Humor

Paixão Nacional: 17 anos depois…

Derrotado na final da Copa São Paulo de 1992 pelo Vasco, o São Paulo terá nesta sexta-feira, dia 25, a oportunidade da revanche contra a muito boa equipe de meninos do Cruzmaltino – melhor até do que os time profissional em alguns aspectos, por mais incrível que isto pareça.

Após livrarem-se de Guarani e Corinthians, os meninos do Morumbi e de São Januário chegam forte para a grande final e de olho em uma boa exibição que poderá lançá-los ao time de cima – algo, aliás, muito bom para o Vasco que, sem dinheiro no bolso, sofre para qualificar seu time principal. O São Paulo que abriu a carteira para trazer Pablo e Hernanes deverá precisar menos da base, mas com tudo que o clube investe em Cotia – onde fica o CT dos juniores – chegar à final da Copinha servirá pelo menos para dar um tempo na pergunta recorrente dos conselheiros quando as coisas não vão bem no Morumbi: e a base?

A final com gosto de revanche acontecerá na próxima sexta-feira, à partir das 15:30 no estádio do Pacaembu e fará, mais uma vez, parte das comemorações do aniversário de 465 da cidade de São Paulo.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar