Ganhador.com

Brasileirão Série A

Vice-lanterna Avaí recebe o Bahia na Ressacada precisando desesperadamente de uma vitória

Avaí x Bahia
Foto: Frederico Tadeu / Avaí F.C.

As projeções matemáticas indicam que para respirar aliviado em relação ao risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro um time deve somar pelo menos 45 pontos. É essa marca que Avaí e Bahia, adversários da próxima quarta-feira (08), às 19:30 (horário de Brasília), na Ressacada, almejam desesperadamente atingir. A situação é um pouco mais confortável para o Tricolor baiano, que depois de uma boa sequência chegou aos 42 pontos, e ocupa a décima colocação. Para o Avaí, vice-lanterna, com apenas 35 pontos, somente a vitória interessa.

 

Leão da Ilha se complica na reta final

Precisando somar pelo menos mais 10 pontos, o Avaí se prepara para uma sequência dificílima, começando pela partida de quarta-feira, diante do Bahia. Os adversários seguintes serão Corinthias, Cruzeiro, Palmeiras, Atlético Paranaense e Santos. Restam apenas três jogos na Ressacada até o fim do campeonato, e o apoio das arquibancadas será fundamental para que o time consiga dar a volta por cima. A expectativa é por casa cheia e muita pressão sobre o Tricolor baiano.

O time catarinense sofreu um duro golpe ao ser goleado por 4×0 pelo Coritiba, adversário direto na luta contra o Z-4, na rodada do último final de semana. Com o resultado, perdeu uma invencibilidade que já durava três partidas, e caiu mais uma posição, chegando a 19º.

O lateral-direito Leandro Silva levou o terceiro cartão amarelo e desfalcará o time. Quem pode pintar em seu lugar é o veterano Maicon. O garoto Luanzinho, que teve atuação criticada na derrota para o Coxa, deverá ganhar uma nova oportunidade. O Avaí vem de cinco tropeços consecutivos jogando em casa, e se não vencer o Bahia poderá ficar com quatro pontos a menos que o primeiro time fora do Z-4.

 

Boa fase dos catarinenses durou pouco

O Avaí chegou a ensaiar uma recuperação no início do returno, somando onze pontos nos cinco primeiros jogos. Depois de vencer o Vitória, a Chapecoense e o Sport, e empatar com o São Paulo e o Atlético Mineiro, o time deixou a zona de rebaixamento, e acreditou que entraria na briga por uma vaga na Copa Sul-Americana.

Ledo engano, a sequência de derrotas em casa para o Atlético Goianiense e o Vasco acabou com qualquer esperança dos catarinenses alçarem voos mais altos, devolveu o time ao Z-4, e abalou a confiança do grupo, que desde então já disputou cinco partidas e obteve apenas uma vitória. Agora, tem 93% de chances de cair para a segunda divisão.

 

Bahia sonha com a América

Longe de fazer uma boa campanha, o Bahia teve o mérito de evoluir no momento mais importante, e o sofrimento nas rodadas finais, que parecia inevitável, ao que tudo indica não deverá acontecer. O Tricolor tem apenas 0,7% de chances de ser rebaixado, mas como décimo colocado já pode sonhar com uma classificação para a Copa Sul-Americana, e até mesmo com uma improvável participação na Libertadores do ano que vem. As estatícas apontam 71% de possibilidades no primeiro caso, e 3,8% no segundo. Por tudo isso, o time não deve encarar a partida como mero cumprimento de tabela, e o Avaí pode esperar um adversário bastante motivado.

O Tricolor baiano está invicto há três partidas, e nas últimas sete foi derrotado apenas uma vez, quando enfrentou o Flamengo. Seus últimos compromissos foram contra o Vitória, o Fluminense e a Ponte Preta. Ficou na igualdade fora de casa diante dos cariocas, e levou a melhor tanto no clássico quanto no duelo contra a Macaca.

O técnico Paulo César Carpegiani terá problemas na montagem do seu esquema defensivo. Com dores no músculo adutor da coxa direita, o zagueiro Lucas Fonseca nem viaja para Santa Catarina. O mesmo acontece com o volante Edson, que segue aos cuidados do departamento médico. Seus prováveis substitutos serão Thiago Martins e Matheus Sales, que cumpriu suspensão na última rodada. No ataque, as esperanças ficam por conta de Edigar Junio e Mendonza. Os artilheiros do time começam entre os onze.

 

Retrospecto favorece os visitantes

Duelos entre Bahia e Avaí não estão entre os mais recorrentes do futebol brasileiro, mas os times já estiveram frente a frente em 19 oportunidades ao longo da história, com dez vitórias dos baianos, quatro dos catarinenses e cinco empates. A freguesia avaiana tornou-se mais acentuada recentemente, já que o Tricolor levou a melhor em três dos cinco jogos disputados de 2011 pra cá, válidos pelas Séries A e B do Campeonato Brasileiro. A última vitória do Leão da Ilha aconteceu em setembro de 2008.

É claro que tudo isso deixa de ter qualquer importância no momento em que a bola rola, mas pelo pelo que os dois times vêm apresentando, acredito que esta escrita se mantenha, e o Bahia volte a triunfar na Ressacada. O Avaí precisará partir pra cima a qualquer custo, e a velocidade de Mendoza nos contra-ataques poderá ser mortal. O Tricolor vence por 1×0, com um gol do colombiano.

 

Jogos da 33ª rodada

Quarta-Feira, 08/11

  • 19:30 –Ponte Preta x Grêmio Palpite: Grêmio
  • 19:30 – Avaí x Bahia Palpite: Bahia
  • 21:00 – Atlético Paranaense x Corinthians  Palpite: Empate
  • 21:00 – Sport x Botafogo  Palpite: Empate
  • 21:45 – Flamengo x Cruzeiro  Palpite: Flamengo
  • 21:45 – Santos x Vasco Palpite: Santos
  • 21:45 – Vitória x Palmeiras  Palpite: Palmeiras

Quinta-Feira, 09/11

  • 20:00 – São Paulo x Chapecoense Palpite: São Paulo
  • 20:00 – Atlético Mineiro x Atlético Goianiense  Palpite: Atlético Mineiro
  • 21:00 – Fluminense x Coritiba Palpite: Empate

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar