Ganhador.com

Paulista A2 e A3

Paulistão A3: Olímpia a um empate do acesso; na outra semifinal, indefinição entre Internacional e Monte Azul

Foto: Roberto Lucato/A.A. Internacional de Limeira

Super-Galo está com um pé na A2 depois de vencer o Nacional fora de casa; Inter tem a vantagem de jogar a segunda partida em Limeira para alcançar a decisão.

Depois da definição da Série A1, com o título do Corinthians, e da A2, quando o São Caetano foi o campeão e voltou à elite do Paulistão ao lado do vice, Bragantino, chega a vez de conhecermos os finalistas da A3, quando as duas equipes que se classificarem para a decisão já estarão automaticamente qualificadas para a disputa da Segundona do Campeonato Paulista em 2018.

 

OLÍMPIA X NACIONAL

Eis a semifinal que está praticamente resolvida, salvo uma grande surpresa no segundo duelo, marcado para este domingo (14), no estádio Maria Tereza Breda, onde o Olímpia irá receber o Nacional, às 10h (horário de Brasília). O Super-Galo, que terminou a fase de classificação na primeira colocação, com 39 pontos, venceu a primeira partida contra o Ferrinho por 2 a 1, no último sábado (06), no estádio Comendador Souza.

Agora, a equipe de melhor campanha na competição pode até se dar ao luxo de empatar em seus domínios, que estará classificada para a final e, subsequentemente, para a Série A2. Como não há o critério do gol fora de casa, o Nacional, caso ganhe o confronto de volta com qualquer placar por um gol de diferença, levará a decisão da vaga para os pênaltis. Somente os marcadores acima de dois tentos de diferença fariam com que os visitantes eliminassem o Olímpia nos 90 minutos.

 

CAMPANHAS DE OLÍMPIA E NACIONAL ATÉ CHEGARAM À SEMIFINAL

Como já havíamos dito, o Olímpia foi o melhor clube da primeira fase da A3. Nas quartas de final, o time treinado por Júlio Sérgio pegou a oitava colocada, Portuguesa Santista. Com um empate fora (1 a 1) e o triunfo em casa, por 3 a 1, o Super-Galo se qualificou para as semifinais.

Já o Nacional, que terminou na sexta colocação (31 pontos), surpreendeu o Rio Branco de Americana, que havia terminado no terceiro posto da etapa de classificação e foi eliminado com a derrota por 3 a 1 na condição de mandante.

No primeiro encontro pela semifinal, o Ferrinho, diante de sua torcida, saiu na frente com um gol de Emerson, aos 43 minutos do primeiro tempo. Mas na etapa complementar, Veloso e Brumatti balançaram as redes para o Olímpia e viraram o placar.

Prováveis escalações:

OLÍMPIA: Igor; Veloso, Jean Pablo, Paulo Brumati e Alex Silva (Willian); Roger Goiano, Rogério Maranhão, Luizinho Melo e Vinícius Leite (Edinho); Naldinho e Renatinho (Alvaro). Técnico: Júlio Sérgio

NACIONAL: Felipe Lacerda; Thiaguinho, Luiz Henrique, Jeferson e Ricardinho; Caio (Jobson), Everton, Negueba e Emerson Mi; Éder Loko (Célio Guilherme) e Léo Castro (Laércio). Técnico: Tuca Guimarães

 

INTERNACIONAL DE LIMEIRA X MONTE AZUL

Campeão paulista de 1986, a Internacional de Limeira quer reviver seus melhores dias. Para isso, é fundamental vencer o Monte Azul, em casa, no próximo sábado (13), às 19h (horário de Brasília), para regressar à segunda divisão estadual. Houve o empate, em 1 a 1, entre os dois times, na primeira partida da semifinal, disputada no último domingo (07), no estádio Otacília Patrícia Arroyo.

Os gols foram marcados no segundo tempo. Logo no primeiro lance, Tom recebeu de fora da área e mandou um balaço no ângulo de Vander para abrir o placar para os visitantes. Empurrado pela torcida, o Azulão deixou tudo igual, aos 39 minutos, com Lucas Cezane, em cabeçada após cobrança de escanteio.

 

CAMPANHAS DE MONTE AZUL E INTER DE LIMEIRA ATÉ CHEGARAM À SEMIFINAL

Em Limeira, o Leão da Paulista tem uma vantagem importante para bater o Monte Azul, que fechou a primeira fase na quarta posição, com 32 pontos. No caso da Inter, a equipe do interior ficou na segunda colocação, com 37 pontos, dois a menos que o líder Olímpia.

Vale ressaltar que, nas quartas de final, a Internacional passou pelo Desportivo Brasil (1-1; 2-1), enquanto o Monte Azul eliminou o Taboão da Serra (1-1; 1-0).

INTERNACIONAL DE LIMEIRA: Rafael Pim; Balardim, Carlão, Murilo e Calixto; Marquinhos, Teco e André Mococa; Lucas Douglas, Tom (Éder Paulista) e Wesley (Ricardinho).
Técnico: João Vallim

MONTE AZUL: Vander; Savio, Gilmar, Trevisan e Renan; Pepe, Danilo Medeiros, Marcelinho (Matheus Borges) e Juca (Leandro); Matheus Oliveira e Dener.
Técnico: Rafael Guanaes

Palpite: o Olímpia, além de ser o melhor time do campeonato, conquistou uma bela vantagem fora de seus domínios e vai chegar à final. Em Limeira, a Internacional, que tem a segunda melhor pontuação da A3, é a mais cotada a alcançar a decisão. Lembrando que na ocorrência de outro empate contra o Monte Azul, teremos penalidades máximas.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar