NFL

Tom Brady e New England Patriots encaram o Philadelphia Eagles e buscam o sexto título do Super Bowl

Foto: AP Photo/Mark Humphrey

Quarterback pode se isolar como o maior vencedor da história da NFL

Um dos dias mais aguardados do esporte mundial está chegando. Neste domingo (04/02), às 21h30, direto do US Bank Stadium, em Minneápolis, acontece o Super Bowl LII. De um lado, o New England Patriots, que busca o sexto título – o segundo consecutivo, e do outro está o Philadelphia Eagles, que tenta uma conquista inédita. Como prometido após o Pro Bowl, veja abaixo tudo o que esperar do evento deste final de semana.

 

Efeito Tom Brady

Não adianta falar sobre os dois times sem antes comentarmos sobre o jogador que mais pode desequilibrar a partida. Tom Brady é sem dúvidas um dos maiores atletas da história da NFL, talvez até o melhor. A prova disso está nos números, começando pelos títulos, que divide o topo com Charles Haley, com cinco.

Só que o quarterback ainda conta com outras marcas, que foram obtidas no ano passado, na vitória sobre o Atlanta Falcons. É Brady que tem o maior número de participações em finais (7), mais passes na história (309), jardas conquistas (2071) e touchdowns (15). Se você acha que isso é natural, se tratando de um jogador que teve mais atuações que qualquer outro, saiba que ele também detém recordes considerando apenas um Super Bowl em passes (62) e jardas avançadas (466).

No entanto, se você começou a acompanhar o futebol americano agora e ainda tem dúvidas das estatísticas basta pegar para assistis os dois últimos quartos da decisão do ano passado e não terá dúvida que Tom Brady é o favorito para ser o MVP do Super Bowl novamente. Esta seria a quinta vez que o quarterback recebe o prêmio de jogador mais valioso da liga.

 

Patriots buscam a história

Com Brady ao seu lado, o New England Patriots entra em campo com o objetivo de fazer história. O time pode conquistar o sexto título da NFL e se igualar ao Pittsburgh Steelers, recordista atual.

A chance desta marca ser alcançada é grande, pois além de um ataque impiedoso, os Patriots já demonstraram diversas vezes que enquanto tem bambu tem flecha, tendo protagonizado viradas marcantes no ano passado e neste. Sendo assim, a menos que o time tenha um dia inexplicavelmente terrível, o bicampeonato tem tudo para ser conquistado neste domingo.

 

Á águia é zebra

Sem dúvidas que o Philadelphia Eagles tem méritos de estar nesta decisão. A franquia faz uma temporada impecável, com 15 vitórias e apenas três derrotas até aqui. Além do primeiro lugar na Conferência Nacional, ainda garantiu a vaga no Super Bowl com um triunfo arrasador sobre o Minnesota Vikings, por 38 a 7.

No entanto, apesar desta boa atuação, com o ataque funcionando bem, os Eagles correm por fora nesta disputa. A equipe completa já seria inferior, com o desfalque de Carson Wentz então a chance é bem reduzida. Por mais que esteja dando conta do recado até aqui, Nick Foles está longe de ter o nível para ser decisivo na final. Com isso, para ganhar, o Philadelphia precisará de uma apresentação perfeita da sua defesa, que não poderá piscar enquanto Tom Brady estiver com a bola nas mãos.

 

Histórico do confronto

Apesar das franquias viverem realidades bem diferentes nos últimos anos, o retrospecto recente aponta equilíbrio, com três triunfos dos Patriots contra dois dos Eagles. Os dois times também se encontraram uma vez no Super Bowl, na edição de 2005, quando o New England levou a melhor por 24 a 21.

 

Muito mais que um jogo

Além de toda emoção da partida e jogadas geniais, o dia do Super Bowl ainda é especial por muitos outros motivos. Isso porque por se tratar do evento mais assistido dos Estados Unidos e o segundo Mundial, a disputa causa uma atenção especial das principais marcas, que produzem comerciais especiais e históricos para a data.

Outro ponto alto sem dúvidas é o show do intervalo, que já recebeu Michael Jackson, Beyonce, Aerosmith entre outros. Para esta edição, a atração será Justin Timberlake. Esta será a terceira vez que o cantor aparece no palco de uma final da NFL. A primeira foi em 2001, quando dividiu o espaço com Aerosmith e Britney Spears. Três anos depois participou da apresentação de Janet Jackson.

 

Resultado do Super Bowl da temporada 2017/2018 da NFL

Domingo, 4 de fevereiro

  • 18:00 – New England Patriots x Philadelphia Eagles. Palpite: New England Patriots vence por 26 a 13

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.