Prognósticos da NFL

Finalmente alguém apoia Ben Roethlisberger

Ben Roethlisberger dos Pittsburgh Steelers
Foto: AP Photo/Gene J. Puskar

É muito ‘mimimi’. Na verdade, estamos vivendo na era do melindre, se é que você me entende.

No Twitter, no facebook, no Instagram: pessoas criticam (às vezes escondidas atrás de perfis falsos), enquanto outras, fazem de tudo para receber “curtidas” .

A era em que alguém se levantava e defendia seu ponto de vista, sem temer as consequências, acabou. E quando acontece, parece que o “corajoso” muitas vezes é o mais criticado. Está tudo ao contrário.

Por isso, tiro o chapéu para Kevin Colbert, general manager dos Steelers. Finalmente, eu vejo alguém defendendo Ben Roethlisberger nessa saga com Antonio Brown.

Eu sou um pouco da “velha guarda” e lembro quando os quarterbacks davam bronca e todo mundo ficava quieto. Eram respeitados como líderes.

Especialmente, quando jogavam no nível de Ben Roethlisberger, dono de dois anéis de Super Bowl.

A controvérsia toda transbordou quando Roethlisberger criticou Brown, publicamente, por ter percorrido a rota errada em uma interceptação que resultou numa derrota contra os Broncos.

Brown ficou furioso mas deixou a impressão que estava tudo bem, defendendo o QB, e dizendo que ele estava apenas tentando motivar os companheiros. Brown tentou ser correto, mas o clima já estava tóxico e ele não conseguiu segurar mais.

O wide receiver foi se queixar em suas redes sociais e tudo virou uma bagunça.

Sabemos que Ben não é perfeito. Ele já teve problemas extracampo e conflitos com membros da comissão técnica. Ele nem sempre foi um bom líder.

Entendo que é sempre melhor resolver problemas sem deixar a imprensa saber, mas o que ele falou não foi nada de mais.

Nas Finais da NBA de 1984, Larry Bird falou para um repórter que alguns jogadores não tinham o “coração” para vencer os Lakers. Esse, sim, foi um comentário pesado.

Mas você acha que o Kevin Mchale foi pedir para ser trocado? Não, ele quase decapitou o Kurt Rambis num lance da partida seguinte. Todos jogaram com uma garra alucinante e Boston venceu a série.

Como os tempos mudaram.

Pelo menos Kevin Colbert defende o quarterback dele.

O GM falou que Ben tem a autoridade e credibilidade de criticar quem ele quiser, incluindo o próprio Colbert. Ele merece isso por ter vencido Super Bowls e por ser, de longe, o jogador mais experiente dos Steelers.

Concordo.

Ele é o melhor jogador do time, joga machucado e deve ir para o Hall da Fama

Não vou menosprezar o talento de Antonio Brown porque o cara é excepcional. Para mim, é o segundo melhor wide receiver da NFL.

Mas posso te falar uma coisa? Brown foi uma escolha de sexta rodada da fraca universidade de Central Michigan.

Ele se tornou uma estrela fazendo uma incrível parceria com Big Ben e deu sorte de jogar em um sistema que maximizasse o seu talento.

Já pensou se tivesse sido draftado pelos Dolphins ou Browns? Duvido que ele teria conquistado metade dos números que tem hoje ou recebido um contrato de 68 milhões de dólares.

Ele deve muito aos Steelers e ao Roethlisberger.

Então, se o QB fala, mesmo publicamente, que você deveria ter corrido tal rota, faça as correções e pronto. Se você achar que foi exagerado, e que não fez nada errado, releve ou chegue nele e resolva a parada.

Esse ‘mimimi’ está muito descontrolado.

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Paulo

    22 de fevereiro de 2019, às 00:13

    Boa paulo antunes!!! Concordo! Afinal manda o cara q tem um bigben RoetlisBURGUER a oferecer!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar