Brasileirão Série A

Avaí x São Paulo: prognósticos para o “duelo da crise” pela 8ª rodada do Brasileirão

Em busca de pontos e paz

Vivendo mais um momento turbulento, o São Paulo quer retomar as vitórias no Brasileirão encarando o Avaí, vice-lanterna que ainda não venceu no torneio.

Foto: Alan Morici/AGIF/Reprodução

Avaí e São Paulo se encontrarão a partir das 21 horas deste sábado, dia 8, na Ressacada, em busca de um bom resultado que ajude a mandar para longe as nuvens da crise que é mais forte dentro do Morumbi. O duelo é válido pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro e pode colocar um ponto final à seca de vitórias dos donos da casa – que, ao lado do Vasco, é a única equipe que não venceu pela Série A em 2019 – ou recolocar o Tricolor nos trilhos após três rodadas sem vencer na competição e à eliminação na Copa do Brasil com duas derrotas por 1 a 0 diante do Bahia. Os odds indicam um duelo apertado. Segundo o Bodog, a vitória do Avaí está em 2,95 por 1,00 enquanto que um triunfo do São Paulo fecha em 2,60 com o empate pagando 2,85 por 1,00. Tudo muito “apertado”, refletindo a dificuldade dos donos da casa em se consolidarem em sua volta à Série A e os intermináveis problemas do Tricolor que ano após ano vem fracassando em todas as competições que disputa.

Palpite: com tantas instabilidades nas equipes é melhor acreditar em um jogo com menos de 2 gols a 1,67.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Avaí (2,95) x (2,60) São Paulo

O São Paulo vai para o seu segundo “duelo da crise” em uma semana. Pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro, recebeu o também cambaleante Cruzeiro e ficou no 1 a 1 – um empate que em nada ajudou as equipes. Com 12 pontos conquistados, o Tricolor ocupa a 8ª posição na tabela, quatro pontos atrás do líder Palmeiras e encara no sábado, fora de casa, o Avaí, vice-lanterna da Série A com três pontos – à frente apenas do Vasco, a outra equipe que, assim como os catarinenses, ainda não venceu nesta edição do Brasileirão. Um novo fracasso neste sábado – para qualquer lado –, vai aumentar a temperatura da crise a poucos dias para a pausa da Copa América e garantirá uma intertemporada conturbada.

Nos últimos cinco jogos com este mando desde 2006, tivemos uma vitória para o Avaí, uma para o São Paulo e três empates.

 

Por que o Avaí é o azarão?

Basicamente, o Avaí para o jogo como azarão por motivos bem simples. O primeiro deles se deve ao fato de a equipe ter voltado para a Série A nesta temporada – tradicionalmente, os times que chegam à primeira divisão têm dificuldades para se manter longe do Z-4. Outro ponto evidente é a diferença de qualidade dos elencos: com muito mais recursos em caixa, o São Paulo tem um elenco mais qualificado com nomes como Alexandre Pato, Everton, Hernanes e Anderson Martins. E, finalmente, os números do Avaí não são bons. A equipe ainda não venceu no Brasileiro e conquistou seus três pontos com três empates. Como mandante, nos últimos 10 jogos (global) venceu cinco, empatou três e perdeu dois – o último, a derrota por 2 a 1 contra o Ceará. Em sete jogos pelo Campeonato Brasileiro, sofreu gols em seis e como mandante sua defesa foi vazada três vezes em três jogos.

 

Por que o São Paulo é o favorito?

Embora a pontuação – e os resultados recentes – não seja grandes coisas, o desempenho geral do São Paulo no Campeonato Brasileiro não é de todo ruim. A equipe conquistou seis dos 12 pontos que acumulou até aqui como visitante (vitórias contra Goiás e Fortaleza). Ao todo obteve três vitórias, três empates e apenas uma derrota – 1 a 0 contra o Corinthians. Mas a eliminação na Copa do Brasil após duas derrotas contra o Bahia e a queda na tabela do Brasileirão azedaram o humor da torcida e pesaram o clima no Morumbi.

Tomando como base os últimos 10 jogos que disputou como visitante (somando todas as competições), o desempenho do Tricolor cai consideravelmente: cinco vitórias, um empate e quatro derrotas. Junte a este recorte mais pessimista sobre o desempenho da equipe, os desfalques de Pablo, Liziero, Rojas (lesionados) Antony (seleção olímpica), Arboleda (Copa América com a Seleção do Equador), Gonzalo Carneiro (suspenso preventivamente por doping), Igor Vinícius (suspenso) e as dúvidas de Hernanes – que deve voltar ao Brasil nesta sexta-feira após viagem à Itália para cuidar de problemas de saúde do filho – e de Tchê Tchê, que voltou a treinar com bola na última quinta-feira e poderá estar entre os 11 titulares de Cuca para o duelo deste sábado, é fácil entender porque o Bodog indica algum favoritismo ao Tricolor mas mantém os odds muito apertados.

 

Melhor palpite para Avaí x São Paulo

O bom-senso (e o Bodog) diz que deve-se acreditar na vitória do São Paulo neste duelo pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro. O problema é que “futebol” e “bom-senso” não combinam e pelo momento conturbado do Tricolor, a melhor ideia é fugir da escolha de um vencedor e investir no palpite de um jogo abaixo de 2 gols a 1,67. Se quiser tentar aumentar os lucros, invista na hipótese-dupla de empate ou vitória do São Paulo.

 

JOGOS DA 8ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO:

SEXTA-FEIRA, 7 DE JUNHO
  • 20h30 – Vasco (R$ 2,80) x (R$ 2,50) Internacional. Empate: R$ 3,05
SÁBADO, 8 DE JUNHO
  • 16h30 – Palmeiras (R$ 1,38) x (R$ 8,00) Athletico Paranaense. Empate: R$ 4,25
  • 19h00 – Grêmio (R$ 1,41) x (R$ 7,00) Fortaleza. Empate: R$ 4,35
  • 19h00 – Cruzeiro (R$ 1,80) x (R$ 4,65) Corinthians. Empate: R$ 3,40
  • 19h30 – Ceará (R$ 2,45) x (R$ 3,15). Empate: R$ 2,95
  • 21h – Avaí (R$ 2,95) x (R$ 2,60) São Paulo. Empate: R$ 2,85
DOMINGO, 9 DE JUNHO
  • 19h00 – Santos (R$ 1,74) x (R$ 4,15) Atlético Mineiro. Empate: R$ 3,70
  • 19h00 – Fluminense (R$ 4,85) x (R$ 1,71) Flamengo. Empate: R$ 3,50
  • 19h00 – CSA (R$ 2,65) x (R$ 2,55) Botafogo. Empate: R$ 3,10
SEGUNDA-FEIRA, 10 DE JUNHO
  • 20h00 – Goiás (R$ 1,80) x (R$ 4,20) Chapecoense. Empate: R$ 3,45

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar