Tênis

Primeiro Grand Slam do ano, Australian Open já teve a despedida de Bellucci; confira resultados e prognósticos

Foto: Quinn Rooney/Getty Images

Torneios masculino e feminino tiveram a largada no domingo, quando favoritos, como Murray e Wawrinka, já avançaram; Federer também vence

Foi dada a largada, no domingo (15), em mais uma edição do Australian Open, primeiro torneio de Grand Slam de 2017. Nos dois primeiros dias de disputa, pouco mais de 60 partidas foram realizadas. Até o momento, nenhuma zebra, quando os favoritos que entraram em quadra bateram seus adversários.

Para os fãs do tênis brasileiro, ficou a decepção com a precoce eliminação do paulistano Thomaz Bellucci, número 62 do mundo pelo ranking da ATP, que perdeu para o competidor local Bernard Tomic, 27º cabeça de chave do torneio, por três sets a zero – parciais de 6-2, 6-1 e 6-4, nesta segunda-feira (16). A amarga derrota de Bellucci, que não deu trabalho para Tomic, gerou o pagamento de R$ 1,39 sobre R$ 1.

O outro brazuca que já arrumou as malas de volta para casa foi o cearense Thiago Monteiro, número 83 do mundo, que caiu, também ontem, diante do francês Jo-Wilfried Tsonga por 3 a 1, parciais de 6/1, 6/3, 6/7 (5-7) e 6/2. A participação de Monteiro, pelo menos, foi melhor que a de Thomaz Bellucci, já que “roubou” um set de Tsonga (nº 12 da ATP), que é tido como um dos favoritos ao título na Austrália. A vitória do francês gerou a margem de resgate de 0,03%.

 

MURRAY, FEDERER E WAWRINKA AVANÇAM

Número 1 do mundo, Andy Murray, que persegue seu primeiro título de Australian Open, depois de chegar muito perto por cinco vezes (vice-campeão), começou a edição de 2017 com o pé direito. Ontem, Murray estreou no torneio, pela primeira vez, como líder do ranking e principal favorito. A primeira vítima do britânico foi Illya Marchenko, 95º colocado da ATP. Em de duas horas e 47 minutos, ele venceu o ucraniano por três sets a zero, com parciais de 7/5 7/6 e 6/2. Na sequência da competição, Andy Murray pega o russo Andrey Rublev, na quarta-feira (18). O triunfo de Murray foi responsável pelo prêmio de R$ 1,01/R$ 1.

Atual detentor do título do US Open e número 4 do mundo, Stanislas Wawrinka correu sério risco de se notabilizar como a maior zebra em Melbourne, já que foram necessários cinco sets para despachar o bom tenista da Eslováquia Martin Klizan (35º do ranking). O triunfo de Stan, por 3 sets a 2, foi definido com as parciais de 4/6, 6/4, 7/5, 4/6 e 6/4, em longas 3 horas e 24 minutos. O suado triunfo de Wawrinka rendeu a cota de R$ 1,06/R$ 1. O próximo adversário do suíço, quarto melhor do mundo, vai ser o norte-americano Steve Johnson, número 30 da ATP, que derrotou o argentino Federico del Bonis por 3 a 0 (R$ 1,28/R$ 1).

Outra estrela que começou bem no Aberto da Austrália foi Roger Federer, de 35 anos, e que figura no 17º posto do ranking da ATP. Quatro vezes campeão em Melbourne (2004, 2006, 2007 e 2010), Federer, também representando a Suíça, passou pelo austríaco Jurgen Melzer, número 300 do mundo, por 3 sets a 1, com parciais de 7/5, 3/6, 6/2 e 6/2, em 2 horas e 5 minutos. O resultado valeu a recompensa de R$ 1,04 sobre cada real.

 

ENTRE AS MULHERES, DESTAQUE PARA A CLASSIFICAÇÃO DE KERBER E VENUS

No torneio feminino do Australian Open, também não tivemos surpresas. A alemã Angelique Kerber, número 1 entre as mulheres, fez sua estreia com um resultado abaixo da expectativa. Kerber triunfou sobre a ucraniana Lesia Tsurenko por 2 sets a 1, parciais de 6/2, 5/7 e 6/2. O feito da tenista germânica garantiu a remuneração de R$ 1,21/R$ 1. Outra fera do esporte, a americana Venus Williams venceu Kateryna Kozlova (Ucrânia) por 2 sets a 0, com parciais de 7-6 (5) e 7-5, em menos de 2 horas de disputa. A classificação de Venus para a próxima fase do Aberto da Austrália gerou a margem de resgate de 41%.

Confira os confrontos de maior destaque na sequência do Australian Open nesta terça-feira:

FEMININO:

  • (R$ 1,07) Wozniacki x Rodionova (R$ 9,90)
  • (R$ 9,58) Pironkova x Radwanska (R$ 1,07)
  • (R$ 1,08) Cornet x Georges (R$ 9,06)

MASCULINO:

  • (R$ 10,41) Mayer x Nadal (R$ 1,05)
  • (R$ 16,58) Mott x Gasquet (R$ 1,02)
  • (R$ 4,36) Haas x Paire (R$ 1,22)
  • (R$ 9,44) Verdasco x Djokovic (R$ 1,07)
  • (R$ 1,04) Dimitrov x O’Connell (R$ 13,26)
  • (R$ 5,57) Jasika x Ferrer (R$ 1,15)
  • (R$ 5,22) Tursunov x Stepanek (R$ 1,17)

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.