Ganhador.com

Copa Sul-Americana

Ponte Preta é favorita contra o Sol de América no jogo válido pela Sul-Americana. Confira os prognósticos

Foto: Ricardo Nogueira/Getty Images

Partida de ida será realizada às 19h15 em Campinas, onde a Macaca costuma ser forte em mata-matas

Ocupando a 11ª colocação no Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta sabe que a sua única chance de título nesta temporada está na Copa Sul-Americana, competição que quase faturou em 2013, quando caiu apenas na final diante do Lanús, da Argentina.

Mas será um rival de muito menos peso que estará diante da “Macaca” nesta quinta-feira (29) em Campinas, quando a equipe recebe o modesto Sol de América, do Paraguai, pelo jogo de ida da segunda fase da competição.

A campanha da Ponte até aqui nesta Sul-Americana é positiva o suficiente para o time sonhar sim com a taça. A primeira fase foi superada com dois empates contra o Gimnasia y Esgrima de La Plata, equipe duríssima de ser batida. Como a igualdade no país vizinho foi obtida com um 1×1 – somado a um 0x0 em casa -, a Ponte eliminou a equipe argentina e tem agora a chance de superar também esta segunda fase da competição que se inicia agora em Campinas.

O adversário das 19h15 desta quinta-feira teve uma vida muito mais tranquila na Sul-Americana até aqui. O Sol de América atropelou o Estudiantes, de Caracas, com um 3×2 na Venezuela e um impressionante 7×1 no Paraguai. Mas vamos falar a verdade: o Estudiantes era fraco demais.

   

PONTE TERÁ DESFALQUE IMPORTANTE

Todo time que joga a partida de ida de um mata-mata em sua casa precisa de gols. E a Ponte vai precisar encontrá-los sem o seu artilheiro, Lucca, emprestado pelo Corinthians. Ele foi expulso contra o Gimnasia e cumpre agora seu segundo jogo de suspensão, ficando disponível a Gilson Kleina somente na partida de volta.

Sem ele, a escolha pela substituição vai recair sobre os experientes Lins e Emerson Sheik. O ex-corintiano tem chacoalhado a equipe, mas ainda não fez gols com a camisa 9 da Macaca.

   

UM ADVERSÁRIO DE RESPEITO

O torcedor que acompanhar a partida desta quinta não deve esperar uma moleza para a Ponte. Tudo bem, o Sol de América não integra nenhuma lista de potências do continente, mas vive grande fase. No atual Campeonato Paraguaio, o clube ocupa a quinta colocação, mas apresenta somente uma derrota nas últimas 14 partidas.

O ponto forte do Sol é a defesa, vazada somente 17 vezes em 22 jogos na temporada. É de se imaginar a clássica situação da equipe visitante tentar segurar o 0x0 na casa do adversário e só atacar com toda a cautela.

 

Prováveis escalações

As escalações nesta quinta-feira em Campinas devem ser:

Ponte Preta – Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo e Fernandinho; Fernando Bob, Elton e Renato Cajá; Claudinho, Lins e Emerson Sheik. Técnico: Gilson Kleina

Sol de América – Agustín Silva; Aldo Olmedo, Víctor Velázquez, Víctor Hugo Mareco, Gustavo Velázquez; Tomás Rojas (Adrián Vargas), Richard Franco, Claudio Vargas, David Mendieta (Walter Araújo); Rodrigo Ruíz Díaz (Isaac Díaz), Martín Giménez. Técnico: Fernando Ortiz

   

PROGNÓSTICO

Uma Ponte corajosa e um Sol tentando segurar as pontas na defesa. Esta deve ser a tônica de uma partida que surge com cara de vitória magra da equipe de Campinas. Esta é uma excelente noite para Emerson Sheik se redimir e marcar o seu primeiro pela Ponte. Nossa previsão é o 2×1. E a sua, qual é?

   

MAIS BRASIL

A Ponte Preta atua com a vantagem de ter uma real noção do nível que as equipes do país está encarando nesta segunda fase da competição. Nesta quarta-feira, a Chapecoense foi vencida pelo ajeitado time do Defensa y Justicia por 1×0 na Argentina. E o Corinthians arrancou o empate no finalzinho contra o Patriotas, da Colômbia: 1×1.

A lição que fica para a Ponte é a concentração máxima nos 90 minutos e também nos acréscimos dos seus jogos. Tanto o gol do Corinthians como o do Defensa saíram depois do estouro do tempo regulamentar. Exigente em termos físicos, a Copa Sul-Americana tem sido uma verdadeira prova de força mental para as equipes nesta edição. Tanto pela maior qualidade das equipes adversárias como pela possibilidade de sempre ficar pendente de um único lance – e o no futebol, como em qualquer esporte, tudo pode mudar numa mera fração de segundos, num mero movimento.

 

Jogos desta semana pela Copa Sul-Americana:

QUARTA-FEIRA, 28 DE JUNHO

  • Defensa y Justicia-ARG 1×0 Chapecoense
  • Patriotas-COL 1×1 Corinthians
  • Fuerza Amarilla-EQU 1×1 Santa Fe-COL

QUINTA-FEIRA, 29 DE JUNHO

  • 19h15 – Ponte Preta x Sol de América-PAR — Palpite: Ponte 2×1
  • 21h45 – Fluminense x Universidad Católica-EQU — Palpite: Flu 1×0
  • 21h45 – Racing x Independiente de Medellín-COL — Palpite: Racing 2×0

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar