UFC

Bader nocauteia Fedor Emelianenko em 35 segundos e se torna campeão duplo no Bellator

Ryan Bader é campeão dos meio-pesados e dos pesados no Bellator
Foto: Divulgação / UFC

O Bellator MMA tem seu novo campeão peso-pesado. Neste sábado, em Los Angeles, pelo Bellator 214, Ryan Bader se tornou o vencedor do GP dos pesados, inaugurado em janeiro do ano passado. O americano nocauteou a lenda Fedor Emelianenko em apenas 35 segundos de combate e se tornou o primeiro lutador a se tornar campeão duplo da organização, acumulando agora o cinturão dos meio-pesados e dos pesados.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Bader não precisou de muito. Favoritíssimo nas casas de apostas, o americano passou por rápida movimentação e logo arriscou um cruzado de esquerda que atingiu o queixo de Emelianenko e fez o russo desmoronar. Ryan precisou apenas de mais alguns golpes por cima para que o árbitro da luta encerrasse o combate aos 35 segundos do primeiro assalto.

Aos 35, com um cartel de 27 vitórias e cinco derrotas, Ryan Bader deixou o UFC em novembro de 2016. De lá para cá, ele emplacou ao todo cinco vitórias consecutivas no Bellator, onde se tornou campeão dos meio-pesados antes de entrar no GP dos pesados. O americano venceu Muhammed Lawal (nocaute) e Matt Mitrione (decisão) antes de chegar à final do GP contra Fedor. O nocaute relâmpago o consagra como o primeiro campeão duplo da história do Bellator MMA.

Fedor Emelianenko pode ter se despedido do esporte com o resultado diante de Bader. A lenda russa já havia declarado durante a semana que cogitava a aposentadoria após a final do GP do Bellator e embora não tenha dado entrevistas após o confronto, aos 42, o russo pode estar perto do adeus aos esporte. Caso decida colocar um ponto final na carreira, Fedor encerra sua trajetória no MMA com 38 vitórias e seis derrotas no cartel.

Belfort na área

Quem pode fazer o caminho contrário de Fedor é Vitor Belfort. O fenômeno foi convidado para assistir o Bellator 214 da primeira fila e se divertiu. O brasileiro publicou fotos com o presidente do Bellator, Scott Coker, além de registrar encontros com Dan Henderson, Chuck Liddell e outros astros do mundo das lutas que estavam presentes no evento. Este pode ser o início de uma aproximação entre Vitor e o Bellator. O carioca deixou claro em dezembro que após anunciar sua saída do UFC em maio passado, está de olho em seu retorno ao esporte e aberto a propostas. Ele também publicou em seu Instagram uma foto com Nobuyuki Sakakibara, presidente do Rizin.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar