Ganhador.com

Humor

Paixão Nacional: Eu sei o que vi!

Mal começou o Campeonato Brasileiro e o árbitro Wagner Reway surge como fortíssimo candidato ao prêmio Apito de Ouro de Maior Bobagem em 2018. Escalado para trabalhar no jogo entre Vitória e Flamengo, o assoprador de apito abusou do direito de fazer bobagem quando aos 9 minutos do primeiro tempo viu Rhayner acertar a bola no rosto de Éverton Ribeiro, que evitou, em cima da linha, o que seria o gol de empate do Vitória. Para Reway, toque de mão, pênalti e cartão vermelho para o meia do Flamengo. O pacote completo.

Como eram apenas 10 minutos do primeiro tempo, deu tempo pro juizão fazer mais besteira.

Aos 26 do segundo tempo, William Arão – absurdamente impedido – desviou mal de cabeça, mas Geuvânio conseguiu aproveitar, tocar para o meio e Réver, livre, mandou para o gol. Outro erro crasso, desta vez com a ajuda do bandeirinha Fabio Rodrigo Rubinho que inexplicavelmente não viu o óbvio impedimento de Arão.

Conseguindo conquistar a antipatia dos dois times, o trio de arbitragem conseguiu também um “gancho” da CBF e passará um bom período na geladeira – como se o frio ajudasse a apitar melhor…

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar