil, tem mais armas.

Que o retorno aos médios possa renovar a carreira de Jacaré. Depois do UFC São Paulo, Jacaré agora acumula três derrotas nas últimas quatro lutas no octógono. Embora seja um veterano em ação, ele ainda pode lutar em alto nível e tem muito a oferecer aos fãs de lutas.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.