Ganhador.com

Brasileirão Série B

Três times estão empatados na liderança da Série B

Foto: Mourão Panda / América

Guarani, Juventude e América-MG estão separados apenas pelos critérios de desempate.

Passadas quinze rodadas da Série B, é hora de fazer uma análise do desenvolvimento da liga, que promove seus quatro melhores clubes à elite de 2018 e rebaixa seus quatro piores à terceirona do ano que vem. O Internacional, figura mais valiosa deste certame, ainda não engrenou, mas está na briga para conseguir a tão sonhada promoção.

 

Bugre tem a melhor campanha

O Guarani lidera a Série B de 2017. Além dos 27 pontos, os campineiros acumulam o maior número de vitórias até aqui: oito. Este é o primeiro critério de desempate. Além dos triunfos, os bugrinos conquistaram três empates e sofreram quatro revezes. O ataque balançou as redes 19 vezes e a defesa concedeu 14 gols. O Guarani sonha em voltar a desafiar as grandes agremiações do país, coisa que não acontece desde 2010.

O elenco do Índio Guerreiro é capaz de dar a volta olímpica. Seus destaques são o atacante Fumagalli, que empatou com Jorge Mendonça como maior artilheiro da história da instituição, Rafael Silva (que deverá ficar seis semanas se recuperando de contusão) e o lateral-direito Lenon. O treinador é o experiente Vadão.

 

Coelho quer se isolar na liderança

Rebaixado no ano passado, o América-MG só quer dar um “alô” a seus colegas de segundona e retornar rapidamente à elite. Pela 16ª rodada, será o único dos líderes a se exibir em casa. Seu oponente é o Figueirense, que anda mal das pernas. Além de vencer, torce para o CRB bater o Guarani e para o Oeste segurar o Juventude.

 

Camilo e Leandro Damião aumentam poderio Colorado

O Internacional concorre pela primeira vez na Série B. No início do ano era apontado como franco favorito ao título e dono certo de uma das vagas de acesso. Mero engano! O Brasileirão se mostrou muito mais complicado na prática do que na teoria. Para piorar, o rendimento dentro do Beira-Rio tem deixado a desejar, causando grande frustração entre os torcedores.

A troca de técnico não resolveu. Os gaúchos partem para uma nova tentativa: o meio-campo Camilo e o atacante Leandro Damião desembarcaram em Porto Alegre dispostos a recuperar suas próprias alegrias em jogar futebol e a de conduzir o Saci-Pererê de volta à Série A.

Neste momento, o Colorado tem o mesmo número de pontos do CRB, quarto colocado, mas está atrás dos alagoanos nos critérios de desempate. Sábado, o desafio será contra o Vila Nova, no Serra Dourada vazio, pois a justiça puniu os goianos após a briga no dérbi contra o Goiás.

   

Até onde o Náutico poderá cavar?

Que campanha ridícula faz o Timbu, dono de tantas tradições principalmente no futebol pernambucano e nordestino! A meta de Beto Campos era conquistar quatro pontos a cada três compromissos, o que segundo seus cálculos, seriam suficientes para mantar os alvirrubros na Série B. Nem isso, os recifenses conseguem! Pior, continuam cometendo inúmeros pênaltis para seus adversários. Foram oito neste campeonato. Com as recuperações de Léo Carioca, Gilmar, Vinícius e Giovanni, espera-se que o quadro melhore.

Os outros atolados na areia movediça são: ABC, Figueirense e Luverdense. Os potiguares demitiram na terça-feira à noite o comandante Geninho, pois ele não conseguiu implementar sua filosofia de trabalho. Márcio Fernandes será seu substituto. Os catarinenses, que quase caíram no Estadual, não conseguem definir uma equipe titular e vivem um clima instável. Já os mato-grossenses, poderiam ter tido sorte melhor contra o Inter mas o gol polêmico os manteve na zona maldita.

Amanhã, o Paraná visita Lucas do Rio Verde para encarar a representação do Centro-Oeste. No sábado, estão marcados Criciúma x ABC e Londrina x Náutico.

 

Destaque de sábado: CRB x Guarani

CRB e Guarani prometem fazer uma bela batalha futebolística às 19h00 de sábado, no Rei Pelé. Os Regatistas não jogam a primeira divisão desde 1984. Aliás, o jejum do futebol alagoano data de 1986, quando o CSA representou o estado pela última vez encarando os melhores clubes do país.

O CRB arrancou muito bem no torneio, depois perdeu vários jogos e chegou ao 19º lugar. Foi preciso contratar o técnico Dado Cavalcanti para tirar o time do atoleiro. Ele conseguiu cinco vitórias em sete duelos. Se considerarmos apenas as últimas cinco rodadas, o Galo da Pajuçara seria o primeiro colocado. Contra o Guarani, espera-se mais de 15 mil pessoas incentivando os atletas nas arquibancadas.

Completando a agenda do fim de semana, teremos Santa Cruz x Boa, Ceará x Goiás e Brasil de Pelotas x Paysandu

 

São Paulo pode ser a grande novidade de 2018

Se em dezembro uns terão partido da segunda divisão, outros desembarcarão por aqui. A principal novidade pode ser a inédita participação do São Paulo que está no Z-4 da Série A. Junto com o São Paulo, podem vir da cobertura Avaí, Vitória e Atlético-GO.

No andar de baixo, ainda falta muita coisa para acontecer, pois a Série C não tem o formato de turno e returno. Os dois melhores do norte e nordeste são CSA e Fortaleza e os dois primeiros do sul sudeste são Botafogo-SP e São Bento.

Independentemente de quem subir ou descer da liga deste ano, teremos novidades na temporada seguinte.

    

Jogos da 15ª Rodada:

Terça-feira, 18 de julho:

  • Figueirense 0x0 Oeste
  • Juventude 1×1 CRB
  • Paraná 4×1 Brasil de Pelotas
  • Paysandu 1×0 Náutico
  • ABC 0x1 América-MG
  • Santa Cruz 1×0 Vila Nova
  • Goiás 0x1 Londrina
  • Guarani 2×2 Ceará
  • Boa 2×0 Criciúma
  • Internacional 1×0 Luverdense

 

Jogos da 16ª Rodada:

Sexta-feira, 21 de julho:

  • 19h15: América-MG x Figueirense
  • 20h30: Santa Cruz x Boa
  • 20h30: Luverdense x Paraná
  • 21h30: Ceará x Goiás

Sábado, 22 de julho:

  • 16h30: Criciúma x ABC
  • 16h30: Vila Nova x Internacional
  • 16h30: Londrina x Náutico
  • 19h00: Oeste x Juventude
  • 19h00: Brasil de Pelotas x Paysandu
  • 19h00: CRB x Guarani

    

Classificação:

  1. Guarani – 27 – Série A.
  2. Juventude – 27 – Série A.
  3. América-MG – 27 – Série A.
  4. CRB – 24 – Série A.
  5. Internacional – 24
  6. Londrina – 23
  7. Vila Nova – 23
  8. Ceará – 22
  9. Santa Cruz – 22
  10. Paraná – 20
  11. Paysandu – 20
  12. Boa – 20
  13. Criciúma – 20
  14. Oeste – 20
  15. Goiás – 17
  16. Brasil de Pelotas – 17
  17. Figueirense – 16 – Série C.
  18. Luverdense – 16 – Série C.
  19. ABC – 12 – Série C.
  20. Náutico – 7 – Série C.

    

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar