Ganhador.com

Brasileirão Série A

América-MG e Chapecoense duelam na 12ª rodada do Brasileirão por tranquilidade durante a Copa

Chapecoense
Foto: Sirli Freitas

Mineiros e catarinenses tentam se afastar ainda mais da zona de rebaixamento

O Campeonato Brasileiro chega a sua última rodada antes da parada para a Copa do Mundo. Com isso, a turma do bloco intermediário entra em campo para se afastar ainda mais da zona de rebaixamento e passar os próximos 30 dias com mais tranquilidade para trabalhar. É nesta situação que aparecem América-MG e Chapecoense, que se enfrentam no Independência.

 

América-MG com queda preocupante

Candidato a voltar para a segundona, o América-MG conseguiu surpreender na abertura do Brasileirão e ficou fora do Z-4 durante todas as 11 rodadas. No entanto, as últimas atuações ligaram um alerta dentro do clube, pois as vitórias sumiram. Foram apenas quatro pontos conquistados nos últimos seis jogos e o time despencou do G-6 para a 13ª colocação.

A vantagem para a Zona de rebaixamento de quatro pontos garante que passará fora da mesma durante o Mundial, porém, uma derrota em casa o deixaria muito próximo, ainda mais com uma sequência negativa destas.

Para não viver este drama, o Coelho aposta as suas fichas do mando de campo. Dos seis jogos disputados no Independência pelo campeonato, o clube ganhou quatro, tendo perdido apenas para São Paulo e Atlético-MG.

Por outro lado, o calendário apertado deixou clara a fragilidade do elenco mineiro, que perdeu cinco titulares nos últimos compromissos e não conseguiu repor à altura. Neste período, João Ricardo, Leandro Donizete, Luan, Christian e Rafael Moura já ficaram de fora e ainda não estão 100%. Para piorar, Aderlan e Giovanni receberam o terceiro cartão amarelo e, portanto, não jogam nesta rodada.

Desta forma, com um grupo limitado e sem demonstrar forças para reagir, dificilmente o América-MG terá condições de buscar os três pontos nesta quarta-feira. O mais provável mesmo é que pare no empate, que ao menos manteria a Chapecoense uma posição abaixo.

 

Chapecoense tenta fechar bem nesta primeira parte

O começo de ano da Chapecoense foi preocupante, mas o Alviverde tem a chance de encerrar esta primeira parte do Brasileirão em uma situação confortável. Isso acontece graças ao crescimento da equipe nas últimas duas semanas, quando somou sete dos 12 pontos disputados. A sequência positiva acontece justamente quando o campeonato passou a ter jogos a cada três dias. Muito disso se deve a boa fase do ataque, que marcou sete gols neste período.

Agora os catarinenses terão que provar que esta evolução também será vista fora de casa. Isso porque o desempenho do time como visitante é terrível. O último triunfo nestas condições ocorreu em março de 2018, contra o Tubarão, pelo estadual. Longe de Santa Catarina, o clube fez oito partidas no ano e não conseguiu ganhar nenhuma. Os melhores resultados aconteceram nos empates com Palmeiras e Atlético-MG (duas vezes). Nos demais, caiu para Nacional-URU, Atlético-PR, Internacional, Fluminense e Vitória. Foram apenas cinco gols marcados e 16 sofridos.

Para esta quarta-feira, a Chape não terá Arthur, que recebeu o terceiro cartão amarelo. No seu lugar deve entrar Bruno Silva, que o substituiu contra o Cruzeiro e inclusive marcou na vitória por 2 a 0.

A mudança não chega a fazer com que os catarinenses percam qualidade, porém, também não deve ajudar na luta pelos três pontos. Caso conquiste ao menos um empate, o Alviverde pode abrir até cinco pontos em relação a zona de rebaixamento.

 

Retrospecto dos confrontos

As duas equipes se enfrentaram apenas quatro vezes ao longo de toda a história e o domínio é todo da Chapecoense. O clube venceu três vezes e ainda arrancou um empate. Esta igualdade foi o máximo que o América-MG conseguiu até aqui e este ocorreu justamente no Independência.

Os dois times não se enfrentam desde agosto de 2016, quando se encontraram pelo 2º turno do Brasileirão daquele ano. Na ocasião, os catarinenses fizeram 2 a 1.

 

Jogos da 12ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018

Terça-feira, 12 de junho

  • 21:30 – São Paulo x Vitória. Palpite: São Paulo vence por 2 a 0

Quarta-feira, 13 de junho

  • 16:00 – América-MG x Chapecoense. Palpite: 1 a 1
  • 19:00 – Fluminense x Santos. Palpite: Fluminense vence por 1 a 0
  • 19:30 – Paraná x Cruzeiro. Palpite: 1 a 1
  • 19:30 – Sport Recife x Grêmio. Palpite: 2 a 2
  • 21:00 – Botafogo x Atlético-PR. Palpite: Botafogo vence por 2 a 1
  • 21:00 – Palmeiras x Flamengo. Palpite: Palmeiras vence por 1 a 0
  • 21:45 – Atlético-MG x Ceará. Palpite: Atlético-MG vence por 2 a 0
  • 21:45 – Bahia x Corinthians. Palpite: 2 a 2
  • 21:45 – Internacional x Vasco. Palpite: Internacional vence por 3 a 1

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar