Ganhador.com

NBA

NBA: LeBron James está mesmo a caminho do Golden State Warriors?

Foto: AP Photo/Duane Burleson

Rumor divulgado pela ESPN americana caiu como uma bomba com a divulgação, nesta quinta, de que os atuais campeões já preparam uma proposta ao Rei do Basquete

Os fãs da NBA devem ficar bem atentos nas próximas semanas com a história que ainda vai dar muito que falar nesta temporada. O primeiro a veicular tal possibilidade foi o jornalista Chris Haynes, da ESPN dos Estados Unidos. E é claro que o rumor se espalhou como pólvora logo a seguir com a possibilidade de o Golden State Warriors negociar com LeBron James para fazer um novo “Dream Team” com ele, Stephen Curry e Kevin Durant.

 

Orçamento disponível

O que os Warriors precisam para ter LeBron? Aquilo que qualquer equipe do mundo precisa esbanjar para contar com um atleta do seu gabarito: dinheiro. De acordo com a ESPN dos Estados Unidos, os atuais campeões já começaram a arquitetura financeira necessária para propor a LeBron o teto salarial que a NBA impõe às suas estrelas. A cifra é estimada na casa dos US$ 100 milhões por temporada.

O Golden State precisaria, claro, reajustar as suas contas para comportar LeBron. A primeira iniciativa seria diminuir o dinheiro pago a Kevin Durant, algo difícil de imaginar que ele vá aceitar. KD ganha hoje cerca de US$ 25 milhões – e convenhamos que seu custo/benefício está entre os melhores da NBA no momento.

Diversos outros jogadores precisariam sair dos Warriors para limpar os cofres e comportar a chegada de LeBron. Os atletas que fariam parte de tal lista de dispensa seriam Shaun Livingston e dois jogadores de peso que seriam encaminhados aos Cavaliers como uma maneira de equilibrar a negociação com LeBron. Eles seriam Klay Thompson e Andre Iguodala, ainda de acordo com a ESPN.

Os Warriors formam a franquia com o maior gasto salarial da NBA, com cerca de US$ 135 milhões a cada mês.

 

Frieza e decadência

E o que faria LeBron deixar Cleveland, cidade que representa tanto para ele? Em primeiro lugar, o dinheiro. O Rei do Basquete ganha hoje cerca de US$ 36 milhões (algo em torno de R$ 114 milhões). Recusar a proposta dos Cavs para renovar por mais um ano e virar um agente livre para negociar como bem entender é algo que faz sentido sim – principalmente em uma equipe que parece ter encontrado seu declínio técnico depois da saída de Kyrie Irving. Os Cavs escorregam ladeira abaixo, e para um “animal competitivo” veterano como LeBron, forçar o corpo e a mente para qualquer objetivo que não seja vencer deixou de ser algo que faz sentido em sua carreira. Este é um outro raciocínio que reforça a sua ida ao Golden State, que com a chegada de LeBron, na teoria, viraria um time ainda mais vencedor.

O motivo derradeiro que faria o Rei mudar de ares tem a ver com a sua relação pouco amistosa com Dan Gilbert, o dono dos Cavs. Ambos se tratam de maneira cordial, mas extremamente fria, de acordo com a imprensa de Cleveland. Por milionário e vitorioso que LeBron seja, ele, como qualquer atleta de ponta, quer ser mimado do primeiro ao último minuto e do menor ao maior escalão de suas equipes. Eis a chave que pode girar a porta para a sua saída dos Cavs – vide o que ocorreu com Irving na temporada passada…

 

Jogos da temporada regular da NBA 2017/2018

Sexta-feira, 2 de fevereiro

  • Denver Nuggets 127×124 Oklahoma City Thunder
  • 22:00 – Charlotte Hornets x Indiana Pacers – Palpite: Pacers
  • 22:30 – Toronto Raptors x Portland Trail Blazers – Palpite: Raptors
  • 22:30 – Boston Celtics x Atlanta Hawks – Palpite: Celtics
  • 22:30 – Brooklyn Nets x Los Angeles Lakers – Palpite: Nets
  • 23:00 – Philadelphia 76ers x Miami Heat – Palpite: Heat
  • 23:00 – Milwaukee Bucks x New York Knicks – Palpite: Bucks 

Sábado, 3 de fevereiro

  • 00:00 – Phoenix Suns x Utah Jazz – Palpite: Jazz
  • 00:00 – Oklahoma City Thunder x New Orleans Pelicans – Palpite: Thunder
  • 01:30 – Sacramento Kings x Golden State Warriors – Palpite: Warriors
  • 18:30 – Los Angeles Clippers x Chicago Bulls – Palpite: Clippers
  • 22:00 – Detroit Pistons x Miami Heat – Palpite: Pistons
  • 22:00 – Indiana Pacers x Philadelphia 76ers – Palpite: Pacers
  • 22:00 – Orlando Magic x Washington Wizards – Palpite: Wizards
  • 23:30 – Cleveland Cavaliers x Houston Rockets – Palpite: Rockets

Domingo, 4 de fevereiro

  • 00:00 – Minnesota Timberwolves x New Orleans Pelicans – Palpite: Wolves
  • 00:00 – San Antonio Spurs x Utah Jazz – Palpite: Spurs
  • 00:00 – Denver Nuggets x Golden State Warriors – Palpite: Warriors
  • 01:00 – Sacramento Kings x Dallas Mavericks – Palpite: Kings
  • 15:00 – Boston Celtics x Portland Trail Blazers – Palpite: Celtics
  • 15:00 – Brooklyn Nets x Milwaukee Bucks – Palpite: Bucks
  • 15:00 – New York Knicks x Atlanta Hawks – Palpite: Knicks
  • 15:00 – Toronto Raptors x Memphis Grizzlies – Palpite: Raptors
  • 17:00 – Oklahoma City Thunder x Los Angeles Lakers – Palpite: Thunder
  • 18:00 – Phoenix Suns x Charlotte Hornets – Palpite: Hornets

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar