Ganhador.com

Humor

O Futebolista: a emoção voltou

Tentando dar mais emoção para o Campeonato Brasileiro, o Corinthians dos 34 jogos de invencibilidade perdeu a segunda partida em três rodadas e agora sonha com a aproximação de Grêmio e Santos para não sentir-se tão só no topo da tabela. Com o Itquerão lotado, o líder do Brasileirão caiu diante do lanterna (e virtual rebaixado) Atlético-GO do rechonchudo Valter.

De acordo com as contas da comissão técnica, se mantiver o ritmo, vencer todos os seus jogos como visitante e perder todos como mandante, o alvinegro conseguirá ser campeão com bastante emoção. “Assim o pessoal para de falar que campeonato por pontos corridos não tem graça”, disse o técnico Fábio Carille ao final do jogo.

Sobre a atuação do atacante Kazim – o “gringo da favela” – todos foram unânimes em dizer que o atleta é melhor nas coletivas no CT do Corinthians do que nas quatro linhas.

De todo modo, com a pausa do Brasileirão em função da data-Fifa (jogos das eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia), o Corinthians ficará por cerca de 10 dias sem sofrer novas derrotas.

Pelo lado do Atlético-GO, nossa reportagem falou com o atacante Valter enquanto ele trocava sua camiseta por cachorros-quentes. “Futebol me dá muita fome”, limitou-se a dizer enquanto reforçava a dose de catchup do lanche. “Em Goiânia não tem disso aqui, não… Por isso que não aguento mais morar lá”, confessou com a boca cheia de purê de batatas.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar