Ganhador.com

Carioca

America e São Cristóvão já sabem contra quem vão jogar nas séries B-1 e B-2 do Campeonato Carioca

Foto: Laís Patrício / America Rio

Federação divulgou tabela e regulamento das Séries B-1 e B-2 do Campeonato Carioca

Trinta e cinco clubes, vinte na segunda divisão e quinze na terceira, estão envolvidos no Campeonato Estadual que começa no fim de maio. Nem a Copa do Mundo é capaz de parar o nosso calendário ou impedir que vinte e dois profissionais entrem em campo composto de gramados ruins e cercado de arquibancadas precárias para disputar uma “pelada”. Este sim é o verdadeiro futebol raiz, que reúne agremiações tradicionais, como America, Americano, Bonsucesso, Olaria, São Cristóvão, Serrano, Friburguense e Mesquita. Confira abaixo um resumo destes certames.

 

Bonsucesso é uma lenda na segundona

A lenda está de volta! Rebaixado este ano mesmo da primeira divisão para o andar de baixo, o Bonsucesso intimida qualquer um que ouse cruzar o seu caminho. O Leão da Leopoldina é dono de sete troféus da Série B-1, conquistados em 1921, 1981, 1984, 2011, sem falar no tricampeonato histórico de 1926, 1927 e 1928, numa época em que subir de nível não era automático.

Da mesma região da Leopoldina, temos o Olaria, vencedor de 1931, 1980 e 1983 e que está desde 2014 impedido de encarar Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama.

Campeão de 2009 e 2015, o America está muito aquém de suas glórias, que incluem sete títulos da Série A. Os rubros também foram guilhotinados este ano ao fracassarem na Seletiva e ao terminarem em penúltimo no grupo X.

A Era Caixa d’Água chegou ao fim com a morte do ex-cartola. Coincidência ou não, o Americano foi rebaixado pela primeira vez e, desde 2013, desfila na segundona para grande zombação da torcida do Goytacaz.

O simpático Friburguense é outro integrante de respeito e bem estruturado do nível B.

 

Regulamento da Série B-1

O formato de disputa é semelhante ao da primeira divisão, com a exceção de que não há fase preliminar, nem Torneio da Morte. A Taça Guanabara, ou primeiro turno, é chamada de Taça Santos Dumont. Já a Taça Rio, ou segundo turno, é denominada Taça Corcovado.

Divididos em grupos, no turno as partidas são dentro das chaves. Os dois melhores de cada fazem as semifinais antes de conhecermos o campeão numa final. No returno, as regras são as mesmas, com a diferença de que as partidas da primeira etapa são contra os coirmãos do outro grupo.

As semifinais gerais reúnem o vencedor de cada turno e os dois melhores clubes da soma geral de pontos. Quem passar por este mata-mata, garante vaga na decisão e presença na Seletiva da primeira divisão de 2019.

Os três piores times da soma de pontos, descem para a terceirona.

Os grupos da 1ª fase:

  • Grupo A: America, Americano, Angra dos Reis, Artsul, Barcelona, CA Barra da Tijuca, Gonçalense, Sampaio Corrêa, Santa Cruz e Serra Macaense.
  • Grupo B: Audax Rio, Bonsucesso, Carapebus, Duque de Caxias, Friburguense, AD Itaboraí, Olaria, São Gonçalo EC, Serrano e Tigres.

A bola a partir de 19 de maio.

Recomeço para o São Cristóvão

O São Cristóvão renovou sua parceria com a Reserva, grife carioca com sede no entorno da Rua Figueira de Mello. Os dirigentes alvos trabalham para que o campeão carioca de 1926 possa mandar seus compromissos no velho e acanhado estádio, coisa que não conseguiu em 2017 e foi um dos motivos que fez com o que os de branco afundassem para a Série B-2. O presidente Anderson Merrenga gostaria de ter uma empresa parceira para gerir o futebol do clube. Como ainda não conseguiu, o mandatário fala em reforços dentro da realidade da instituição.

Apesar da tradição, Mesquita e Nova Cidade têm dívidas junto à FERJ e podem ter suas inscrições no torneio impedidas pela entidade. A dupla é acompanhada de Futuro Bem Próximo e Queimados. Dura realidade do velho esporte bretão que não entra no radar da grande mídia.

 

Regulamento da Série B-2

O formato de disputa é idêntico ao da segunda divisão. A única diferença está no número de participantes. Sobem dois e caem dois.

  • Grupo A: Arraial do Cabo, Casimiro de Abreu, Futuro Bem Próximo, Mesquita, Nova Cidade, Queimados, Rio de Janeiro e São Cristóvão.
  • Grupo B: 7 de Abril, Barra Mansa, Bela Vista, Campos AA, Juventus, Pérolas Negras e Rio São Paulo.

A competição começa em 27 de maio.

 

Série C

A quarta divisão do futebol fluminense tem início previsto para julho. Entre os 29 participantes que deverão entrar em campo, os conhecidos Campo Grande, Canto do Rio, Itaperuna, Rubro, e o novato Atlético Carioca, que assinou com Túlio Maravilha, se destacam.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar