Brasileirão Série A

Mirando o G-4, Botafogo enfrenta o Furacão, que tem um olho na Libertadores e outro no rebaixamento

Botafogo v Fluminense - Brasileirao Series A 2017
Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images

No Campeonato Brasileiro, muitas vezes a distância entre o inferno e o paraíso pode ser de apenas uma rodada. Um exemplo claro é a briga por uma vaga na Libertadores, que envolve quatorze dos vinte clubes participantes. O Corinthians, líder do campeonato, e o Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil, já estão garantidos, e apenas Atlético Goianiense, Avaí, Ponte Preta e Sport, os quatro da zona de rebaixamento, não têm mais chances matemáticas de disputar o torneio mais importante das Américas. Isto significa que, com uma boa combinação de resultados, o time que hoje tenta fugir da degola amanhã poderá figurar entre os maiores do continente.

O Atlético Paranaense, que no próximo sábado (11) vai ao Rio de Janeiro para enfrentar o Botafogo, é um dos que vivem nesta gangorra. Com 42 pontos, o time ainda não esgotou suas possibilidades de rebaixamento, mas ainda tem chances, ainda que remotas, de terminar o campeonato entre os sete primeiros.

A situação do Glorioso é bem mais tranquila. Depois da vitória sobre o Sport na última rodada, o clube chegou aos 51 pontos, subiu uma posição na tabela, atingindo a quinta colocação, e tem 81% de chances de disputar sua segunda Libertadores consecutiva. A meta agora é chegar ao G-4 para entrar direto na fase de grupos.

 

Fogão inicia sequência como mandante

Dono da melhor campanha do segundo turno, com 26 pontos conquistados em 14 partidas, o Botafogo precisa de um bom sprint final para manter as chances de alcançar o Palmeiras. O time fará seus dois próximos jogos no Engenhão, e se conseguir somar seis pontos contra os Atléticos Paranaense e Goianiense, aumentará a pressão para o duelo contra os paulistas, previsto para a penúltima rodada.

Alguns episódios recentes, porém, sugerem alguma cautela por parte do torcedor alvinegro. Como mandante, o time causou uma boa dose de decepções ao longo do campeonato, notadamente nas partidas contra São Paulo e Vitória, em que sofreu viradas incríveis nos minutos finais – mas as derrotas para Avaí, Palmeiras e Fluminense também foram muito sentidas. O aproveitamento do Glorioso atuando no Engenhão é de 60%.

Os comandados de Jair Ventura reencontraram o bom futebol na partida da última rodada, diante do Sport, na Ilha do Retiro. Bruno Silva e Marco Vinícius marcaram nos primeiros minutos, e o time suportou bem a pressão da torcida para segurar o resultado. André diminuiu aos quarenta do segundo tempo, mas já era tarde demais. Vaiado na semana anterior, o treinador demonstrou satisfação com o que viu em campo.

Os cariocas jogarão desfalcados do zagueiro Igor Rabello, que atravessa grande fase. O jogador levou o terceiro cartão amarelo na partida contra o Sport, e terá que cumprir suspensão. Seu provável substituto será Emerson Silva.

Com os ingressos sendo vendidos a partir de R$ 20,00, a expectativa é por casa cheia.

 

Furacão mantém as esperanças

O técnico do Atlético Paranaense, Fabiano Soares, ainda almeja conquistar uma vaga na Libertadores, e para isso estabeleceu uma meta bastante ousada: vencer todos os jogos que ainda restam e atingir os 57 pontos, índice que considera suficente para assegurar a classificação entre os sete primeiros. A realidade do Furacão, no entanto, passa bem longe das previsões otimistas.

O time não marcou um gol sequer nas últimas três rodadas, ficou no empate com a Chapecoense, e foi derrotado por Cruzeiro e Corinthians. Com isso, estacionou nos 42 pontos, e ficou a oito do Flamengo, último time do G-7.

Entretanto, olhando para trás, o Rubro-Negro paranaense poderá buscar inspiração em sua própria campanha. A equipe já conseguiu duas sequências de quatro vitórias, entre a 7ª e a 10ª rodadas, quando superou os Atléticos Mineiro e Goianiense, o São Paulo e o Vitória, e entre a 17ª e a 20ª, ocasião em que venceu o Vasco, o Avaí, o Palmeiras e o Bahia.

Para enfrentar o Botafogo, o Furacão terá os retornos do meia Guilherme e do lateral Sidcley, que desfalcaram o time na derrota para o Corinthians. Porém, Deivid e Eduardo Silva seguem aos cuidados do departamento médico, e nem viajam para o Rio de Janeiro.

 

Retrospecto

O Atlético Paranaense leva vantagem nos confrontos pelo Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro venceu 19 vezes, contra 14 triunfos do Fogão. Seis partidas terminaram empatadas. Nos últimos  cinco duelos, ocorridos de 2014 para cá, foram três vitórias dos paranaenses, uma do Botafogo e um empate. A última vez que o Furacão levou a melhor no Engenhão foi no Brasileirão de 2014. No primeiro turno, os times não saíram do 0x0 na Arena da Baixada.

 

Palpite

Se conseguir repetir a atuação da partida diante do Sport, o Botafogo vence o Atlético Paranaense no Engenhão. O Furacão tem apenas 39,5% de aproveitamento como visitante, passa por um momento turbulento e já não balança a rede a três jogos. O Glorioso, ao contrário, chega cheio de motivação para tentar alcançar o Palmeiras, que perdeu na última rodada, além de contar com o apoio da torcida, que deve comparecer em grande número.

Olho no meia Marcos Vinícius, que marcou três gols nos últimos quatro jogos, e desta vez deve ser escalado mais próximo da área. Acredito que ele volte a marcar, e o Botafogo vença por 1×0.

 

Jogos da 34 ª rodada do Brasileirão 2017

Sábado, 11 de novembro

  • 17:00 – Botafogo x Atlético Paranaense – Palpite: Botafogo
  • 19:00 – Corinthians x Avaí – Palpite: Corinthians

Domingo, 12 de novembro

  • 17:00 – Vasco x São Paulo – Palpite: Empate
  • 17:00 – Palmeiras x Flamengo – Palpite: Palmeiras
  • 17:00 – Grêmio x Vitória – Palpite: Empate
  • 17:00 – Atlético Goianiense x Sport – Palpite: Sport
  • 18:00 – Bahia x Atlético Mineiro –Palpite: Empate
  • 19:00 – Cruzeiro x Fluminense  – Palpite: Cruzeiro
  • 19:00 – Coritiba x Ponte Preta – Palpite: Coritiba

Segunda-Feira, 13 de novembro

  • 20:00 –Chapecoense x Santos – Palpite: Santos

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar