Ganhador.com

Brasileirão Série A

Ser vice do Corinthians ou não ser? Os dilemas do Palmeiras, que visita o Avaí nesta segunda

Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

Ser o segundo é ser “o primeiro entre os perdedores”? O Verdão precisa analisar se vale a pena priorizar o momento ou pensar no futuro

Jogando na sempre linda Florianópolis, o Palmeiras visita o Avaí nesta segunda-feira (20) às 20h (de Brasília) para fechar a 36ª rodada do Brasileirão da Série A. O jogo é mais importante para a equipe catarinense do que para o Verdão. O Avaí luta para não cair para a Série B. O Palmeiras luta por outra meta também bastante complicada: aliviar a barra com o seu torcedor.

 

Um 2017 alviverde para esquecer

No Paulista, a Ponte Preta. Na Copa do Brasil, o Cruzeiro. Na Libertadores, o Barcelona de Guayaquil. No Brasileiro, o Corinthians. Mudaram os adversários e as competições, mas a temporada palmeirense em 2017 registrou sempre eliminações e derrotas e zero títulos. Foi um imenso temporal de água gelada em um time que começou o ano batendo no peito e se olhando no espelho como “o Real Madrid das Américas”. Talvez realmente tenha sido – no momento em que o clube merengue sofria como nunca nos pés de Lionel Messi e companhia no Barcelona.

Em terceiro lugar no Brasileirão, o Palmeiras precisa se cuidar em não cair demais na tabela de classificação. A equipe soma 60 pontos, e seria desejável conservar este posto para não ser relegado às posições que dão vaga à Libertadores, mas não diretamente à fase de grupos. A distância do Palmeiras hoje para o sétimo e último classificado para a competição continental é de oito pontos, mas os times que vêm atrás têm chances concretas de fazer o Verdão deslizar pela tabela.

Embora uma das possibilidades do Palmeiras nessas duas últimas rodadas passasse pelos testes que seriam feitos com os jogadores olhando para o elenco de 2018, a enorme possibilidade é que daqui até o fim o clube atue sempre com o time principal. Duas peças de peso, o zagueiro Mina e o atacante Borja, treinaram com a equipe e devem ser escalados para o confronto desta segunda-feira (20) na Ressacada.

A torcida vai ficar com vergonha de olhar para a tabela e ver o Palmeiras como vice do Corinthians no Brasileirão? Com certeza. Mas o time não vai levar isso em consideração nas três partidas que restam. Tirar o pé e fugir da condição de derrotado direto não passa pela cabeça de ninguém do time até o momento.

 

Avaí faz o “jogo do ano”

Em certos casos, é bem difícil falar de futebol e não recair em chavões. Mas não dá para esconder que a partida desta segunda (20) é a importante da temporada para livrar o Avaí da segunda…divisão em 2018.

A situação do time azul e branco é dramática.

O time está com 36 pontos e ocupa a 19ª colocação – também conhecida como vice-lanterna. Os dois times que estão imediatamente acima somam 39: são eles o Sport, que venceu o Bahia por 1×0 em casa neste domingo, e a Ponte Preta, que encara o Fluminense também nesta segunda, às 17h (de Brasília).

O grande problema para o Avaí não está só na equipe, mas também nas arquibancadas.

O clube tem até aqui uma campanha realmente de rebaixado jogando em casa: o desempenho do Avaí mandante seria suficiente para deixar a equipe somente em 18º. Para complicar, o Palmeiras é um visitante bem indigesto, conseguindo até aqui a quinta colocação entre todas as equipes considerando apenas as partidas jogando fora de seus domínios.

“Aqui é a nossa casa e os jogadores e torcedores precisam colocar em prática que aqui quem manda é o Avaí”, comentou o capitão da equipe azul, o experiente Marquinhos, ex-Bayer Leverkusen, Flamengo, Santos e São Paulo.

Ele pede cabeça fria ao torcedor: “O time do Palmeiras é muito bom. Se precisarmos encarar uma equipe qualificada como esta, e sem a torcida do nosso lado, vai ser muito difícil. Esperamos que a arquibancada nos ofereça um apoio. É mesmo o nosso jogo mais importante até aqui”, finalizou.

 

Palpite

Um time com muito a ganhar e outro com pouco a perder. É fácil de imaginar que o duelo da Ressacada vai ter uma equivalência de forças exatamente pela abissal diferença de motivação entre Palmeiras e Avaí.

Como está mais necessitado pelo resultado, convém olhar para a sequência recente do Avaí no Brasileirão, e ela é preocupante.

O Avaí não vence há seis rodadas. Nas últimas cinco, o time sofreu três derrotas e empatou duas partidas – incluindo a última, um esforçado 2×2 contra o Cruzeiro, mesmo fora de casa.

Apesar de todo o empenho azul, é de se imaginar que o desfecho desta segunda (20) também se encaminhe para uma igualdade. A diferença de categoria entre as equipes é mesmo muito grande. Nós vamos de 1×1 neste desfecho de rodada no Brasileirão.

E para você? Como será a noite de segunda (20) em Florianópolis?

 

Jogos da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2017

Segunda-feira, 20 de novembro

  • 17:00 – Fluminense x Ponte Preta – Palpite: Fluminense
  • 20:00 – Avaí x Palmeiras – Palpite: Empate

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar