Ganhador.com

Paulista A1

Série A1: na penúltima rodada da primeira fase, São Paulo e Corinthians ainda lutam por uma vaga; Palmeiras e Santos “cumprem tabela”

Sem estarem garantidos nos mata-mata do Paulistão, Corinthians e São Paulo precisam vencer seus jogos na penúltima rodada da fase de grupos.

Foto: Sergio Barzaghi/reprodução

Há apenas duas rodadas do final da fase de grupos do Paulistão 2018, já é possível imaginar quem – além de Palmeiras e Santos – seguirá adiante na competição e quem está pertinho da Série A2 de 2019

A penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Paulista começou ontem, terça-feira, dia 6, com a vitória do Ituano sobre o São Bento, em Sorocaba, por 1 a 0. Dono da melhor defesa do torneio – agora ao lado do Bragantino – com 7 gols sofridos, o Bentão fez uma partida irreconhecível na noite de ontem e não foi capaz de conquistar ao menos um empate diante do Galo de Itu. Com o resultado, o Ituano assumiu a vice-liderança do Grupo A, com os mesmos 17 pontos do Corinthians – líder e com um jogo a menos – e passa os próximos dias torcendo contra o Bragantino, que visita a Ferroviária na próxima quinta-feira, para manter sua posição e colocar um pé nas quartas de final. Terceiro colocado do Grupo C, com um jogo à mais e sem vencer há quatro rodadas, o São Bento torce agora contra Novorizontino e Ferroviária para chegar à última rodada da primeira fase com chances de classificação.

 

Clássico decisivo

Beneficiado pela derrota da Ponte Preta na rodada anterior contra o Bragantino, o São Paulo chega para o clássico contra o Palmeiras nesta quinta-feira, dia 8, numa posição menos desconfortável mas ainda assim com a vaga à próxima fase em risco. Já classificado, o Verdão apenas cumpre tabela, mas depois da derrota diante do São Caetano – que se aproximou do São Paulo no grupo B – na última rodada e das primeiras vaias da torcida, o time de Roger Machado deverá ir com tudo para cima do Tricolor do Morumbi para “confirmar” a superioridade de seu elenco e, mais importante, eliminar qualquer foco de descontentamento que possa vir das arquibancadas neste início de temporada ainda como reflexo dos resultados de 2017.

Precisando da vitória para respirar aliviado, o São Paulo enfrentará também o tabu de jogar no Allianz Parque (5 derrotas em 5 jogos até hoje). Para isso, o técnico Dorival Júnior não deve fazer mudanças drásticas no time que se apresentou nas duas últimas rodadas. Sem poder contar com os lesionados Reinaldo, Jucilei e Sidão, a provável escalação do tricolor deverá contar com Jean; Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Hudson, Petros, Marcos Guilherme, Cueva e Valdívia; Brenner.

Para seguir de bem com a torcida, Roger Machado iniciou os trabalhos para o Choque-Rei com o time que vem sendo a base do Palmeiras na temporada e, em teoria, não deverá apresentar nenhuma surpresa em relação à equipe que vem atuando com mais regularidade. O provável time terá Jaílson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Michel Bastos; Felipe Melo, Tchê-Tchê, Lucas Lima, William, Dudu e Borja.

Já classificado e dono da melhor campanha na classificação geral, o Palmeiras entrará em campo sem preocupações (precisando apenas jogar bem para agradar o seu torcedor). O São Paulo, por sua vez, precisa da vitória para garantir-se matematicamente nas quartas de final. Com 14 pontos, o Tricolor viu a rápida aproximação do São Caetano (13 pontos) e, no momento, com 6 pontos em jogo, ainda pode ser ultrapassado também pela Ponte Preta (10 pontos). Os 3 pontos amanhã são fundamentais para a equipe de Dorival Júnior.

 

Grupo A ganhou emoção

Com a vitória do Ituano sobre o São Bento e as três derrotas que o Corinthians acumulou até aqui no Paulistão, o Grupo A, que a princípio poderia ser um “passeio” para o Timão ganhou emoção e o duelo de hoje a noite contra o Mirassol é fundamental para a classificação do time de Fábio Carille. Neste momento, Corinthians (17 pontos), Ituano (17 pontos e um jogo à mais) e Bragantino (15 pontos) lutam pelas duas vagas do grupo. A combinação de resultados pode levar as três equipes à última rodada com chances reais de classificação. Por este motivo, perder pontos para o Mirassol no Itaquerão não é, para a comissão técnica do Alvinegro, uma opção.

Com os desfalques de Gabriel (suspenso), Renê Júnior (vetado pelo departamento médico) e Marquinhos Gabriel (lesionado), o técnico do Timão promoverá mudanças na equipe que deverá jogar também sem Romero, que acusou um desgaste acima do esperado após o clássico contra o Santos. Deste modo, estão confirmadas as estreias de Ralf, que voltou ao clube depois de um período na China, e de Sidcley, lateral-esquerdo do Atlético-PR que chegou ao clube na troca envolvendo o volante Camacho (Juninho Capixaba segue sendo a terceira opção para a posição). Diante disso, a provável escalação do Corinthians para o jogo de hoje será: Cássio; Fágner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf, Maycon, Jadson e Rodriguinho; Clayson e Lucca.

Se o Corinthians precisa vencer para se garantir nas quartas de final, o Mirassol precisa dos 3 pontos para garantir a sua fuga do rebaixamento. 13º colocado na classificação geral com apenas 11 pontos, a equipe do interior pode ser ultrapassada por Ponte Preta (10 pontos) e Santo André (8). Linense, com 6 pontos, pode, matematicamente, ameaçar o Mirassol também – mas diante de sua campanha até aqui, nem mesmo em Lins acham que isso é possível. Para o jogo de hoje, o técnico Moisés Égert deverá escalar: Fernando Leal; Danilo Boza, Edson Silva, Wellington e Marlon; Léo Baiano, Wellington Reis e Paulinho; Rodolfo, Xuxa e Zé Roberto.

O Bragantino também pode entrar nesta briga por uma das duas vagas no grupo. Para isso, precisa vencer a Ferroviária, nesta quinta-feira, fora de casa. Mas, com os mesmos 11 pontos do Mirassol, a Locomotiva é outra equipe que precisa muito da vitória para se garantir na Série A1 em 2019. Não será fácil: embalado por duas vitórias seguidas e invicto há quatro rodadas (foram dois empates antes), o time de Bragança não quer deixar escapar a chance de ir para os mata-mata do Paulistão.

 

Cai? Fica? Classifica?

Como já mencionamos acima, pelo Grupo B, São Paulo (14 pontos), São Caetano (13) e Ponte Preta (10) lutam pelas duas vagas. A Macaca, ironicamente, luta por dois motivos: uma ainda possível vaga para as quartas de final e para fugir de um matematicamente possível rebaixamento (seria o segundo em menos de um ano). Após uma série de três empates, a Ponte Preta precisa se recuperar de uma sequência de duas derrotas seguidas contra o também campineiro – e também passível de rebaixamento – Red Bull Brasil. Com campanhas horríveis até o momento – os times conquistaram apenas duas vitórias no campeonato – as equipes se enfrentam as 21:30 desta quinta-feira, dia 8, no estádio Moisés Lucarelli. A derrota, para qualquer um dos dois pode custar muito caro.

O São Caetano também não tem vida fácil: pega o Botafogo, vice-líder do Grupo D. O Azulão emendou uma boa série de três vitórias seguidas no Paulistão e passou de “candidato ao rebaixamento” a “possível classificado”. Se vencer, já poderá sentir o gostinho das quartas de final (se a Ponte perder, então, é vaga certa). O problema é que uma vitória também garante o Botafogo nas quartas de final. O empate? Bem, o empate pode ajudar os dois.

Já classificado, o Santos vai a Novo Horizonte encarar a equipe local que, com o tropeço do São Bento ontem, precisa apenas de uma vitória simples para confirmar o segundo lugar no Grupo C. Falta só combinar com o Peixe, que ainda está soltando fogo pelas narinas depois do clássico contra o Corinthians e que terá a volta de Gabigol.

O Santo André encara a Linense no Gilbertão hoje à partir das 17 horas e tem sua melhor chance de chegar à última rodada da fase de grupos com chances de fugir da Série A2. Uma vitória leva o time da Grande São Paulo a 11 pontos e, dependendo da combinação de resultados, chegará para seu último jogo (domingo contra o Novorizontino), lutando para fugir do rebaixamento contra Ponte Preta, Mirassol, Ferroviária e Red Bull Brasil. Uma derrota, entretanto, praticamente coloca o Santo André na A2 e deixa a Linense em condições de uma improvável fuga do rebaixamento na última rodada. O empate praticamente garante a queda das duas equipes.

 

Jogos, resultados e palpites da 11ª rodada do Paulistão 2018

Terça-feira, 06 de março

  • 19:15 – São Bento 0 x 1 Ituano

Quarta-feira, 07 de março

  • 17:00 – Linense x Santo André – palpite: empate
  • 19:30 – Novorizontino x Santos – palpite: Santos
  • 21:45 – Corinthians x Mirassol – palpite: Corinthians

Quinta-feira, 08 de março

  • 17:00 – Ferroviária x Bragantino – palpite: Bragantino
  • 19:15 – São Caetano x Botafogo-SP – palpite: empate
  • 20:30 – Palmeiras x São Paulo  – palpite: Palmeiras
  • 21:30 – RB Brasil x Ponte Preta – palpite: RB Brasil

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Corinthians é líder, mas Palmeiras joga hoje | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar