Copa do Brasil

Com o físico pesando, Flamengo terá caras novas contra a Ponte Preta pela Copa do Brasil

Foto: Staff Images/Flamengo

Rubro-Negro teve a terceira viagem em nove dias

Depois do pontapé inicial da fase de oitavas de final da Copa do Brasil na última semana, teremos mais dois jogos nesta quarta-feira. Um dos duelos mais aguardados é entre Ponte Preta e Flamengo, pois devido ao desgaste o clube carioca deve ir com alguns reservas. Este será, portanto, um importante teste para o elenco Rubro-Negro, que ainda deixa dúvidas na torcida.

Desgaste pesa no Flamengo

Em questão de nove dias, o Flamengo foi para a Colômbia, voltou ao Rio de Janeiro, embarcou para o Ceará, retornou mais uma vez e agora foi para Campinas. Três viagens para partidas importantes que acabam sobrecarregando o time titular. Com isso, o técnico Maurício Barbieri sequer relacionou para este jogo o veterano Juan e o meia Diego, que ainda se recupera de dores no joelho. Além da dupla, Rhodolfo, Felipe Vizeu e Orlando Berrío também seguem fazendo tratamento.

Apesar de apenas dois terem ficado de fora dos selecionados, a tendência é que mais alguns nomes sejam poupados, pois a comissão técnica ainda está avaliando a condição física. Os laterais Pará e Renê são os mais cotados para o banco, podendo dar lugares a Rodinei e Trauco. O peruano não vinha sendo sequer relacionado e agora pode enfim ter uma chance de demonstrar seu futebol.

No meio, Willian Arão até aparece como favorito para a vaga de Diego, mas devido a boa atuação de Lucas Paquetá mais recuado, existe a possibilidade de Barbieri colocar alguém já na posição do camisa 10, sem precisar mexer com a jovem promessa. Desta forma, cresce a chance de Ederson enfim ter sua primeira oportunidade nesta temporada.

Se as laterais e o meio seguem com chances de mudanças, outros nomes são certos devido a falta de concorrência. Tendo apenas jovens na reserva, Henrique Dourado e Réver são os titulares mais garantidos para esta quarta-feira, pois dificilmente Léo Duarte e Lincoln entrariam com a responsabilidade de jogarem no onze principal.

Ainda assim, mesmo tendo dois líderes do grupo em campo, o Flamengo vai enfraquecido para Campinas. Um triunfo fora de casa com um time remendado seria uma surpresa, portanto, a expectativa é que o Rubro-Negro busque apenas um empate, para poder decidir com o seu mando de campo.

Ponte Preta com altos e baixos

Apesar do Flamengo ter a possibilidade até mesmo de poupar meio time, a Ponte Preta corre por fora na disputa desta quarta-feira. Com o futebol que a equipe está apresentando, a tendência é que a equipe de Campinas sequer se arrisque muito no ataque.

A razão disso é que o ataque não tem passado muita confiança. Nas últimas quatro partidas, o time conseguiu balançar as redes apenas uma vez. O resultado disso foi que a equipe foi derrotada três vezes neste período.

A queda de rendimento não chega a ser uma surpresa, pois o Alvinegro também passou por isso na primeira fase do Paulistão, não conseguindo sequer avançar para as quartas de final. A recuperação veio em março, com a conquista do Torneio do Interior e uma goleada de 3 a 0 sobre o Náutico, pela Copa do Brasil, porém, só foi começar a Série B que a má fase retornou.

Nem mesmo o desempenho no Moisés Lucarelli anima, afinal, das 13 apresentações no local nesta temporada, a Ponte Preta venceu apenas quatro, tendo empatado outras quatro e saindo derrotada de campo cinco vezes. Com números tão ruins, o clube só terá sucesso caso o adversário cometa muitos erros neste primeiro jogo.

Retrospecto do confronto

Pode ser surpresa para algumas pessoas, mas o histórico do duelo é equilibradíssimo. No total, foram 30 encontros oficiais, com nove vitórias do Flamengo, oito da Ponte Preta e 13 empates.

Quando considerados apenas os jogos em Campinas, a Macaca pula na frente, com seis triunfos, sete igualdades e apenas quatro reveses. No último confronto no local, pelo Brasileirão do ano passado, a Ponte levou a melhor por 1 a 0.

Pela Copa do Brasil, as duas equipes só se enfrentaram na edição de 1999. Na ocasião, o Urubu venceu fora de casa por 1 a 0 e confirmou a classificação na volta, com uma goleada de 3 a 0 no Maracanã.

Jogos de volta das oitavas de final da Copa do Brasil 2018

Quarta-feira, 2 de maio

  • 19:30 – Atlético-MG x Chapecoense. Palpite Atlético-MG vence por 2 a 0
  • 19:30 – Ponte Preta x Flamengo. Palpite: 1 a 1

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.