NBA

Playoffs da NBA: alguém anotou a placa do Boston Celtics contra o Milwaukee Bucks?

Foto: Maddie Meyer/Getty Images

Revertendo a expectativa de que não teriam chances sem contar com Kyrie Irving, os celtas dominaram o Milwaukee e abriram um espantoso 2 a 0 na série                      

O que seria do esporte sem as surpresas, não? Enquanto muitos nos Estados Unidos viam o Boston Celtics correndo risco de cair fora dos playoffs logo de cara – opinião que foi seguida por nós aqui no Ganhador -, o time voou mesmo sem Kyrie Irving e atropelou o Milwaukee Bucks por 120×106 na noite desta terça-feira (17) no TD Garden, em Boston. O playoff agora está 2 a 0 para os Celtics. Ainda dá para o “Grego Maluco” reagir?

 

A melhor atuação coletiva

Os Celtics demonstraram que não devem ser arrancados da jogada “só” porque não contam com Irving, a sua grande estrela. A resposta dada pela equipe no TD Garden foi digna de uma grande equipe. Não temos o astro? Pois então vamos nós, os trabalhadores, nos esforçarmos um pouco mais cada um para conquistar um objetivo em comum.

E como deu certo!

Tal espírito coletivo permitiu que um jogador inesperado despontasse na missão de puxar o gatilho da equipe e emendar uma cesta atrás da outra. E o brilho todo veio de Jaylen Brown, de só 21 anos, que cravou 30 pontos e deu um verdadeiro banho de basquete no Milwaukee. Falávamos do jogo coletivo, certo? Vejam então a pontuação dos que vieram logo a seguir: Terry Rozier anotou 23 pontos, com Marcus Morris fazendo outros 18 e Al Horford respondendo por 16.

Equipes fortes são assim – coesas, unidas, capazes de esmagar um Milwaukee que contou com Giannis Antetokounmpo outra vez onipresente. O Grego Maluco anotou 30 pontos, agarrou 9 rebotes e serviu 8 assistências. Estava inspirado e demonstrou todas as ferramentas que o colocam como futuro MVP. E nem assim conseguiu fazer frente a este Boston que talvez tenha obtido nesta terça a melhor atuação coletiva de uma equipe nos playoffs deste ano.

 

O drama dos Cavs

Ex-equipe de Kyrie Irving, o Cleveland Cavaliers joga pressionado às 20h (de Brasília) desta quarta (18) diante do Indiana Pacers. Que horário excelente para vermos um jogo de basquete que promete ser dos mais eletrizantes!

Os Cavs sabem perfeitamente que a série dificilmente vai longe se os Pacers, o modesto Indiana, abrir 2 a 0 na série mesmo com os dois jogos sendo disputados na Quicken Loans Arena, em Cleveland. Resta saber qual a capacidade da equipe em encontrar as respostas com o seu técnico, Tyronn Lue, ainda convalescente de um problema de saúde que o tirou do comando da equipe por quase um mês. Tyronn voltou à função há dez dias e admitiu uma certa “ferrugem”. Preocupante.

Já dois times que não estão nada preocupados são Golden State Warriors e New Orleans Pelicans, que abriram 2 a 0 sobre o San Antonio Spurs e o Portland Trail Blazers, respectivamente.

Dos dois, quem aparece com maior chance de fazer o 4 a 0 que decretaria logo o fim da série é o Golden State, que vem contando com um Kevin Durant realmente fantástico. O time nem está sentido falta de Stephen Curry, ainda com o joelho machucado.

Outro 2 a 0 que não pode passar em branco é o do Toronto Raptors sobre o Washington Wizards. A vitória da noite desta terça, por 130×119, deixou claro que os canadenses têm time para ir longe e brigar com força pelo título da Conferência Leste.

E é bom prestarmos atenção desde já em DeMar DeRozan como eventual MVP das finais. Tudo bem que o caminho é longo e que o Oeste costuma levar até certa vantagem pela quantidade de feras reunidas. Mas ele fez 37 pontos na vitória ante os Wizards e está mantendo uma qualidade técnica realmente exuberante.

O Toronto é outro que aposta em um jogo coletivo fortalecido por grandes valores individuais. Serge Ibaka e Jonas Valanciunas também estão excelentes. É bom prestar total atenção neles – antes cedo do que tarde demais.

 

Jogos dos playoffs da NBA 2017/2018

Terça-feira, 17 de abril

  • Toronto Raptors 130×119 Washington Wizards (2-0 na série)
  • Boston Celtics 120×106 Milwaukee Bucks (2-0)
  • Portland Trail Blazers 102×111 New Orleans Pelicans (0-2)

Quarta-feira, 18 de abril

  • 20:00 – Cleveland Cavaliers x Indiana Pacers (0-1 na série) – Palpite: Cavs
  • 21:00 – Oklahoma City Thunder x Utah Jazz (1-0) – Palpite: Thunder
  • 22:30 – Houston Rockets x Minnesota Timberwolves (1-0) – Palpite: Rockets 

Quinta-feira, 19 de abril

  • 20:00 – Miami Heat x Philadelphia 76ers (1-1 na série) – Palpite: 76ers
  • 22:00 – New Orleans Pelicans x Portland Trail Blazers (2-0) – Palpite: Pelicans
  • 22:30 – San Antonio Spurs x Golden State Warriors (0-2) – Palpite: Warriors

 

Como apostar na futebol 2021