Humor

Humor: iluminação

Pelo andar da carruagem, pegaram muito mal as críticas do técnico Cuca ao novo sistema de iluminação do Morumbi. Após o empate em 1 a 1 com o Palmeiras no final de semana pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, o treinador disse que o gol do Verdão foi, em parte, culpa da iluminação do estádio que teria atrapalhado o goleiro Tiago Volpi no segundo tempo. Segundo reportagem publicada pelo UOL, Cuca disse que:

“O Palmeiras teve uma sorte incrível. Foi um gol espírita, a iluminação atrapalhou um pouco o Volpi. Naquela bola ele foi atrapalhado e esse gol muda toda a situação do jogo”.

Claro que teve gente que não gostou da reclamação do professor ao novo sistema de iluminação com refletores de 3000 lux – antes o sistema era de 700 lux (unidade de iluminamento) – do estádio. O diretor-executivo de infraestrutura do Morumbi, Eduardo Rebouças, foi lavar a roupa suja em público e disparou contra o treinador em entrevista à Gazeta Esportiva. Segundo a reportagem, Rebouças que:

“Vieram jogar seis seleções aqui na Copa América e ninguém reclamou da iluminação, passou batido. O São Paulo já joga aqui há três meses, passou batido. Em um determinado momento a culpa é da iluminação?”. E sem poupar o treinador, afirmou que “o cara para dar desculpa que o time empatou inventa outro problema”.

Mas nem tudo são maravilhas no novo sistema de iluminação do Morumbi. O executivo confirmou que “realmente, em um escanteio se você olha para cima, fica cego. Agora, você tem que aprender o timing, ele sabe que tem uma hora que dá para abaixar a cabeça e enxergar normalmente”.

Culpa ou não da nova iluminação o fato é que o São Paulo segue sem vitórias a 9 jogos (global) e o sistema de iluminação do Morumbi seguirá o mesmo. Caberá a Cuca não apenas reencontrar o caminho das vitórias como também ensinar seu time a conviver com a luminosidade do estádio tricolor – que disse adeus aos tempos de “boate” que tanto alegraram a “zuêra” dos adversários.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar