Ganhador.com

Brasileirão Série C

Raio-X do Brasileirão 2018: Série C

Foto: divulgação Santa Cruz

Apesar da  fórmula disputada ser diferente das Séries A e B, Terceirona também conta com a participação de 20 clubes, sendo que quatro subirão de divisão e outros quatro serão rebaixados

Neste sábado (14), será dada a largada na Série C do Brasileirão 2018, quando 20 clubes lutarão não só pelo título, mas, principalmente, pelo acesso à Segundona no ano que vem. Apenas quatro equipes subirão de divisão, enquanto os dois piores colocados das duas chaves da primeira fase serão rebaixados para a Série D. No ano passado, Sampaio Corrêa, Fortaleza, São Bento e CSA (campeão) foram promovidos à Serie B, enquanto Mogi Mirim, ASA, Macaé e Moto Club caíram para a quarta divisão.

 

Série C do Brasileirão 2018 – Grupos A e B

A primeira fase da Série C conta com dois grupos (A e B) formados por dez clubes cada. Após 18 rodadas, em turno e returno, os quatro times de melhor campanha avançam às quartas de final, em confrontos de ida e volta. Abaixo, confira a composição das duas chaves da terceira divisão do Campeonato Brasileiro:

Grupo A

  • ABC-RN
  • Atlético-AC
  • Botafogo-PB
  • Confiança-SE
  • Globo-RN
  • Juazeirense-BA
  • Náutico-PE
  • Remo-PA
  • Salgueiro-PE
  • Santa Cruz-PE

Grupo B

  • Botafogo-SP
  • Bragantino-SP
  • Cuiabá-MT
  • Joinville-SC
  • Luverdense-MT
  • Operário-PR
  • Tombense-MG
  • Tupi-MG
  • Volta Redonda-RJ
  • Ypiranga-RS

Divisão de clubes por região:

  • Nordeste: 8 (Grupo A)
  • Sudeste: 5 (Grupo B)
  • Sul: 3 (Grupo B)
  • Norte: 2 (Grupo A)
  • Centro-Oeste: 2 (Grupo B)

 

Fase final: caminho rumo ao título

Quartas de final da Série C em 2018

  • 1º do Grupo A x 4º do Grupo B (Grupo C)
  • 2º do Grupo B x 3º do Grupo A (Grupo D)
  • 2º do Grupo A x 3º do Grupo B (Grupo E)
  • 1º do Grupo B x 4º do Grupo A (Grupo F)

É interessante frisar que as equipes que avançarem às semifinais – também com partidas de ida e volta – estarão automaticamente classificadas para a Segundona em 2019:

Semifinais da Série C em 2018

  • 1º do Grupo C x 1º do Grupo D (Grupo G)
  • 1º do Grupo E x 1º do Grupo F (Grupo H)

Final da Série C em 2018

Os duelos serão realizados no sistema eliminatório em ida e volta pela decisão do título da Terceirona do Campeonato Brasileiro:

  • 1º do Grupo G x 1º do Grupo H (Grupo I)

 

Regulamento da Série C em 2018: critérios de desempate

Primeira fase

Em caso de igualdade de pontos ganhos entre dois ou mais clubes ao final da primeira fase, em cada grupo, o desempate se dará em função da hierarquia dos seguintes critérios, ordenados abaixo:

  • Maior número de vitórias;
  • Maior saldo de gols;
  • Maior número de gols pró;
  • Confronto direto;
  • Menor número de cartões vermelhos recebidos;
  • Menor número de cartões amarelos recebidos;

Sobre o confronto direto, caso a igualdade nos 180 minutos persista, deve ser considerado o maior número de gols assinalados no campo do adversário para o desempate.

Mata-mata (quartas de final, semifinal e final)

Em caso de igualdade em pontos ganhos ao final das fases de mata-mata, serão observados os seguintes critérios abaixo:

  • Maior saldo de gols;
  • Cobranças de pênaltis.

 

Favoritos à classificação para as quartas de final

Grupo A

Por uma questão de logística, os clubes das regiões Norte e Nordeste estão alocados na chave A. É notório que os dois grandes do Recife, Santa Cruz e Náutico, além de Remo e ABC, são os favoritos para passarem de fase. Porém, é bom ficar de olho no Salgueiro, que foi semifinalista da última edição do Campeonato Pernambucano – eliminado pelo Timbu –, e também no Botafogo-PB, atual campeão paraibano.

Grupo B

Na chave que comporta os times das demais regiões do Brasil, Bragantino, que chegou às quartas de final do último Paulistão, Tupi, semifinalista do Mineiro, além de Joinville e Luverdense, que caiu da Série B em 2017, são os mais cotados para avançarem. Tombense e Volta Redonda também brigam pela classificação.

 

Palpites sobre o campeão e os demais clubes na Série B em 2019

De cara, vale acreditar que, em função da tradição, Náutico e Santa Cruz brigarão pela taça. Porém, Bragantino e Tupi correm por fora. No geral, os quatro são os mais cotados para conseguirem o acesso à Série B do Brasileirão no ano que vem. Na outra ponta, Operário, Tombense, Globo e Atlético-AC brigarão contra o rebaixamento se não melhorarem seus respectivos elencos.

 

Jogos da 1ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C 2018

Sábado, 14 de abril

  • 16:00 – Tupi x Tombense – Palpite: Tupi
  • 18:30 – Juazeirense x Confiança – Palpite: empate
  • 19:00 – Botafogo SP x Bragantino – Palpite: Bragantino

Domingo, 15 de abril

  • 15:30 – Operário x Volta Redonda – Palpite: empate
  • 16:00 – Joinville x Ypiranga – Palpite: JEC
  • 16:00 – Salgueiro x Botafogo-PB – Palpite: empate
  • 17:00 – Globo x ABC – Palpite: ABC
  • 19:00 – Cuiabá x Luverdense – Palpite: Cuiabá
  • 19:00 – Náutico x Santa Cruz – Palpite: Náutico

Segunda-feira, 16 de abril

  • 21:15 – Atlético-AC x Remo – Palpite: Remo

 

Comentários

3 Comentários

3 Comentários

  1. Rodrigo Rezende Pizzolante

    14 de abril de 2018, às 14:00

    Gostei da análise, só tenho um comentário: a reportagem diz que Tombense e Volta Redonda correm por fora para a classificação para a quartas, depois coloca o próprio Tombense brigando para não cair?
    Meu palpite: Quartas – Grupo A Náutico, Santa Cruz, Botafogo-PB e Remo.
    Grupo B Bragantino, Joinville, Tupi e Volta Redonda.

    Subirão: Náutico, Remo, Tupi e Volta Redonda (Campeão).

    • Leandro Duarte

      15 de abril de 2018, às 15:07

      Grande Rodrigo! Satisfação em receber seu comentário. Rodrigo, é um texto que faz uma abordagem geral. Mas sua observação sobre o Tombense foi muito perceptiva. Você tem razão. Eu mesmo ficaria intrigado. Porém, adoraria ter um texto (espaço) só para discorrer sobre o clube mineiro, que chegou às quartas de final do Estadua este anol. Eu posso falar com alguma propriedade, pois acompanhei o Mineiro de ponta a ponta. Na primeira fase, o Tombense teve 45% de aproveitamento, mas com o mesmo número de vitórias e derrotas (4). Portanto, é uma equipe “8 ou 80”. E a Série C não dá margem pra oscilação, já que dois times em dez cairão. Por isso, o Tombense está entre o Céu e o Inferno, entre a luta pelo G-4 de sua chave e o Z-2. Forte abraço!

  2. Gigante

    16 de abril de 2018, às 09:59

    kkkkkkkkkkkkkk sabe tudo, Operário e Globo largaram muito bem, Fantasma rumo a série B.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar