Ganhador.com

Futebol Europeu

Sem Cristiano Ronaldo, mas com a mão na taça, Real Madrid recebe o Barcelona na Supercopa da Espanha

Foto: Manuel Queimadelos Alonso/Getty Images

Equipe catalã precisa devolver a derrota por dois gols de diferença no jogo de ida

Depois do passeio do Real Madrid para cima do Barcelona neste domingo, as equipes voltam a se enfrentar pela Supercopa da Espanha, nesta quarta-feira, às 18h. Como ganharam por 3 a 1, os merengues podem até perder que mesmo assim levantam a taça – que não conquistam desde 2012.

 

Real Madrid na frente

A vantagem no placar do jogo de ida é exatamente a diferença entre Real Madrid e Barcelona no momento. Enquanto os atuais campeões da Liga dos Campeões mantiveram o técnico, o estilo de jogo e suas principais estrelas, o rival tenta se acertar com todas estas mudanças.

Com isso, os comandados de Zinedine Zidane dominaram na primeira partida e não seria surpresa se conseguirem repetir o feito nos demais encontros nesta temporada. O único problema é que terão que fazer isso sem Cristiano Ronaldo, que está suspenso.

Acontece que, apesar de ser uma ausência significativa, o Real tem um time base forte, com condições de vencer. Isso ficou claro na final da Supercopa Europeia, quando CR7 entrou apenas nos minutos finais, quando os merengues venciam por 2 a 1 e tinham o jogo controlado.

O grande motivo para isso é que além de peças importantes no ataque, a equipe conta com uma defesa sólida, liderada por Sergio Ramos e muito bem protegida com Casemiro. Este fator, somado à tranquilidade de não precisar ir ao ataque, faz com que o time tenha o título nas mãos.

 

Barcelona em reconstrução

A saída de Neymar certamente deixou um buraco no Barcelona. O clube ainda é forte, tendo Messi e Suárez para decidir, porém falta uma peça para fortalecer o ataque e principalmente manter o esquema das últimas temporadas. Por enquanto, Deulofeu está exercendo esta função, mas ainda não conseguiu corresponder no mesmo nível.

A necessidade por um novo ponta faz com que a diretoria corra atrás de um jogador mais experiente e por isso negocia com Philippe Coutinho, Dybala e Dembelé. De todos, o brasileiro é o que chegaria como opção mais certa de dar frutos.

Porém, para o duelo com o Real Madrid, terá que lidar com o que tem. Sendo assim, deve encontrar bastante dificuldade para enfrentar o rival. Se o Barça quiser ganhar, terá que contar com mais um dia mágico de Messi e o faro goleador de Suárez.

Vale destacar que a caminhada na pré-temporada foi bem positiva, com quatro vitórias e um empate, mas em três desses triunfos Neymar ainda estava em campo.

 

Histórico da taça

Atual campeão, o Barcelona é o maior recordista de títulos da Supercopa da Espanha, com 12 conquistas. O Real Madrid aparece logo atrás, com 9 taças.

Um detalhe importante para esta partida é que em apenas uma vez nas últimas dez edições, o clube derrotado no jogo de ida conseguiu virar e levantar o troféu na volta. O feito ocorreu em 2009, quando o Barcelona foi superado por 2 a 1 pelo Athletic Bilbao e depois ganhou por 3 a 0.

Neste período, os finalistas deste ano só se encontraram em 2011 e 2012, com cada um levando a melhor em uma edição. Na primeira, a equipe da Catalunha venceu por 5 a 4 no placar agregado, enquanto no segundo o Real Madrid ganhou por 5 a 3.

 

Retrospecto de Real Madrid x Barcelona

Os times se enfrentaram 235 vezes e o histórico aponta imenso equilíbrio. No geral, o Real Madrid aparece na frente, com 94 vitórias contra 92 do Barcelona e 49 empates.

Se considerarmos apenas os duelos no Santiago Bernabéu, os merengues abrem boa vantagem, com 66 triunfos, 25 empates e apenas 26 reveses.

 

Prováveis escalações

Com a punição de cinco jogos de suspensão, Cristiano Ronaldo está de fora da próxima partida. Sendo assim, Zidane deve escalar exatamente a equipe que começou o primeiro jogo.

Real Madrid: Navas; Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Marcelo; Casemiro, Kroos, Kovacic e Isco; Bale e Benzema.

Barcelona: Ter Stegen; Vidal, Pique, Umtiti e Alba; Busquets, Rakitic e Iniesta; Messi, Deulofeu e Suarez.

 

Palpite

Se o Barcelona começa a temporada bem atrás do rival com a perda de Neymar, a ausência de Cristiano Ronaldo deve equilibrar mais as coisas. O time do Real Madrid ainda aparece mais forte, porém como pode até perder por um gol para levantar a taça, os merengues devem segurar um empate.

 

Jogo Supercopa Espanhola 2017

Quarta-feira, 16 de agosto

  • 18:00 – Real Madrid x Barcelona. Palpite: empate por 1×1

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar