Humor

Paixão Nacional: Não vamos exagerar

Aconteceu que o Figueirense – uma das surpresas do torneio – adiou em mais um ano o sonho do Palmeiras de conquistar a Copa São Paulo de Futebol Júnior (título inédito na galeria de troféus da Academia). A vitória por 2 a 1 na última terça-feira, dia 15, eliminou a garotada do Verdão nas oitavas de final. Mas nem de longe a torcida deve enxergar isso como um mau-presságio (apesar das inúmeras superstições que cercam o místico mundo da bola).

Reforçado até as orelhas e dando-se ao luxo de poder montar até mesmo 3 equipes diferentes para a temporada 2019, o Palmeiras de Luiz Felipe Scolari abre o ano favorito a absolutamente tudo. A jornada começa neste final de semana, com o início do Campeonato Paulista – competição na qual o Verdão entra, assim como em 2018, franco favorito ao título. Claro que, à exemplo do que aconteceu na temporada passada, o desempenho em campo pode contrariar todos os prognósticos das casas de apostas e o título parar no colo de algum “azarão” não será algo assim tão absurdo – vamos lembrar que Fábio Carille está de volta ao Corinthians e que, exceto pela defesa, o time reforçou-se relativamente bem para 2019 – tentando eliminar da memória o péssimo ano de 2018. O mesmo vale para o São Paulo que chega reforçado, mas com um piloto inexperiente – André Jardine – no “banco do motorista”.

De todo modo, a eliminação na Copinha dói – ainda mais por ser um título que o Alviverde nunca conquistou. Mas a temporada, pelo menos na teoria, promete ser verde – para desgosto de rubro-negros, celestes, tricolores e alvinegros.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar