Ganhador.com

Fórmula 1

Prognóstico para GP da Áustria de Fórmula 1 aponta Hamilton favorito, mas Vettel vem na cola

Foto: AP Photo/Claude Paris

Alemão da Ferrari vem de dois péssimos resultados, mas é principal ameaça ao britânico

A Fórmula 1 retorna neste final de semana para a etapa da Áustria, a 9ª corrida desta temporada de 2017. Líderes no campeonato e com a rivalidade ainda maior após o choque no Azerbaijão, Lewis Hamilton e Sebastian Vettel são os principais favoritos para a prova, mas veem Valtteri Bottas e Daniel Ricciardo ganharem forças.

   

Líderes tiveram péssimo desempenho

Os resultados de Vettel e Hamilton na última corrida foram os piores dos dois juntos em uma mesma etapa. Foi a primeira vez em que ambos ficaram de fora do pódio. Ainda assim, possuem boa vantagem sobre os concorrentes no campeonato, mas certamente vão querer deixar para trás o desfecho negativo anterior com uma boa apresentação.

Com um carro levemente superior e três vitórias, o britânico é o grande favorito e a tendência é que leve a melhor desta vez. Na pior das hipóteses, ao menos um segundo lugar certamente o representante da Mercedes deve alcançar. A situação de Vettel é parecida, mas os dois 4º lugares seguidos somado ao nervosismo demostrado no Azerbaijão fazem com que o alemão perca um pouco o favoritismo para a disputa. Porém, também com três triunfos, o piloto da Ferrari é bem cotado para ficar entre os três melhores.

   

Ricciardo e Bottas chegam de boas corridas

Apesar de estarem atrás na briga, Daniel Ricciardo e Valtteri Bottas chegam de desempenhos até melhores que os líderes do campeonato. Ambos já venceram uma etapa no ano, mas o piloto da Red Bull é o que está em melhor momento, tendo ficando entre os três primeiros em todas as últimas quatro corridas. Bottas teve o mesmo número de pódios – mas considerando toda a temporada. Nas duas etapas recentes acabou na segunda colocação.

   

Verstappen e Raikkonen correm por fora

Das três principais equipes deste ano, apenas Max Verstappen e Kimi Raikkonen ainda não venceram. Os dois pilotos até têm talento, mas não fazem uma boa temporada e, portanto, chegam como zebras. Até mesmo um deles ser capaz de lutar entre os três primeiros parece pouco provável. Isso porque enquanto o finlandês só conseguiu o feito duas vezes no ano, o holandês o fez apenas em uma ocasião. Sendo assim, são nomes certos apenas para marcarem pontos.

   

Briga por pontuação

Com exceção dos carros de Ferrari, Mercedes e Red Bull, ninguém tem condições de chegar ao pódio. O feito realizado pelo novato Lance Stroll, com a Williams no GP do Azerbaijão foi uma grande zebra e só ocorreu devido ao incidente entre Vettel e Hamilton.

A prova de que isso é algo completamente isolado é que somente Sergio Perez e Esteban Ocon conseguiram um lugar entre os cinco primeiros e só fizeram isso uma vez – e mesmo assim passando longe dos três da frente. Portanto, o esperado é que o trio, assim como Carlos Saint Jr, apareça no Top 10 da prova.

   

Felipe Massa em baixa

Depois de pontuar em três das primeiras quatro corridas, chegando inclusive na 6ª posição em duas ocasiões, o brasileiro Felipe Massa voltou a ter dificuldades. Nas quatro etapas seguintes só conseguiu alcançar os 10 primeiros lugares uma única vez e vem agora de dois abandonos. Com isso, é difícil contar que alcance a pontuação neste fim de semana.

   

História

Realizado desde 1963, o GP da Áustria teve três interrupções, entre 1965 a 1969, 1988 a 1996 e 2004 a 2013. No entanto, até a metade da década de 90, a disputa ocorria em Österreinchring, mudando depois para A1-Ring, onde permanece até hoje, mas renomeado de Red Bull Ring.

Ainda assim, é uma das mais tradicionais provas, com 30 edições no total. Um fato marcante é a grande rotação de vencedores no país: foram 22 ganhadores diferentes. O recordista é Alain Prost, que levou a melhor em três ocasiões.

Dos participantes deste ano, o único que alcançou o lugar mais alto do pódio foi Lewis Hamilton, conquistando no ano passado.

   

Classificação

Com 153 pontos, Sebastian Vettel é o líder disparado do campeonato e a menos que abandone, vai permanecer na ponta por mais uma etapa. Isso porque o 2º colocado, Lewis Hamilton, vem com 139. Bem mais distante aparecem Valtteri Bottas, com 111 e Daniel Ricciardo, com 92. Único brasileiro na temporada, Felipe Massa é apenas o 10º, com 20.

   

Programação

  • Sexta-feira (07/07) – 05:00 – Treino Livre 1
  • Sexta-feira (07/07) – 09:00 – Treino Livre 2
  • Sábado (08/07) – 06:00 – Treino Livre 3
  • Sábado (08/07) – 09:00 – Treino de Classificação
  • Domingo (09/07) – 09:00 – Corrida

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar