UFC

Qual o futuro de Conor McGregor no UFC?

Conor McGregor é ex-campeão dos leves e dos penas do UFC
Foto: Divulgação / UFC

Virou quase que uma rotina nos últimos eventos do UFC. Um dos destaques do evento bomba na internet e Conor Mcgregor imediatamente faz um comentário sobre tal performance, deixando no ar a possibilidade de um confronto. O astro irlandês estaria realmente interessado em medir a popularidade de suas opções para a próxima luta no octógono ou estaria apenas aproveitando para se manter em evidência na mídia já que não luta desde outubro passado e até o momento seu retorno parece distante?

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

GANHE DINHEIRO COM AS LUTAS DO UFC

Além de reproduzir centenas de postagens que exaltam seu Whisky nas redes sociais, de janeiro para cá, McGregor já insinuou interesse em lutas com Donald Cerrone, Anderson Silva, falou de lutar em um evento do UFC no Brasil, sugeriu revanches com Nate Diaz, Max Holloway, Floyd Mayweather e no último fim de semana perguntou quem gostaria de ver uma luta com Anthony Pettis. Tudo isso em momentos pontuais, quando os alvos em questão estão em evidência.

O irlandês ainda tem aproveitado o tempo sem luta para comentar assuntos do momento, como a estreia de Kron Gracie no UFC, a vitória de Jon Jones contra Anthony Smith no UFC 235, os problemas pessoais que Tony Ferguson, que entrou em tratamento após a denúncia de violência doméstica por parte de sua mulher, o doping de TJ Dillashaw e muito mais.

Na última semana, Conor foi notícia até no futebol. Ele deu uma entrevista ao site Fifa.com e além de exaltar o “fenomenal” Cristiano Ronaldo, ele criticou Zlatan Ibrahimovic, dizendo que o sueco tenta ser o Conor McGregor do futebol.

Tudo isso pode ser visto de duas formas. A primeira hipótese é que o mundo deu uma volta tamanha que se antes McGregor exigia que seus pretendentes implorassem por uma luta com ele, agora que ele não é mais campeão do UFC, é ele quem corre atrás das melhores chances. A segunda hipótese. que é a que eu acho a mais possível, é que o irlandês mesmo sem lutar está tentando se manter em evidência e usa assuntos e personagens em alta pra aparecer. O que não deixa de ser um sinal de que o mundo dá voltas, já que quando estava no auge no UFC ele não costumava dar moral pra ninguém nas redes sociais.

É bom lembrar que Conor Mcgregor perdeu para Khabib Nurmagomedov por finalização no quarto round no UFC 229, no ano passado, e não luta desde então. Seu futuro segue como incógnita. Ele foi suspenso pelo envolvimento na confusão ocorrida na luta contra o Khabib, mas fica apto a lutar a partir de abril.

Falou-se sobre uma possível luta entre McGregor e Cerrone, mas por algum motivo essa luta teria que ser co-main event, e o Conor, óbvio, não aceitou. Ele quer e deve ser o astro principal do show de seu retorno. O que não tá errado. Se for da ESPN essa decisão de lutas principais de eventos numerados do UFC terem de ser obrigatoriamente duelos válidos pelo cinturão, o Conor vale a exceção. McGregor versus um cone vende muito mais do que a maioria das disputas de cinturão que a organização pode fazer.

À essa altura, como eu falei logo depois da derrota do Conor contra o Khabib, a luta que faz sentido é a trilogia com Nate Diaz. A única chance dele disputar um cinturão agora é se Max Holloway x Dustin Poirier pelo título interino dos leves acabar tão rápido que fica plausível fazer outra disputa antes de novembro, que é a data de retorno de Nurmagomedov, atual campeão absoluto da categoria. Caso contrário, o irlandês vai especular diversas opções de superlutas, mas na minha opinião vai acabar enfrentando pela terceira vez Nate Diaz.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar