Brasileirão Série A

Mesmo sem vencer, Flamengo e Palmeiras seguem folgados na liderança do Brasileirão; veja como foi a 22ª rodada

Mano Menezes comanda o Palmeiras no empate em 1 a 0 com o Internacional no Beira-Rio. Técnico tinha 100% de aproveitamento no time .

Com os empates contra São Paulo e Internacional, o Flamengo perdeu os 100% de aproveitamento no Maracanã pelo Brasileiro e Mano Menezes deixa de vencer a primeira no comando do Palmeiras.

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Apesar dos tropeços de Flamengo e Palmeiras que ficaram no empate contra, respectivamente, São Paulo e Internacional, os dois primeiros dias da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro trouxeram – apesar de alguns imprevistos – bons lucros para quem seguiu as dicas de aposta do Ganhador e para quem aplicou as estratégias do Cartola FC na hora de planejar seus investimentos para o final de semana – Cássio, por exemplo, não apenas ajudou a garantir o retorno de R$ 1,72 apontado aqui, como também garantiu 12 pontos no fantasy game para quem o escalou e deu um retorno de R$ 1,95 àqueles que investiram em um jogo onde o Timão não sofreria gols. Faltando os jogos entre Fortaleza x Botafogo, Avaí x Bahia e Goiás x Cruzeiro (todos nesta segunda-feira), o tricolor baiano ainda pode fechar a rodada na 7ª colocação à frente do Grêmio que mandou os reservas à campo e acabou derrotado pelo Fluminense que, aliás, deverá seguir fora do Z-4 por mais uma rodada mesmo em caso de vitória do Cruzeiro contra o Goiás no Serra Dourada.

Veja a seguir os destaques (e os lucros) da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro até aqui.

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Flamengo e Palmeiras: os líderes tropeçam no Brasileirão

Flamengo 0 x 0 São Paulo

“Injusto”. Nenhuma palavra consegue resumir melhor o que foi o 0 a 0 entre Flamengo e São Paulo na abertura da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Não pelo empate em si – que até foi merecido – mas pelo que foi o jogo: com boas chances de ambos os lados e o São Paulo escalado em um interessante 4-1-4-1 com Hernanes e Daniel Alves centralizados e Antony e Tchê Tchê pelos lados com Pablo no papel de pivô (ou falso 9). Um empate com gols teria refletido o que foi o duelo que acabou com a série de 10 vitórias do Flamengo no Maracanã em 10 jogos pelo Brasileirão.

Como era de se esperar, o Flamengo tomou conta do jogo mas, sem três titulares no primeiro tempo (Rafinha, Filipe Luís e Gerson), pecou na saída de bola e deu ao São Paulo – na estreia do técnico Fernando Diniz -, boas oportunidades para marcar nos contra-ataques. Na volta do intervalo, Jorge Jesus mexeu no rubro-negro e com Rafinha e Gérson nos lugares de Rodinei e Piris da Mota, os donos da casa assumiram completamente o controle do jogo. A partir daí, brilhou a estrela de Tiago Volpi que fez pelo menos três defesas difíceis e garantiu o bicho do time. Pelo lado flamenguista, Gabigol foi bem anulado e só apareceu mesmo quando fez falta em Daniel Alves e levou o terceiro cartão amarelo. Com isso, o artilheiro do Brasileirão desfalcará o Urubu por três jogos: Chapecoense (suspensão automática) e Atlético-MG e Athletico-PR (estará com a Seleção).

Também teve ação do VAR no primeiro tempo: primeiro para checar se a bola entrou numa defesa de Tiago Volpi (em cabeçada de Willian Arão) e para anular um gol de Daniel Alves por impedimento. Segundo Sálvio Spinola, na central do apito, a arbitragem acertou nas duas vezes.

Internacional 1 x 1 Palmeiras

Um empate (sem aposta) que, no final, só trouxe dissabores: acabou com os 100% de aproveitamento de Mano Menezes, impediu o Palmeiras de se aproximar do Flamengo, derrubou o Internacional para a quinta colocação na tabela e deu o que falar por conta do gol da virada palmeirense (corretamente) anulado pelo VAR.

Foram dois tempos bem distintos. No primeiro o Internacional se aproveitou da ligeira desorganização do Palmeiras para controlar as ações do duelo e abrir o placar com Patrick aos 27 minutos. O Verdão então esboçou alguma reação, mas não foi o bastante para buscar o empate.

Com William no lugar de Hyoran no segundo tempo, o Palmeiras voltou com outra postura e passou a procurar o gol com mais qualidade. Aos 12 minutos, o atacante aproveitou desvio de Lindoso em cruzamento de Marcos Rocha para estufar as redes de Marcelo Lomba e deixar tudo igual no Beira-Rio. Pressionado, o Inter não conseguia sair do campo defensivo – por mais que o técnico Odair Hellmann, na beirada do campo, pedisse para o time avançar as linhas. Aos 40, o Palmeiras virou com Bruno Henrique mas o VAR, corretamente, apontou mão de William no início da jogada – porém ignorou a falta de Klaus no atacante que, aliás, gerou a tal “mão na bola”.

No final, um empate ruim para todo mundo – inclusive apostadores – e que terminou com mais um caminhão de reclamações contra o VAR.

 

Corinthians, Fluminense, Santos e Atlético-MG garantem bons lucros

Corinthians 1 x 0 Vasco

Se foi um jogo tecnicamente ruim e com pouca emoção, a vitória por 1 a 0 do Corinthians sobre o Vasco não apenas rendeu bons R$ 1,72 por R$ 1,00 para quem investiu no sucesso do Timão como também serviu para diminuir um pouco a pressão em cima do treinador Fábio Carille que após a eliminação na Copa Sul-Americana vê seu sistema de jogo ser cada vez mais questionado dentro do Parque São Jorge. O gol, marcado por Ralf aos 13 minutos do segundo tempo, dá a exata medida do que foi o duelo (nunca é demais lembrar que o volante corintiano não é destaque por conta de sua habilidade com a bola nos pés e muito menos pela quantidade de gols que costuma marcar). O VAR, como não poderia deixar de ser, foi acionado por três vezes e, depois de uma demora imoral, acertou todas as decisões tomadas pela arbitragem que aos nove minutos, precisou de mais cinco em frente à tela para ver a gritante falta de Manoel em Fernando Miguel em gol do Timão.  No segundo tempo, o gol de Werley, do Vasco, foi anulado por impedimento e, nos acréscimos, Jadson marcou aos 51 minutos, mas o impedimento de Mateus Vital na origem da jogada fez a arbitragem voltar atrás.

Santos 2 x 0 CSA

Não foi um jogão de bola. Longe disso. Mas a verdade é que a 22ª rodada do Campeonato Brasileiro foi boa para o Santos. Terceiro colocado no torneio, o time da Vila Belmiro voltou a vencer após quatro rodadas e se aproveitando dos empates de Flamengo e Palmeiras, diminuiu a distância para os líderes, chegando aos 41 pontos contra 49 do Rubro-Negro e 46 do Verdão. Uma distância enorme, é verdade, mas o suficiente para fazer o técnico Jorge Sampaoli – um otimista acima de tudo – acreditar que ainda é possível ver o Peixe lutar pelo título. Se não teve brilho, a vitória serviu para garantir um retorno de R$ 1,27 por R$ 1,00 segundo nossa dica de aposta com números do SpinSports.

Fluminense 2 x 1 Grêmio

Preocupado com a semifinal da Copa Libertadores nesta quarta-feira contra o Flamengo, o Grêmio escalou seus reservas para enfrentarem o Fluminense no Maracanã. Sem Oswaldo de Oliveira, demitido após o bate-boca com Paulo Henrique Ganso no 1 a 1 contra o Santos na rodada anterior do Brasileirão, o Tricolor das Laranjeiras começou sua reação contra a crise aos seis minutos do primeiro tempo quando Yoni González cruzou para Nenê, de primeira, abrir o placar. O Grêmio quase empatou em erro de Ganso na saída de bola pouco depois, mas Muriel fez boa defesa no chute de Thaciano. o Jogo foi lá e cá no primeiro tempo, mas sem novos gols. Repetindo o que fez no primeiro tempo, o Fluminense foi para cima da defesa do Imortal na etapa final e aos quatro minutos ampliou com Caio Henrique. Aos 30, Patrick aproveitou vacilo de Gilberto dentro da área e diminuiu. Antes disso, após análise no VAR, o juiz Caio Max Vieira não deu pênalti pedido pelo Grêmio em dois lances seguidos dentro da área do Flu. No final, o juiz também usou as imagens do vídeo para não marcar um pênalti à favor dos donos da casa que acabaram com a série de sete jogos sem derrotas do Grêmio e deram um lucro de R$ 8,50 para quem arriscou o palpite de placar exato proposto pelo Ganhador – o que em números absolutos significa um retorno de R$ 850,00 em uma aposta de R$ 100,00.

Atlético-MG 2 x 1 Ceará

Foi no sufoco, mas o Atlético-MG finalmente colocou um ponto final à série de seis jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro nesta 22ª rodada após a eliminação na Copa do Sul-Americana. Não foi fácil para o Galo confirmar nossa dica de aposta e render R$ 1,77 para cada real investido. Em lance polêmico, Thiago Galhardo abriu o placar para o Ceará em cobrança de pênalti ainda no primeiro tempo. Pressionado pela sequência de maus-resultados os donos da casa voltaram melhores no segundo tempo e Otero, no comecinho da etapa final deixou tudo igual aproveitando rebote de finalização de Rever na trave. O gol animou o Galo que sufocou o Ceará e ampliou com Luan aos 34 minutos e afastou, por enquanto, as nuvens de crise que rondavam o time. O Vozão, por sua vez segue em queda-livre, cada vez mais próximo do Z-4.

 

Chapecoense segura o Athetico-PR e fatura um ponto na Arena da Baixada

Athletico-PR 1 x 1 Chapecoense

Como era de se esperar, o Athletico-PR não deu tregua para a Chapecoense na Arena da Baixada no último domingo. Os donos da casa dominaram todas as ações ofensivas e bombardearam a defesa catarinense com tudo o que podiam. Mas, nunca é demais lembrar, o futebol é um esporte injusto e com a defesa bem postada e segura de si, a Chape segurou o adversário e foi para o intervalo à frente no placar. Em cobrança rápida de falta, os visitantes foram avançando até que Arthur Gomes recebeu passe preciso e cara a cara com Santos não desperdiçou: 1 a 0 para a Chape.

A pressão dos donos da casa continuou mas o gol só veio mesmo no segundo tempo em cobrança de falta perfeita de Nikão a partir da intermediária. E o jogo seguiu como um ataque x defesa até o final. Um empate injusto que não ajudou nenhuma das duas equipes.

 

Fechando a 22ª rodada do Campeonato Brasileiro

Mais três jogos fecham nesta segunda-feira a 22ª rodada do Brasileirão: Fortaleza x Botafogo, Avaí x Bahia e Goiás x Cruzeiro e você pode consultar aqui as nossas dicas de apostas para aumentar suas chances de lucro.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.