NBA

O histórico Golden State Warriors: por que o grande favorito contra o Cleveland Cavaliers agora é também o grande campeão da NBA 2016/2017!

Foto: Ezra Shaw/Getty Images

Stephen Curry e Kevin Durant brilham outra vez e série é definida por 4-1 em Oakland.

O medo não teve vez. Jogando como verdadeiros gigantes do basquete, o Golden State Warriors fechou a final da NBA por 4-1 em cima do Cleveland Cavaliers na noite desta segunda-feira (12).

A partida que definiu a conquista teve todos os aspectos de uma grande decisão. A vitória final dos Warriors por 129×120 poderia ser até mesmo em favor dos Cavs, que contaram de novo com uma assombrosa atuação de LeBron James, responsável por 41 pontos. Pelos lados dos Warriors, Kevin Durant também jogou demais, embora não tenha terminado como cestinha. O astro dos Warriors anotou 39 pontos, sete rebotes e cinco assistências, sendo escolhido com todos os méritos como o MVP dessas finais, ofuscando todos os colegas dos Warriors, esta verdadeira máquina de jogar basquete.

   

COMEÇO ACELERADO

Para ninguém ficar em dúvida se a partida valeria a pena ou não ser assistida, as duas equipes fizeram juntas nada menos que 70 pontos só no primeiro quarto, com vitória dos Cavs por 37×33. O enredo do Jogo 4 vinha se repetindo com o brilho de LeBron James e Kyrie Irving – e com certa dificuldade pelos lados dos Warriors.

Tudo voltou ao normal no segundo quarto, com o uso dos jogadores vindos do banco de reservas. Aí virou covardia. Comandados pelo brilhante Andre Iguodala, os reservas do Golden State foram responsáveis por 19 pontos contra somente 2 do Cleveland. A torcida delirava com a vitória parcial dos donos da casa por 71×60 no intervalo da partida.

   

FINAL BRILHANTE

Era praticamente impossível encontrar um único torcedor entre os 20.000 presentes à Oracle Arena que temesse por alguma virada dos Cavs no segundo tempo. A vantagem na série (3-1) e no placar (11 pontos de frente) já dava todo o ritmo de festa que o Golden State soube ampliar e conduzir da melhor maneira.

Houve um certo susto no final do terceiro quarto, é verdade, com os Cavs encostando e cortando a diferença para apenas quatro pontos, mas aí voltou a aparecer Kevin Durant para deixar tudo exatamente no lugar.

Primeiro, barrando qualquer sonho de aproximação no placar. Depois, já no começo do último quarto, fazendo a distância disparar para mais de dez pontos. Aí foi só realmente desfrutar da verdadeira aula de basquete que tomou conta da decisão nos minutos finais. O placar de 129×120 refletiu a real distância entre as duas equipes nesta decisão. Sorte do Golden State, que conquistou seu segundo título nos últimos três anos, o primeiro da diante de sua torcida, em Oakland. O anterior havia sido na quadra do adversário.

   

MVP COM TODAS AS LETRAS

Os fãs que esperavam um duelo entre Stephen Curry e LeBron James na decisão precisaram aplaudir Kevin Durant, que foi sempre eficiente tanto na defesa quanto especialmente no ataque.

Conhecido por sempre ficar à sombra dos seus companheiros de time, Durant foi o grande propulsor deste Golden State que terminou o playoff com a fantástica marca de 16-1, só deixando a invencibilidade escapar porque, afinal, do outro lado está alguém que pode conversar de igual para igual com qualquer outro monstro da história do basquete.

Pois foi o próprio LeBron James que demonstrou todo o espírito esportivo ao aplaudir a conquista dos Warriors: “Eles foram os campeões com justiça. Tentamos tudo o que estava ao nosso alcance, mas eles sempre respondiam com algo ainda melhor”, comentou King James, que fez questão de cumprimentar todos os titulares dos Warriors assim que a partida terminou.

Durant também recebeu seu primeiro título na NBA com a naturalidade que caracteriza os grandes nomes do esporte. Ao lado de Curry, Thompson e outras feras, é bem provável que esta sua conquista seja apenas a primeira. Durant está com 28 anos e tem a perspectiva de atuar mais umas dez temporadas, se a motivação deixar.

“É mais que um título, é o sonho de todo mundo que joga basquete. Tive momentos difíceis nesta e nas outras temporadas, e é lindo que o esporte te proporcione essas recuperações”, finalizou o craque da camisa 35.

 

Foto: Thearon W. Henderson/Getty Images

   

CONFIRA COMO FORAM AS FINAIS DA NBA:

Placar final: Golden State Warriors 4-1 Cleveland Cavaliers

  • Jogo 1 – Golden State Warriors 113×91 Cleveland Cavaliers
  • Jogo 2 – Golden State Warriors 132×113 Cleveland Cavaliers
  • Jogo 3 – Golden State Warriors 118×113 Cleveland Cavaliers
  • Jogo 4 – Cleveland Cavaliers 137×116 Golden State Warriors
  • Jogo 5 –  Golden State Warriors 129×120 Cleveland Cavaliers

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.