Copa do Mundo Rússia 2018

Itália terá gostinho de Copa do Mundo contra França

Seleção França maio 2018
Foto: Aurelien Meunier/Getty Images

Franceses buscam terceiro triunfo seguido na preparação para a Rússia

A Copa do Mundo 2018 está chegando e os amistosos vão ficando ainda mais interessantes, pois já veremos algumas formações utilizadas na Rússia. Nesta sexta-feira, teremos um dos candidatos ao título em campo em um grande teste. A França vai encarar a Itália, em Nice, e por mais que o adversário não tenha se classificado, é um duelo de respeito.

 

França testando a capacidade ofensiva

Com uma campanha tranquila nas eliminatórias, a França viu nos amistosos a oportunidade de testar sua capacidade. Desde o ano passado a seleção tem escolhido adversários bem estratégicos, que permitem analisar todos os setores do time. Contra Alemanha e Colômbia, por exemplo, o objetivo era ver como a defesa se comportava diante de ataques fortes. Já a nova sequência, contra Rússia, Irlanda e Itália o foco é comprovar a capacidade ofensiva.

Nos dois últimos desafios o setor funcionou muito bem e os franceses ganharam com autoridade. Primeiro aplicaram 3 a 1 nos anfitriões da Copa e depois ganharam de 2 a 0 da Irlanda.

O destaque dos triunfos foi Mbappé, que marcou dois gols e deu uma assistência. O jovem do PSG tem boas chances de ser o melhor novato do Mundial, principalmente porque conta com companheiros de alto nível. Até aqui, ele tem feito parceria com Dembelé, Martial e Giroud, porém, Griezmann chegar para assumir a titularidade e aumentar a qualidade ainda mais.

Com o atacante do Atlético de Madrid ao lado da jovem promessa nesta sexta-feira, a tendência é contar com um show da França. Por mais que a camisa da Itália seja pesada e o técnico Deschamps faça muitas modificações para testar as opções, a expectativa é que os franceses vençam com tranquilidade.

O resultado daria ainda mais moral para uma seleção que perdeu somente uma vez das últimas 10 apresentações e que aparece como uma das principais favoritas para o título da Copa do Mundo.

 

Itália com compromisso melancólico

Não dá para saber o que fez a Itália aceitar um amistoso com a França, mas certamente isso não agrada em nada o seu torcedor. Isso porque se ganhar, deixará aquela frustração de pensar “e se estivéssemos lá?”, enquanto uma derrota aumentará o clima de desânimo de um país tetracampeão, mas que não consegue ter sucesso há 12 anos e encontra enorme dificuldade de se reconstruir.

Neste período, o time caiu na fase de grupos nas Copas de 2010 e 2014, ficando atrás de seleções sem tanta expressão, como Costa Rica e Nova Zelândia. O drama ficou maior nas eliminatórias para a Rússia, quando caiu para a Suécia na repescagem sem sequer marcar um gol.

O ataque de fato é o que a equipe tem maior dificuldade. Por mais que conte com goleadores como Balotelli e Belotti, balançar as redes não vem sendo o forte da Itália. Dos últimos nove jogos, foram apenas seis gols marcados – sendo que dois deles contra a modesta Arábia Saudita. A explicação para isso na verdade está na criação de jogadas. Desde que nomes como Pirlo e Totti se aposentaram, a Azzurra teve dificuldade de encontrar um bom armador. Atualmente, a função está com Florenzi e Jorginho, porém são bem limitados. O único de destaque é o camisa 10 Insigne, só que o ponta do Napoli também atua mais a frente na seleção e, portanto, não vem fazendo a diferença.

 

Retrospecto do confronto

As duas seleções já se enfrentaram 36 vezes e a vantagem é toda da Itália. A equipe ganhou 17 vezes contra apenas nove triunfos dos franceses e 10 empates. O mais marcante foi o duelo da Copa do Mundo de 2006, quando os italianos ganharam o título nos pênaltis.

No entanto, os dois últimos encontros terminaram com vitórias da França. Em 2012, ganhou por 2 a 1 e quatro anos depois aplicou 3 a 1, ambos em amistosos.

Um detalhe curioso é que desde 1952 o clássico termina no máximo com vitórias por dois gols de diferença.

 

Amistosos internacionais

Sexta-feira, 1 de junho

  • 16:00 – França x Itália. Palpite: França vence por 2 a 0
  • 16:15 – Egito x Colômbia. Palpite: 1 a 1

Sábado, 2 de junho

  • 13:15 – Inglaterra x Nigéria. Palpite: Inglaterra vence por 2 a 1
  • 14:45 – Suécia x Dinamarca. Palpite: 1 a 1
  • 15:45 – Bélgica x Portugal. Palpite: Bélgica vence por 2 a 1

Domingo, 3 de junho

  • 15:00 – Brasil x Croácia. Palpite: Brasil vence por 3 a 1
  • 16:00 – Espanha x Suíça. Palpite: Espanha vence por 1 a 0

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar