Ganhador.com

UFC

Wilson Reis é o próximo desafiante ao cinturão dos moscas. É o Brasil no UFC!

Foto: Buda Mendes/Getty Images

O início de temporada do UFC promete ser de fortes emoções para o Brasil. Depois do anúncio de que Jessica Andrade e Junior Cigano terão a chance de disputar o cinturão da organização, no UFC 211, em maio, a franquia divulgou que Wilson Reis também terá a oportunidade de conquistar o título do evento. O brasileiro encara o campeão Demetrious Johnson em disputa pelo cinturão peso-mosca que acontece no dia 15 de abril, em Kansas City (EUA), pelo UFC Fight Night.

 


Esta é a segunda vez que Wilson é escalado para encarar Johnson. Eles deveriam ter se enfrentado no segundo semestre do ano passado, mas uma lesão do brasileiro o tirou da disputa. Atual número quatro no ranking da categoria, Reis soma três vitórias consecutivas. O mineiro é companheiro de treinos de Dominick Cruz, ex-campeão dos galos do UFC.

Johnson está em busca de igualar o recorde de Anderson Silva, que alcançou dez defesas de cinturão consecutivas. Atualmente com nove, o americano é o campeão mais dominante em atividade no UFC e é franco favorito para o confronto com Wilson Reis. Ele soma dez vitórias consecutivas, sendo nove em disputas de cinturão. Foram cinco lutas vencidas por nocaute ou finalização desde junho de 2012.

É claro que se tratando de MMA tudo pode acontecer. Wilson Reis é capaz de bolar uma estratégia boa e tentar confundir o campeão. Mas a posição de azarão lhe cai bem. Seu jiu-jitsu talvez seja sua melhor arma, mas nada tão ameaçador, já que Demetrious também tem um chão afiadíssimo. Na trocação, Johnson é mais rápido e técnico. Junto a Jessica Andrade e Junior Cigano, talvez Wilson seja o atleta com a maior dificuldade pela frente rumo ao título. Mas sonhar não custa nada e vale a pena acreditar em mais um brasileiro a um passo do paraíso.

Com José Aldo e Amanda Nunes como atuais campeões de suas categorias, o Brasil pode alcançar com Jessica, Cigano e Wilson o número de cinco títulos simultâneos do UFC. É difícil isso acontecer? Muito! Mas ninguém recebeu a chance de graça e é uma oportunidade de ouro de reerguer o Brasil no cenário do mundo das lutas.

 

Jacaré de volta ao octógono

No mesmo show de Johnson Vs Reis, Ronaldo Jacaré volta a entrar em ação. O brasileiro, longe de uma chance pelo cinturão dos médios – dada para Georges Saint Pierre, que fará superluta com Michael Bisping – encara o americano Robert Whittaker, no UFC Fight Night de Kansas City, dia 15 de abril. O confronto é entre o terceiro e o sexto colocados no ranking da divisão dos médios. Sem a oportunidade pelo título, faria mais sentido uma revanche com Yoel Romero a Jacaré. Mas, ao que tudo indica, a ideia é se manter em atividade até aniquilar todos os tops da categoria. Que assim seja!

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar