Ganhador.com

Ciclismo

Quem para Chris Froome? Britânico tetracampeão do Tour de France é o principal favorito na 105ª edição da corrida!

Foto: AP Photo/Christophe Ena

Atual vencedor do Giro d’Italia, holandês Tom Domoulin é tido como grande ameaça ao atual campeão; um dos possíveis postulantes à camisa amarela, italiano Vincenzo Nibali tem sua participação indefinida

É final de ano, época de festas, mas os esportistas de alto desempenho não param. Se o objetivo é alcançar uma marca, quebrar um recorde ou vencer uma competição considerada impossível, o treino não deve parar nunca. Não é? É assim a preparação dos principais ciclistas da atualidade, que já almejam as disputas da próxima temporada, como o Giro d’Italia, Volta da Espanha e, é claro, o Tour de France. Por falar na prova francesa, ela será realizada entre os dias 7 a 29 de julho, em meio a um possível recorde do britânico Chris Froome, atual tricampeão consecutivo e tetra da competição, que pode colocar o seu nome entre os melhores de todos os tempos. Mas é bom avisar que ele não estará sozinho nesta corrida contra o relógio. Confira o resumo dos candidatos à camisa amarela na Volta da França!

 

Hegemonia britânica

Vencer o Tour de France é o objetivo de qualquer ciclista. Mas e se isso acontecer quatro vezes? Bom, é mais ou menos assim o sentimento de Chris Froome, da equipe Sky, que venceu as últimas três edições consecutivas da prova, além de 2013.

O britânico é mais uma vez o principal postulante ao título da competição, que chega em sua 105ª edição em 2018. Porém, desta vez, Froome conviverá com uma forte pressão ao longo das três semanas. Se conquistar o título, o britânico colocará o seu nome entre os maiores da competição, igualando-se em número de conquistas aos franceses Jacques Anquetil e Bernard Hinault, ao belga Eddy Merckx e ao espanhol Miguel Indurain. Será capaz de tamanho feito?

 

Chegou a hora?

Quem surge como importante adversário ao tetracampeão é o holandês Tom Dumoulin. Atual campeão do Giro d’Italia, o competidor da Sunweb quer finalmente brilhar no Tour de France. Ele até já venceu etapas na prova realizada há dois anos, mas sabe que aos 27 anos e com experiência das temporadas passadas, está mais do que na hora de dar o grande salto na carreira. Até por isso, a prova francesa é o principal foco do holandês para 2018.

 

Vai ou não vai

Campeão da tradicional prova francesa em 2014, Vincenzo Nibali é a principal incógnita da 105ª edição. Depois de não participar em 2017 da competição, focando no Giro d’Italia, no qual foi vice-campeão, e na Volta da Espanha, garantindo o terceiro lugar, o italiano ainda não decidiu o seu calendário após abril.

A grande dúvida dá-se em razão de a volta italiana pode ocorrer na região onde foi criado, na Sicília. Com o apelo de sua nação, Nibali pode desistir do Tour de France, onde ainda quer provar que não ganhou à toa a edição de três anos atrás, quando seu rival Froome, então líder, abandonou a disputa ainda na primeira semana.

 

Nairo Quintana

Constantemente batendo na trave no Tour de France, Nairo Quintana sabe que seu momento de vencer uma das mais importantes provas do ciclismo mundial está próximo de acontecer. Mas isso requer tranquilidade. O ano de 2017 era claro: abocanhar uma das duas mais concorridas corridas do circuito. Apesar da frustração pelo segundo lugar no Giro d’Italia, deixando escapar o bicampeonato após ter liderado grande parte, o competidor da Movistar tinha tudo para ter uma boa performance na França. Mas esta expectativa virou pesadelo e ele ficou fora do Top 10, em 12º. Agora, o colombiano terá uma nova chance. Aos 27 anos e no auge de seu físico, o sul-americano surge como importante candidato à camisa amarela.

 

A prova

Apesar de ainda faltar chão para a próxima edição, o Tour de France 2018 já foi revelado e será uma das provas mais curtas dos últimos anos, com uma distância total de 3.329 quilômetros. Mas isso não significa vida fácil aos ciclistas, que deverão encarar umas edições mais montanhosas dos últimos anos.

Os 21 dias de corrida incluem um contrarrelógio de 35 km na terceira etapa; 15 setores e 21,7 km de paralelepípedos na nona etapa, em Paris-Roubaix; a clássica parte no L’Alpe d’Huez após três dias nos Alpes e; depois, uma decisão com duras etapas montanhosas nos Pirenéus. Por fim, mais 31km de trial até conheceremos o vencedor da camisa amarela.

 

Favoritos ao Tour de France 2018:

  1. Chris Froome (GBR)
  2. Tom Dumoulin (HOL)
  3. Richie Porte (AUS)
  4. Nairo Quintana (COL)
  5. Mikel Landa (ESP)
  6. Vincenzo Nibali (ITA)
  7. Rigoberto Uran (COL)
  8. Romain Bardet (FRA)
  9. Miguel Angel Lopez (COL)
  10. Fabio Aru (ITA)

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar