Estaduais

Gre-Nal decidirá o Gauchão; Cruzeiro e Atlético-MG se enfrentam no Mineiro; Vasco e Flamengo no Carioca e o São Paulo espera por Santos ou Corinthians

Por pouco

Quase vilão, Tiago Volpi erra pênalti, defende cobrança de Zé Rafael e é o herói da classificação do São Paulo para as finais do Campeonato Paulista

Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC/Divulgação

Parece que bons ventos voltaram a soprar para os lados do Morumbi. Pelo menos neste domingo, dia 7, o São Paulo foi ao Allianz Parque enfrentar o Palmeiras pela volta das semifinais do Paulistão e, mesmo sem conseguir quebrar o tabu e seguir sem vitórias na casa do adversário garantiu o empate em 0 a 0 que derrubou a indicação do Ganhador, mas fez a alegria de apostadores que acreditaram na capacidade do Tricolor de “amarrar” o jogo ou na incapacidade palmeirense de definir o duelo (o empate rendeu 3,29/1,00 segundo o Bodog). Como o empate não resolvia a vida de ninguém, a vaga foi decidida nos pênaltis e a equipe do técnico Cuca – estreante do dia – levou a melhor. O São Paulo agora espera pelo vencedor de Santos que Corinthians que jogam nesta segunda-feira, dia 8, para saber que será seu adversário na grande final.

Pelo Campeonato Carioca, o Vasco confirmou as indicações do Ganhador de faturou uma das vagas à grande final ao derrotar o Bangu por 2 a 1. O empate em 1 a 1 entre Flamengo e Fluminense fez bem a quem seguiu nossas indicações e faturou 1,90/1,00 com os dois times marcando gols (números do Bodog). O resultado colocou o Flamengo na grande final do estadual.

No Campeonato Gaúcho, nenhuma supresa: Grêmio (conforme indicado aqui) e Internacional venceram, respectivamente, São Luiz e Caxias e farão a final do estadual. Com odds em 1,50/1,00 para um jogo com mais de 1,5 gols, segundo o Bodog, o Grêmio venceu por 3 a 0, se “recuperou” da derrota no meio de semana pela Libertadores e diminuiu um pouco a má-vontade da torcida com o desempenho da equipe comandada por Renato Gaúcho na temporada até aqui.

Em Minas, à exemplo do que aconteceu no Rio e no Rio Grande do Sul, nada de surpresas e os favoritos Cruzeiro e Atlético-MG farão a final do Campeonato Mineiro conforme indicado por este Ganhador com números do Bet365.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Campeonato Paulista

Nos pênaltis, São Paulo elimina o poderoso Palmeiras

Palmeiras e São Paulo fizeram um jogo bom e movimentado no Allianz Parque na tarde do último domingo, dia 7. As chances de gol, entretanto foram poucas e o VAR precisou atuar no segundo tempo quando, corretamente, anulou o gol de Liziero pelo Tricolor e de Deyverson pelo Verdão. Além destes dois lances, aos 12 minutos do primeiro tempo, Ricardo Goulart teve uma boa chance travada por Luan e Antony, aos 44, parou na excelente defesa de Fernando Prass. No segundo tempo, o Palmeiras assustou com Zé Rafael no final e em um lance com Deyverson (antes do gol anulado). E foi só.

Nos pênaltis, o goleiro Tiago Volpi foi o nome do dia – para o bem e para o mal. Primeiro desviou para a trave cobrança de Ricardo Goulart; mas depois, quando foi fazer a última cobrança da série de cinco batidas, parou nas mãos de Prass. Nas cobranças alternadas, Bruno Alves converteu e Zé Rafael – o bom meia que poucas chances vem tendo com Felipão – teve o azar de parar nas mãos de Volpi que comemorou muito a classificação do Tricolor para as finais do Paulistão (ou Paulistinha, como gosta de falar a diretoria do Palmeiras).

Bom para Cuca que na sua estreia no comando do Tricolor – ainda dividido com Vagner Mancini – chegou à final e agora espera pelo vencedor de Santos x Corinthians que jogam nesta segunda-feira no Pacaembu a partir das 20 horas.

 

Campeonato Carioca

Vasco e Flamengo decidirão quem será o “rei do Rio”

Mantendo a escrita das últimas apresentações, o Vasco, mais uma vez, não fez um bom jogo no domingo, dia 7, no Maracanã, desta vez contra o Bangu – principalmente no primeiro tempo sem inspiração e com a torcida pegando no pé do técnico Alberto Valentim e do meia Yan Sasse que entrou no jogo ainda na etapa inicial substituindo o lesionado Rossi. O cruzmaltino voltou ligeiramente melhor para a segunda etapa e Bruno César, aos sete minutos, cobrando pênalti marcado com o auxílio do VAR abriu o placar. Yaya Banhoro empatou para o Bangu aos 10. Aos 14, o criticado Sasse aproveitou lançamento de Cáceres e recolocou o Vasco em vantagem. Aos 20, quis a jogada individual ao invés de servir a Tiago Reis que estava livre no lado esquerdo do ataque e desperdiçou uma grande chance. No final, confusão aos 44 minutos: Rodrigo Lobão fez falta em Lucas Santos na linha de fundo e recebeu o amarelo. Indignados, os jogadores do Bangu invadiram o gramado. Os do Vasco também. No festival de cartões, Anderson Penna, Marcos Jr, Gabriel Felix e Pikachu foram premiados com o amarelo.

No sábado, dia 6, Flamengo e Fluminense fizeram a outra semifinal. Pela terceira vez seguida, o Tricolor não jogou bem e permitiu que o adversário assumisse o controle de jogo. Apesar disso, Gilberto abriu o placar ainda no primeiro e colocou o time das Laranjeiras na frente. Precisando apenas de um empate para se classificar, o Flamengo pressionou até que Gabriel – que começou no banco – substituiu o lesionado Uribe e marcou o gol da classificação se aproveitando de uma falha do goleiro Rodolfo, que permitiu que a bola passasse entre ele e a trave no segundo tempo.

Vasco e Flamengo decidem o Campeonato Carioca nos próximos dois domingos sem vantagem para nenhum dos dois lados: igualdade nos placares dos jogos levará a decisão para os pênaltis.

 

Campeonato Gaúcho

Mais uma vez, o Gre-Nal decidirá o Campeonato Gaúcho

Na volta de Paolo Guerrero aos gramados, o Internacional teve uma tarde perfeita no aniversário de 50 anos do Beira-Rio e com a vitória por 2 a 0 sobre o Caxias na tarde do último sábado, dia 6, confirmou sua passagem para  grande final do Campeonato Gaúcho. Craque do jogo, Guilherme Parede marcou o segundo e fechou o placar à favor do Colorado. Ao Caxias restou a felicidade de comemorar o título de campeão do interior e a premiação de R$ 300 mil.

Após três jogos sem marcar gols, o Grêmio mudou e com Matheus Henrique e Jean Pyerre em campo – e Luan no banco – venceu o São Luiz com uma boa goleada por 3 a 0 no domingo, dia 7, mostrou uma nova atitude em campo diante de sua torcida (que estava impaciente com a forma como o time vinha jogando) e ganha embalo para a decisão do estadual. Os gols no domingo foram marcados por Alisson, André e Éverton (este último, no segundo tempo, fechando o placar).

O Gre-Nal de ida será disputado no próximo domingo, dia 14 no Beira-Rio e a volta acontecerá no dia 17 na Arena.

 

Campeonato Mineiro

Cruzeiro e Atlético-MG goleiam antes de se enfrentarem na final

Com a vantagem de poder perder por até um gol de diferença por conta dos 3 a 2 marcados na ida, o Cruzeiro recebeu o América-MG no Mineirão, goleou por 3 a 0 e chega invicto para fazer a grande final com o rival Atlético-MG. Jogando bem mais uma vez no estadual, os gols da Raposa foram marcados por Léo e Fred ainda no primeiro tempo. Rafinha, no final do segundo, fechou o placar.

O VAR entrou em campo mais uma vez em Minas e Luan precisou marcar duas vezes para valer uma. Concentrado do início ao fim, o Galo atuou com segurança contra o Boa Esporte e definiu o jogo com três gols ainda no primeiro tempo (Luan, Elias e Victor, contra). No segundo, Geuvânio em sua estreia como titular, e Vinícius fecharam a goleada – importante para elevar a moral que quem vai enfrentar o único invicto no Campeonato Mineiro na grande final. Ao Boa Esporte resta o mesmo consolo que ficou com o Caxias: leva pra casa o título de Campeão do Interior e uma boa base para a disputa da Série C.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar