Ganhador.com

Copa Libertadores

Santos não deve tomar conhecimento do Barcelona de Guayaquil esta noite pelas quartas de final da Libertadores

O alvinegro deve pegar hoje o visto para as semifinais da Libertadores sem maiores sustos

Foto: Ivan Stori/Santos FC

Depois de uma semana à base de Locro de Papa, meu camarada Miguel Gonzalez desgrudou-se de nossa realidade e passou a acreditar – de verdade – que o Barcelona genérico do Equador é mesmo capaz de fazer frente ao Santos na Vila Belmiro e disputar as semifinais da Libertadores com o Grêmio (sim, amigo botafoguense, eu explico aqui porque o Grêmio será semifinalista da Libertas e o Fogão, não). Como parte da desintoxicação de Miguel, o texto de hoje (assim como o da semana passada) vai te explicar porque o Barcelona das cores certas e elenco errado se despede do torneio sul-americano hoje a noite.

 

Tudo estratégia!

Concentrando todas as suas energias na Libertadores, o Santos mandou seus reservas disputarem a 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, contra o mistão do Botafogo. Com os principais nomes do time recuperando suas forças, a gurizada da Vila cansou o alvinegro carioca e ainda fez um treino de luxo para o goleiro Vanderlei, paredão santista que pode garantir a classificação do Peixe hoje a noite. O que foi visto por alguns (nada pessoal, Miguel), como fraqueza santista era, na verdade, pura estratégia: dar ao Barcelona sem Messi a falsa impressão de que o time está – na gíria do momento – “despencando”. O equatorianos estão pensando que “eles não ganham nem do Botafogo, que vencemos por 2 a 0, vão querer ganhar de nós?”. Tudo estratégia de Levir Culpi, o gênio da prancheta da Vila Belmiro, para dar um “sapeca iá-iá” nos hermanos logo mais.

 

Foi um raio

No jogo de ida, inteligentemente, o Santos se poupou. Jogou o suficiente para voltar para casa com, pelo menos, a vantagem do gol marcado fora. Poderia ter vencido? Sim, poderia. Mas teria que brigar mais, se expôr mais e correr riscos desnecessários diante do Barcelona que não conseguiu contratar o Mascherano. Pra quê? O 0 a 0 é do Peixe. A vitória por qualquer placar, também. O “falso domínio” que o Santos deu ao adversário lhe é favorável. A ideia é deixar o Barça vir pra cima, se abrir na defesa – que não é lá grandes coisas – e definir no contra-ataque. Mesmo sem poder contar com Lucas Lima, contundido, o Peixe tem time mais do que suficiente para garantir a vaga nas semifinais.

Miguel vai querer lhe fazer acreditar que o gol do Santos na quarta-feira passada foi “sorte” e que o raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Mas, tudo bem. Mesmo que não caia, o jogo hoje é na Vila e não no Equador, portanto, outro lugar.

 

Barcelona não é bobo

Claro que um time não chega às quartas de final da Libertadores sem qualidades. O Barcelona de Guayaquil, embora faça um Campeonato Equatoriano ruim (é o 9º colocado entre os 12 times que disputam o torneio), se mostrou valoroso na Libertadores e foi capaz de engrossar pra cima do Botafogo no Engenhão (2 a 0), e deu uma traulitada na orelha de Cuca e seu Palmeiras nas oitavas de final. Mas isto não quer dizer que o time tem o suficiente para passar pelo Santos – mesmo porque, os times já se enfrentaram em 3 ocasiões pelo torneio continental e foram 2 vitórias do Peixe e um empate, o da semana passada. Em linguagem de boleiro: o Santos sobra no confronto direto.

E puxar como “dados favoráveis” uma vitória do Barcelona por 2 a 1 contra o Bangu no Maracanã e um empate com o São Paulo em 1 a 1 no Morumbi, no tempo em que se amarrava cachorro com linguiça, é puro desespero do meu oponente.

 

As possíveis escalações

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison, Renato e Jean Mota; Thiago Ribeiro, Ricardo Oliveira e Bruno Henrique. Técnico: Levir Culpi.

Barcelona: Banguera; Pedro Velasco, Aimar, Arreaga e Beder Caicedo; Gabriel Marques, Matías Oyola e Damián Díaz; Esterilla, Jonatan Álvez e Marcos Caicedo. Técnico: Guillermo Almada.

 

Palpite

Está mais do que evidente que o pauteiro – num momento de puro rancor – vingou-se de Miguel e mandou para ele a escalação do Barcelona certo (aquele que tem o Suaréz, sabe?). É a única explicação razoável para meu camarada acreditar mesmo que os equatorianos têm alguma chance hoje a noite na Vila Belmiro. De jeito nenhum. Vanderlei fecha o gol e o Peixe se classifica com um 2 a 0 tranquilo, faz a semifinal com o Grêmio e a alegria deste redator no restante da semana.

 

Quartas de final da Copa Libertadores, jogos de volta

Quarta-feira, 20 de setembro:

  • 21h45: Grêmio x Botafogo – palpite: Grêmio.

  • 21h45: Santos x Barcelona – palpite: Santos.

Quinta-feira, 21 de setembro:

  • 19h15: River Plate x Jorge Wilstermann – palpite: River Plate.
  • 21h45: Lanús x San Lorenzo – palpite: San Lorenzo.

Comentários

3 Comentários

3 Comentários

  1. Pingback: Barcelona não veio a Santos fazer turismo, e sim se classificar na Libertadores! | Ganhador.com

  2. Pingback: Pelo bem do futebol, não quero imaginar uma Copa do Mundo sem Messi | Ganhador.com

  3. Pingback: Porradabol é coisa séria, meu filho! | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar