Ganhador.com

Brasileirão Série A

América-MG tenta aproveitar má fase do Atlético-MG para acabar com jejum no clássico

Atlético vs América
Foto: Bruno Cantini/Atlético

Coelho não ganha do rival há seis jogos

A 10ª rodada do Campeonato Brasileiro tem mais três jogos nesta quinta-feira e com direito a clássico. Tentando subir na tabela, o América-MG recebe o Atlético-MG no Independência e procura aproveitar a má fase do rival, que não ganha há três jogos.

 

América-MG faz bom papel

Apesar de estar um ponto atrás do Atlético-MG, o América-MG pode comemorar a sua campanha. Afinal, são quatro pontos de vantagem para o primeiro dentro da zona de rebaixamento – o que o clube quer evitar nesta temporada.

A principal razão para isso é o seu aproveitamento como mandante, no qual o Coelho somou 12 dos 15 pontos possíveis. O único revés ocorreu para o São Paulo, por 3 a 1. Nos demais, bateu Sport Recife, Vitória, Botafogo e Atlético-PR. O único problema disso é que o Galo também manda seus jogos no Independência e, portanto, o fator casa não deve fazer tanta diferença.

Sendo assim, esperar um triunfo nesta partida não é algo tão fácil. No entanto, o time pode se aproveitar da má fase do rival para tentar somar pelo menos mais um ponto, que abriria para cinco a vantagem para o 17º colocado.

O América-MG ao menos tem boas notícias para esta quinta-feira. Isso porque Leandro Donizete e Luan foram liberados pelo departamento médico. Porém, como não tiveram muito tempo para treinar com o grupo, suas presenças não estão confirmadas.

Com isso, o técnico Enderson Moreira deverá decidir apenas nas últimas horas quais serão os onze titulares. A ideia inicial era jogar com: Jori, Norberto, Messias, Matheus Ferraz e Giovanni; Juninho, Christian, Serginho e Gérson Magrão; Aylon e Judivan.

Caso o treinador resolva aproveitar todas as peças, Leandro Donizete assumiria a vaga de Juninho e Luan substituiria Gérson Magrão. Isso significa também que caso a dupla não comece como titular a tendência é que entre ao longo do segundo tempo.

Agora, o Coelho está apenas com cinco jogadores lesionados: Carlinhos, Rafael Moura, João Ricardo, Lima e Matheusinho.

 

Atlético-MG em queda livre

A situação do Atlético-MG segue cada vez mais delicada. O clube vem de três derrotas seguidas e já aparece na 10ª colocação. A posição fica ainda pior se considerar que no mês passado o Galo foi eliminado da Copa do Brasil e da Sul-Americana. Sem ter vencido o estadual, terminar pelo menos no G-6 no Brasileirão é questão de honra.

O problema é que o time de fato não consegue encontrar estabilidade. Já batemos nesta tecla aqui em outras ocasiões, mas temos que repetir, pois o problema persiste. Basta analisar os últimos três compromissos da equipe. Contra o Flamengo, o Alvinegro dominava a partida até se desesperar no ataque e permitiu o gol do adversário. Diante do Sport Recife, os mineiros eram bem superiores e sofreram a virada em menos de quatro minutos. Por fim, deixou a Chapecoense buscou o empate duas vezes no Independência.

Desta forma, por mais que o Galo decida ir para o jogo e busque os três pontos, muito dificilmente conseguirá mais do que um empate neste clássico, o que ao menos o manterá na frente do rival.

Para esta partida, o Atlético-MG contará com as voltas Patric, Leonardo Silva e Adilson no time titular. Por outro lado, não terá Fábio Santos, que está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Para o seu lugar entrará o zagueiro Juninho, que jogará improvisado como lateral esquerdo.

Com estas mudanças, o Galo vai para campo com: Victor; Patric, Gabriel, Leonardo Silva e Juninho; Adilson, Gustavo Blanco e Cazares; Luan, Róger Guedes e Ricardo Oliveira.

 

Retrospecto dos confrontos

Nada de empates neste clássico. Nos últimos seis encontros entre as equipes o Atlético-MG saiu vitorioso. Nesta temporada, o Galo ganhou por 3 a 0 na primeira fase do estadual e depois venceu por 1 a 0 e 2 a 0 nas semifinais. O América-MG não comemora um triunfo neste duelo desde maio de 2016, quando fez 2 a 1.

 

Jogos da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018

Terça-feira, 5 de junho

  • 21:30 – São Paulo 0 x 0 Internacional.

Quarta-feira, 6 de junho

  • 19:30 – Vitória 1 x 0 Chapecoense
  • 19:30 – Botafogo 0 x 0 Ceará
  • 21:00 – Sport Recife 1 x 0 Atlético-PR
  • 21:00 – Corinthians 1 x 1 Santos
  • 21:45 – Cruzeiro 1 x 1 Vasco
  • 21:45 – Grêmio 0 x 2 Palmeiras

Quinta-feira, 7 de junho

  • 20:00 – Paraná x Bahia. Palpite: 1 a 1
  • 20:00 – Fluminense x Flamengo. Palpite: 1 a 1
  • 21:00 – América-MG x Atlético-MG. Palpite: 2 a 2

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Brasileirão coloca frente a frente os instáveis Atlético-MG e Fluminense nesta 11ª rodada | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar