Ganhador.com

Futebol: Podcast

Palmeiras e Cruzeiro fizeram o jogo da noite pela Copa do Brasil

Palmeiras 3 x 3 Cruzeiro

Depois de embalar uma boa sequência no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras recebeu o Cruzeiro ontem no Allianz Parque pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, e quase matou a torcida do coração: com gols de Thiago Neves, Robinho e Alisson, a equipe mineira dominou os 45 minutos iniciais e mandou o Verdão às cordas ainda no primeiro tempo.

Com o 3 a 0 no placar, esperava-se que o segundo tempo fosse um “passeio no parque” para a Raposa.

Longe disso.

O Palmeiras voltou do vestiário ligadíssimo no jogo e, em 20 minutos – com dois gols de Dudu e um de William (a sina do ex-jogador valeu para os dois clubes ontem) –, empatou o duelo e se manteve vivo na Copa do Brasil.

Um jogo vibrante, digno da grandeza dos dois times e que promete muito na grande decisão, em Minas, no dia 26 de julho.

O Cruzeiro jogará pelo empate em 0 a 0, 1 a 1 ou 2 a 2. O 3 a 3 leva o jogo para os pênaltis e do 4 a 4 em diante, a vaga fica com o Palmeiras. Vitória simples classifica qualquer um dos dois times e eu garanto que não marcarei nenhum compromisso pra noite do próximo dia 26. Este jogo eu não perco!

 

Grêmio 4 x 0 Atlético-PR

Menos de uma semana depois de fazer um jogo espetacular contra o Corinthians pela 10ª rodada do Brasileirão e levar a pior jogando em casa, o Grêmio mostrou que não se abateu e, pela Copa do Brasil, aplicou uma goleada par cima do Atlético-PR: 4 a 0. O resultado põe fim à recente série invicta do Furacão.

Foram precisos apenas 32 minutos no primeiro tempo para que o tricolor gaúcho matasse o jogo e seguisse para o vestiário com a vantagem de 3 a 0 no placar (Barrios, 2 vezes e Kannemann 1, marcaram). Atordoado, o Atlético-PR não encontrava meios para reagir.

Eduardo Baptista tentou mudar o panorama da partida na volta do intervalo, mas tudo o que conseguiu foi assistir a expulsão de Nikão aos 18 do segundo tempo depois de levar o segundo amarelo. Sem forças, o Furacão ainda viu o jovem Everton marcar o quarto do Grêmio no final do jogo.

Somente um milagre tira a vaga à semi-final dos gaúchos. Ao Atlético-PR resta a esperança de uma melhor sorte na Libertadores e no Brasileirão.

 

Flamengo 2 x 0 Santos

O Flamengo é outro time que também deixou a classificação muito bem encaminhada. Vencendo o Santos, na Ilha do Urubu, por 2 a 0, o rubro-negro pode perder por até 1 gol de diferença no jogo de volta, dia 26 de julho, que estará classificado. E o resultado ficou barato para o Peixe que foi salvo em pelo menos 4 oportunidades pelo goleiro Vanderlei. Foi a segunda partida seguida em que o Santos – que estava se recuperando – não jogou bem. Vamos ver como o time se comporta na 11ª rodada do Brasileirão.

 

Atlético-MG x Botafogo

E fechando as quartas de final, o Atlético-MG recebe o Botafogo no Estádio Independência hoje, a partir das 19:30 (veja os jogos de hoje mais abaixo).

 

Pela Sul-Americana, Corinthians empata fora

Em um jogo tecnicamente ruim e com um time “misto”, o Corinthians viajou até a Colômbia para enfrentar, pela Copa Sul-Americana, o modesto Patriotas – que conta com o bom Maurício Goméz no elenco. Num campo ruim e sem nenhuma imaginação, o alvinegro entregou a bola pro adversário e ficou preguiçosamente esperando uma oportunidade para o contra-golpe mortal.

Como não tem nada a ver com o “jeito corintiano de jogar”, o Patriotas tratou de sair na frente aos 30 minutos com Goméz (o melhor do time). O Timão voltou um pouco mais ligado no segundo tempo, mas as alterações no time titular (Jô, Jadson, Arana e Maycon foram poupados) e o péssimo gramado (alto, “fofo”, atrapalhando o toque de bola) dificultaram ao máximo a tarefa de conseguir o empate – que só veio aos 46 minutos do segundo tempo com Balbuena finalizando um cruzamento de Fágner, numa jogada iniciada pelo próprio Balbuena no meio de campo.

O Corinthians se classifica com um 0 a 0 em casa, no jogo de volta. Novo 1 a 1 leva para os pênaltis e qualquer vitória simples classifica o vencedor.

 

Chapecoense em má-fase

E a Chapecoense segue sem sorte. Enfrentando o Defensa y Justicia ontem, na Argentina, com um a menos desde 8 minutos do segundo tempo (Andrei Girotto foi expulso), o alviverde se segurou como pôde até os 49 minutos da etapa final, quando Stefanelli mergulhou na pequena área para fazer de cabeça: 1 a 0 Defensa.

É a quarta derrota seguida da Chape na temporada. Agora a equipe catarinense precisa de uma vitória por 2 a 0 no jogo de volta para se classificar. Novo 1 a 0, decisão nos pênaltis e um empate classifica a equipe argentina.

 

Próximos jogos

A Copa do Brasil fecha a rodada hoje com:

  • Atlético-MG x Botafogo – 19:30 horas – Independência (na TV: Fox Sports)

Já a Sul-Americana tem os brasileiros:

  • Ponte Preta x Sol de América – 19:15 – Moisés Lucarelli (na TV: Sportv)
  • Fluminense x Universidad de Quito – 21:45 – Maracanã (na TV: Sportv)

 

Campeonato Pernambucano

Na loucura que é o calendário do futebol brasileiro, Pernambuco conheceu o seu campeão estadual na noite de ontem. E com a ajuda da tecnologia – que foi assunto na série Paixão Nacional (aqui e aqui) –, o Sport Recife superou o Salgueiro por 1 a 0, e levantou a taça depois que o árbitro de vídeo anulou um gol do Carcará quando o jogo ainda estava em 0 a 0.

Na primeira partida da final, o árbitro de vídeo também atuou. Foi ele que confirmou pênalti para o Salgueiro que garantiu o empate por 1 a 1 na Ilha do Retiro.

É o primeiro título do “profexô” Luxemburgo – que chegou prometendo títulos – no Sport.

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Candidatos ao título, Palmeiras e Grêmio se enfrentam pela 11ª rodada do Brasileirão | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar