Copa do Mundo Rússia 2018

Drama em Rostov! Japão abre 2 a 0, mas Bélgica vira no último minuto e será a adversária do Brasil nas quartas

Seleção Belga
Foto: JACK GUEZ/AFP/Getty Images

Quase que a zebra voltou a aprontar na Rússia!Apesar das falhas defensivas, os Diabos Vermelhos buscaram a virada no finalzinho e agora entram no caminho do hexa

Quem esperava um passeio da Bélgica em Rostov caiu do cavalo – o Japão complicou demais para a ‘geração belga’! Os asiáticos abriram 2 a 0 com muita autoridade, mas acabaram sucumbindo a pressão. Mesmo com muitos buracos na defesa, os Diabos Vermelhos logo buscaram o empate e viraram em um contra-ataque mortal no último minuto do tempo normal! Os Samurais caíram com honra nesta segunda-feira (2), mas, no fim das contas, são os belgas que enfrentam o Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia.

 

Japão começa bem, mas logo arma a retranca

Certamente a Bélgica se surpreendeu com a postura inicial do Japão: ao invés de ficar plantado atrás da linha da bola, os Samurais adiantaram a marcação pressionaram a saída belga no campo de ataque. Foram duas chegadas com bastante perigo dos asiáticos nos primeiros dez minutos – ambas nos pés de Kagawa.

Aos poucos, o jogo foi se desenhando para o que todos esperavam: os Diabos Vermelhos com mais posse de bola no meio-campo e o Japão fazendo uma marcação bem firme com as linhas do 4-2-3-1 bem compactas. Meio confuso no início do duelo, Meunier se encontrou na segunda linha do 3-4-2-1 e controlou as estocadas esporádicas dos Samurais no lado direito da defesa belga.

No fim das contas, os belgas tiveram 55% de posse de bola na primeira etapa, mas apenas seis finalizações na primeira etapa. O time tocou muito bem a bola, envolveu a defesa japonesa, mas faltou objetividade para transformar posse de bola em chances de gol. Lukaku bem que tentou, mas não recebeu nenhuma bola limpa para tentar a finalização. O empate de 0 a 0 acabou sendo um resultado justo.

 

Golpe duplo dos Samurais

O segundo tempo já havia começado, mas a impressão que dava era de que o time belga ainda não havia voltado para a etapa final. O Japão se aproveitou disso e logo abriu o placar: Kagawa lançou, Haraguchi se aproveitou de uma furada bizarra de Vertonghen e colocou a bola no cantinho direito de Courtois. Olha a zebra em Rostov!

E cabia mais. Hazard até chutou uma bola na trave, mas logo a defesa belga voltou a ‘entregar’: Kompany afastou mal, a bola sobrou na entrada da área e Inui acertou um chutaço de perna direita – sem chances para o goleiro belga. Foram dois gols japoneses em seis minutos!

 

Pressão e empate belga

Mesmo com dois gols de desvantagem, em nenhum momento a Bélgica deu sinais de desespero. Apesar da defesa continuar dando espaços, o ataque seguiu pressionando e logo diminuiu com um gol meio ‘sem querer’: Vertonghen tentou cruzar, o goleiro Kawashima falhou e a bola acabou entrando aos 23 da etapa final.

O gol deu ainda mais energia aos belgas – que passaram a utilizar mais as jogadas de bola aérea, explorando a vantagem na altura, do que aquele jogo de aproximação da etapa incial. Melhor jogador dos Diabos Vermelhos na partida, Hazard cruzou a bola com veneno na área e Fellaini colocou no fundo do gol. Dois gols em menos de cinco minutos!

 

Gol da vitória no último minuto

Quando tudo se encaminhava para a terceira prorrogação do Mundial, os belgas mataram o jogo em um contra-ataque mortal, aqueles de almanaque, aos 48 da segunda etapa! Courtois agarrou o escanteio e logo conectou com De Bruyne – que avançou com muita velocidade pelo meio e logo lançou na direita para Hazard. O meia do Chelsea cruzou rasteiro dentro da grande área, Lukaku fez o famoso ‘corta luz’ e a bola sobrou para Chadli – que só escorou para o fundo do gol dos Samurais.

Alívio belga e drama japonês! Mesmo sem ser brilhante, a Bélgica mostrou poder de reação surpreendente e agora está no caminho do Brasil nas quartas de final. O jogo acontece na próxima sexta-feira, às 15h, em Kazan.

 

Quartas de final da Copa do Mundo

Sexta-feira, 06 de julho

  • 11:00 – França x Uruguai
  • 15:00 – Brasil x Bélgica

Sábado, 07 de julho

  • 11:00 – Rússia x Croácia
  • 15:00 – Colômbia ou Inglaterra x Suécia

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar