Ganhador.com

Brasileirão Série A

6ª rodada do Brasileirão 2018: o Flamengo vai ter o gostinho de derrubar Zé Ricardo do Vasco?

Flamengo
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Clássico deste sábado (19) no Maracanã, às 19h (de Brasília), pode ser determinante para uma troca de comando no Gigante da Colina                         

Quem olha a tabela do Brasileirão e vê Flamengo e Vasco separados por apenas três pontos não consegue imaginar que as duas equipes andam realmente em calçadas opostas. Enquanto o Rubro-Negro segue próspero por se classificar às oitavas da Libertadores e liderar o Campeonato Brasileiro, o Vasco está em uma fase delicada que inclui goleadas sofridas na Libertadores e duras derrotas tanto na Copa do Brasil quanto no Brasileirão. E nem é preciso ser muito versado em futebol para imaginar que outra queda vascaína, desta vez diante do Flamengo, seu maior rival, pode ser fatal para o clube decidir tirar o seu técnico, o questionado Zé Ricardo. E que ironia: Zé Ricardo comandou o Flamengo no ano passado e incomodou muitos torcedores ao sair do Fla e acertar direto com o Vasco.

Vasco sofre com a defesa

O futebol moderno segue alguns padrões bem estabelecidos, e um deles diz respeito à solidez da defesa. Quando o time se defende mal, os resultados não vêm. É inevitável. E o Vasco sofre com isso hoje em dia como nenhuma outra equipe. Nesta temporada, em 29 jogos, os vascaínos tomaram nada menos que 46 gols, afogando a sua torcida em um mar de irritação.

Ninguém pode acusar Zé Ricardo de não tentar dão consistência à equipe. Até aqui, nove duplas foram testadas, e até um trio de defensores foi utilizado. O técnico não sabe quem vai escalar neste domingo – os últimos ajustes seriam feitos na sexta-feira e é provável que o treinador opte pelo mistério para dificultar a preparação flamenguista.

O Vasco tem problemas por todos os lados. Na política, a oposição quer a saída do presidente Alexandre Campello, e vários grupos brigam pelo poder. Nas arquibancadas, a torcida já se envolveu em brigas e já invadiu o gramado para cobrar os atletas.

Dentro de campo, o retrospecto contra o Flamengo é delicado. O Vasco não bate o rival desde o Carioca de 2016. De lá para cá foram seis jogos, com duas vitórias do Fla e quatro empates.

 

Fla aproveita embalo

O Rubro-Negro sabe que ficar bem com a sua torcida significa vencer o Vasco, e esta chance não deve ser desperdiçada no sábado. O clube está em uma rara calmaria tanto em campo quanto nas arquibancadas, e fortalecer este vínculo positivo pode representar uma viagem tranquila para Buenos Aires, onde a equipe enfrenta o River Plate na próxima quarta (23), às 21h45 (de Brasília).

Este é o único “porém” que o Flamengo apresenta para este clássico: pensar mais no futuro do que no presente, com o Vasco logo adiante. Mas a história de rivalidade não sugere nenhuma “colher de chá” por parte do Fla. Pelo contrário. É provável que a equipe siga aproveitando a capacidade de Everton Ribeiro em seu atual momento. Resta saber se o técnico interino Maurício Barbieri vai seguir escalando o camisa 7 ao lado de Diego, fortalecendo o sistema de criação de uma equipe que já provou que tem um ataque realmente muito forte com a chegada de Vinicius Júnior e Henrique Dourado.

Palpite? Um 2×0 para o Fla, pela boa fase e pela possibilidade de ter paz e conturbar um pouco mais a vida de um Vasco que ainda precisa encontrar um caminho mais positivo.

 

E o Flu?

Falar do Fla é também se lembrar do Flu, e o Tricolor comandado por Abel Braga tem um compromisso bem importante neste final de semana. A equipe joga também no Maracanã, às 19h (de Brasília) de domingo (20), contra o Atlético-PR.

O Fluminense vinha em campanha bastante positiva até perder o clássico da última segunda para o Botafogo por 2×1. O resultado não foi inesperado. O Tricolor precisou de muitas horas para se refazer do insano desgaste sofrido com a sua partida diante do Nacional Potosí, na Sul-Americana, com um compromisso a 4.000 metros de altitude.

O Flu confia novamente em Pedro, que está fazendo por merecer os elogios da torcida. A vitória diante do Atlético-PR surge como obrigação pelo fato de o Tricolor atuar como mandante e receber uma equipe que está em posição abaixo na tabela. O Pó-de-Arroz está na nona colocação até aqui, com o Atlético-PR em 15º.

Por tudo isso, o palpite é de uma vitória suada do Flu por 1×0 ou 2×1.

 

Jogos da 6ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2018

Sábado, 19 de maio 

  • 16:00 – Atlético-MG x Cruzeiro – Palpite: Empate
  • 19:00 – Flamengo x Vasco – Palpite: Flamengo
  • 21:00 – Palmeiras x Bahia – Palpite: Palmeiras 

Domingo, 20 de maio 

  • 11:00 – Vitória x Ceará – Palpite: Vitória
  • 16:00 – São Paulo x Santos – Palpite: Empate
  • 16:00 – América-MG x Botafogo – Palpite: Botafogo
  • 16:00 – Paraná x Grêmio – Palpite: Grêmio
  • 16:00 – Sport x Corinthians – Palpite: Empate
  • 19:00 – Fluminense x Atlético-PR – Palpite: Fluminense

Segunda-feira, 21 de maio 

20:00 – Internacional x Chapecoense – Palpite: Inter

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar