Ganhador.com

UFC

José Aldo pede duelo com americano no UFC Rio, mas recebe proposta como resposta

Foto: Divulgação/UFC

O UFC 224, que acontece no Rio de Janeiro, dia 12 de maio, já conta com diversos astros brasileiros confirmados. Mas há um ex-campeão doido para fazer parte do evento: José Aldo. Depois de Lyoto Machida, Vitor Belfort, Amanda Nunes e Ronaldo Jacaré, o manauara declarou querer fazer parte do show e até apontou um possível rival para a apresentação. Jeremy Stephens seria o adversário pretendido, mas o americano já sugeriu um outro evento.

A última vez que Aldo lutou foi em dezembro do ano passado. Depois de perder o cinturão dos penas em junho, o brasileiro fez a revanche com Max Holloway em dezembro e acabou derrotado pela segunda vez diante do havaiano – ambas as quedas foram por nocaute. Stephens é um belo desafio para Aldo voltar a vencer e ganhar confiança. O americano vem de vitória contra Josh Emmet por nocaute no segundo round e soma três triunfos consecutivos no octógono, se colocando atualmente na quinta colocação no ranking oficial – José Aldo é o número dois na lista.

Em entrevista ao Revista Combate, José Aldo declarou que gostaria de enfrentar Stephens no UFC Rio e que só estava esperando o Ultimate casar tal luta. Mas não é tão simples assim. É muito difícil lutadores aceitarem lutar no Brasil, especialmente contra um ícone do esporte como Aldo. Prova disso é que não demorou muito para o americano ir até suas redes sociais e publicar uma mensagem onde insinua preferir enfrentar o ex-campeão do UFC no dia 9 de junho, em Chicago, pelo UFC 225.

Independente de onde a luta acontecer, será um combate eletrizante. O jogo de ambos casa bem e tem tudo para ser um confronto empolgante para os fãs e útil para ambos. Aldo pode recuperar a confiança contra um legítimo top 5 da divisão e voltar a sonhar com cinturão se vencer, enquanto uma vitória de Jeremy significaria a possibilidade do americano consolidar sua boa fase e subir ao topo com grandes argumentos para uma possível disputa de cinturão.

Eu prefiro ver essa luta no Rio, claro. José Aldo no Rio é sempre um momento divertido, mas vamos ver o que o Ultimate nos reserva. Já temos astros brasileiros escalados para o show e talvez Aldo não esteja nos planos ou dentro do limite de orçamento dedicado ao evento. De qualquer forma, um duelo com Jeremy Stephens em seguida é uma ótima forma de recomeçar seu caminho ao topo.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar