Ganhador.com

Copa Libertadores

Apenas a vitória interessa ao Cruzeiro hoje diante da Universidad de Chile pela Libertadores; veja o prognóstico para este duelo

Cruzeiro precisa dos 3 pontos hoje para seguir na luta por uma das duas vagas nas oitavas de final.

Foto: Washington Alves/Light Press/Reprodução

Lanterna do Grupo 5 com apenas 1 ponto conquistado, o Cruzeiro precisa de uma vitória hoje no Chile para se manter vivo na luta pela Libertadores.

A situação do Cruzeiro no Grupo 5 da Copa Libertadores – e do Vasco também – só não é pior porque Universidad de Chile e Racing fizeram a gentileza de empatarem na rodada anterior e deram aos mineiros – com apenas 1 ponto conquistado – a chance de embolarem a classificação no grupo. Para isso basta que a Raposa vença os chilenos logo mais, às 21:30, no estádio Nacional em Santiago (com transmissão do Fox Sports). Os 3 pontos podem tirar o Cruzeiro da lanterna do grupo recolocá-lo na disputa por uma vaga no mata-mata da competição.

 

Não começou bem

Com apenas um ponto conquistado até aqui – no empate sem gols contra o Vasco, no Mineirão, pela 2ª rodada do grupo – e um saldo negativo de 2 gols, o Cruzeiro, atual campeão da Copa do Brasil e Mineiro, “gastou” todos os cartuchos que tinha e não pode mais “errar” se quiser se manter na Libertadores. Uma vitória hoje, coloca o time mineiro empatado em pontos com a UdC podendo passar à frente no confronto de volta na próxima semana no Mineirão. A classificação aos mata-mata, por enquanto, depende apenas da Raposa, mas o início ruim na Libertadores e a derrota para o Grêmio na abertura do Brasileirão, deixam seu torcedor de orelhas em pé quanto a “instabilidade” do time.

O jogo do final de semana, onde pouco produziu para incomodar a defesa do Tricolor Gaúcho, aliado ao fraco desempenho do time como visitante – foram 6 vitórias, 5 empates e 4 derrotas nos últimos 15 jogos disputados fora de casa (somando-se todas as competições até aqui) – indicam que Mano Menezes fará mudanças se não na escalação, pelo menos no modo como o Cruzeiro joga para “dar uma resposta” em campo ao início decepcionante no torneio continental.

 

Opções

Como costuma fazer, Mano Menezes fechou os treinos no Chile, mas pelo que disse em entrevistas após a derrota para o Grêmio e já em solo chileno, mudanças no setor ofensivo deverão ser feitas.

Um das possibilidades é a entrada de Sassá no lugar de Rafael Sóbis. Mas, de acordo com o que deu a entender em uma das entrevistas, o professor deverá optar por um esquema sem centroavante, com Thiago Neves e Arrascaeta revezando-se como “falso 9” (uma função muito em voga no Brasil nos últimos tempos). O quarteto da frente seria completo com Robinho e Rafinha. David, que viajou com a delegação muito provavelmente começará no banco, podendo entrar no decorrer da partida para fazer sua estreia pelo Cruzeiro.

Uma outra possibilidade, é a saída de Sóbis e Arrascaeta para a a entrada de Mancuello – que jogaria mais próximo de Ariel Cabral e Henrique, liberando Robinho para atuar mais avançado – e Rafinha. Isso manteria Neves como o falso 9.

Em resumo, não importa se atuará com um 9 verdadeiro ou falso, o Cruzeiro precisa de poder de fogo hoje para seguir vivo na Libertadores. Simples assim.

 

O rival desta noite

Vice-líder do Grupo 5 com os mesmos 4 pontos de Racing (o líder), a Universidad de Chile vem para a 3ª rodada com um desempenho pouco imponente. Em seus últimos 15 jogos como mandante – em todas as competições – obteve 7 vitórias, 4 empates e 4 derrotas; mas, se mudarmos a análise para os últimos 10 jogos em casa, os números sofrem uma significativa mudança: 5 vitórias, 1 empate e 4 derrotas – a última contra o Colo-Colo (1 x 3) pelo campeonato chileno, em um duelo que foi marcado por 10 cartões amarelos e a expulsão do lateral-esquerdo Beausejour que na saída se desentendeu com o companheiro de equipe Pinilla. Os demais jogadores da UdC tiveram que intervir para acalmar os ânimos. Após o jogo, ambos declararam que tudo estava resolvido e a paz reinava no vestiário novamente.

Com a lesão do zagueiro Jara, o técnico Ángel Hoyas tem uma mudança certa na comparação com time que foi derrotado no clássico chileno e o brasileiro Rafael Vaz (ex-Flamengo e Vasco) estará em campo. O brigão Beausejour, com dores musculares, é dúvida e será avaliado antes do início do jogo. Caso não tenha condições de atuar, o argentino Fabián Monzón deverá ocupar a lateral-esquerda do time chileno.

 

Prováveis escalações

Com o Cruzeiro realizando treinos fechados, apenas podemos imaginar que Mano Menezes não fará mudanças absurdamente radicais em seu time base. A UdC, por sua vez, deverá mexer apenas por necessidade médica e manterá a base que vem atuando nos últimos jogos.

Cruzeiro: Fábio; Edílson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral; Robinho, Rafinha e Arrascaeta (Mancuello); Thiago Neves. Técnico: Mano Menezes.

Universidad de Chile: Herrera; Vilchez, Echeverria e Rafael Vaz; Pizarro, Reyes, Matías Rodrígues e Beausejour (Fabián Monzón); Araos, Soteldo e Pinilla. Técnico: Ángel Hoyas.

 

Palpite para Universidad de Chile x Cruzeiro

É muito provável que os donos da casa buscarão o ataque desde o início do jogo, muito em função da derrota do final de semana contra o rival Colo-Colo e por saberem que este é um confronto direto que pode “matar” um concorrente por uma das duas vagas no Grupo 5. Bem apoiado em seu sistema com 3 zagueiros, a UdC deverá pressionar a boa defesa do Cruzeiro que, se optar mesmo pelo esquema sem um 9 de ofício (o mais provável), terá condições de encaixar contra-ataques rápidos que podem definir o jogo.

Não será fácil, mas acredito na vitória do Cruzeiro por uma diferença mínima – bem ao gosto de Mano Menezes que adora uma goleada por 1 a 0.

 

Mais brasileiros

Corinthians se deu bem e o Flamengo se mostrou mestre na arte de “se complicar”

Jogando ao seu estilo – fechadinho da defesa e esperando por uma bola salvadora – o Corinthians foi à Argentina em busca de um empate que lhe garantiria o 1º lugar no Grupo 7 e com a ajuda da arbitragem, que anulou erroneamente um gol legítimo dos donos da casa, e um gol em cabeceio do pequeno Jadson aos 35 do segundo tempo, retorna ao Brasil líder com 3 pontos de vantagem sobre o Millonarios, 2º colocado, e vê o poderoso Independiente cair para a 3ª colocação no grupo. Os dois times se enfrentam novamente no próximo dia 2 de maio, no Itaquerão, em duelo que pode garantir o Timão nos mata-mata da Libertadores.

O Flamengo recebeu o Santa Fe ontem e conseguiu se complicar – apesar de ainda se manter líder do Grupo 4 com 5 pontos. Emelec e River Plate jogam hoje com possibilidade dos argentinos assumirem a 1ª posição. Henrique Dourado marcou para o Rubro-negro no início do primeiro tempo. Os donos da casa, entretanto não souberam transformar em gols a sua superioridade e na única chance que teve em todo o jogo, o Santa Fe empatou com Morelo também no primeiro tempo. Como não poderia deixar de ser, após o empate os muros da Gávea foram pichados com frases exigindo a saída do presidente Eduardo Bandeira de Mello e dos jogadores Diego e William Arão – também conhecidos como “Márcio Araújo 2018” – além, é claro, das tradicionais frases de apoio “queremos raça”, “time sem sangue” e “não somos empresa”. A cada dia que passa, o Flamengo de contas equilibradas e elenco milionário se mostra um prodígio na arte de se complicar.

 

Palpites e resultados para os jogos desta semana na Libertadores

Terça-feira, 17 de abril

  • 19:15 – Defensor (URU) 3 x 1 Monagas (VEN)
  • 21:30 – Cerro Porteño (PAR) 0 x 0 Grêmio (BRA)
  • 21:30 – Millonarios (COL) 4 x 0 Deportivo Lara (VEN)

Quarta-feira, 18 de abril

  • 19:15 – The Strongest (BOL) 1 x 2 Atl. Tucumán (ARG)
  • 21:45 – Flamengo (BRA) 1 x 1 Santa Fe (COL)
  • 21:45 – Independiente (ARG) 0 x 1 Corinthians (BRA)
  • 21:45 – Libertad (PAR) 2 x 1 Peñarol (URU)

Quinta-feira, 19 de abril

  • 19:15 – Racing (ARG) x Vasco (BRA) – Palpite: empate
  • 21:30 – Alianza Lima (PER) x Junior Barranquilla (COL) – Palpite: empate
  • 21:30 – Emelec (EQU) x River Plate (ARG) – Palpite: River Plate
  • 21:30 – Universidad de Chile (CHI) x Cruzeiro (BRA) – Palpite: Cruzeiro

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar