Ganhador.com

NBA

“Matinê” e clássico retrô agitam a NBA nesta quinta

Foto: Andy Lyons/Getty Images

Nuggets x Pacers às 18h e Knicks x Bulls são as atrações do melhor basquete do mundo

O brasileiro que é fanático pela NBA terá uma quinta-feira (12) especial em pleno verão. Será assim, com sol e calor, que vai ocorrer às 18h (de Brasília) o jogo entre Denver Nuggets e Indiana Pacers, duelo que abre a sequência das seis partidas do dia.

Tem mais – sempre tem mais em se tratando de NBA… -, como no jogaço das 23h entre New York Knicks e Chicago Bulls no Madison Square Garden, ou logo a seguir com outro confronto de muita tradição e, é verdade, campanhas um pouco destoantes neste ano, entre San Antonio Spurs e Los Angeles Lakers.

Os prognósticos e os dados que são importantes conhecer estão todos aqui. Confira!


18h00 – Denver Nuggets, campanha com aproveitamento de 37% (2,38) x Indiana Pacers, 52% (1,60)
A matinê da NBA bem que pode ser chamada de “jogo da gangorra”. As duas equipes estão em sequências totalmente opostas. Os Nuggets vêm de cinco derrotas seguidas; os Pacers, de cinco vitórias consecutivas. Difícil desconfiar que a série não vá ser mantida. Pacers ganham a sexta. Primeiro duelo entre ambos os times na temporada. E nem esse ineditismo indica surpresa, acreditem se quiser.

22h30 – Brooklyn Nets, 21% (2,10) x New Orleans Pelicans, 38% (1,75)
A baixa efetividade das campanhas dá ideia do está por vir: um jogo com tons masoquistas. Os mais ousados devem cravar triunfo dos Nets, que vêm de sete (!) derrotas seguidas. Os Pelicans ganharam dos Knicks na noite passada, mas tampouco inspiram maiores confianças. Pelo risco e pelo rendimento, vamos de Nets, na casa dos 5-6 pontos, mas sabendo que a probabilidade de isso acontecer é como um…Shaquille O’Neal acertar um lance livre.

23h00 – New York Knicks, 43% (1,66) x Chicago Bulls, 48% (2,30)
Duas camisas históricas e duas equipes que têm deixado muito a desejar neste 2017. Mesmo com Carmelo Anthony de um lado e Dwyane Wade do outro, não devemos suar frio esperando um jogo de grande nível – mas, ok, boas emoções e equilíbrio. Ambos os times vêm de derrotas seguidas (duas do Bulls e três dos Knicks). Jogando em casa, o New York tem chances melhores, como prova o 114×107 na única partida entre ambos até aqui. Eis uma boa margem para se confiar nesta noite.

23h30 – San Antonio Spurs, 78% (1,04) x Los Angeles Lakers, 35% (12,00)
Será uma partida parelha ou um “massacre da cesta elétrica”? Os Lakers vão de mal a pior, e os Spurs cumprem o script traçado na temporada, que é o de fechar a série regular de jogos com aproveitamento próximo aos 80%. O craque Kawhi Leonard, sozinho, está jogando talvez por todo o time do Lakers. Os arrojados que cravarem vitória larga podem relaxar e esperar coisas boas. Em novembro, os Spurs ganharam por 117×106. A margem de vitória é por aí – sempre acima dos dez pontos, e é possível até enxergar Gregg Popovich esbravejando isso aos seus atletas.

01h00 – Phoenix Suns, 31% (1,95) x Dallas Mavericks, 28% (1,86)
O “jogo da lanterna” é mesmo para os muito corajosos, pois Suns e Mavericks estão nas duas últimas posições na Conferência Oeste. Os Suns venceram os dois confrontos diretos nesta temporada: 102×95 e 112×107. Não há razões para imaginar resultado diferente neste terceiro jogo – os pobres Mavs não ganham de ninguém, e os Suns são capazes de vez ou outra superar até um adversário do naipe do Miami Heat.

01h30 – Golden State Warriors, 84% (1,07) x Detroit Pistons, 45% (9,50)

Outra previsão de surra, vareio, tunda, pisa ou o que você quiser chamar. Os Warriors seguem com a melhor campanha e não dão sinais de que deixarão de tê-la. Oito vitórias nas últimas dez partidas é um feito e tanto – e compatível com o aproveitamento de 83% que o time exibe até aqui. Os Pistons só têm uma única opção de obter apoio: em uma nova noite maluca na qual possa vencer como venceu o Cleveland no fim de dezembro. Mas os Cavs, convenhamos, dão uns vacilos que os Warriors não dão. O único jogo entre Detroit e Golden State neste ano terminou 119×113 para os Warriors, e quem até aumentar um pouco esta distância de vitória pode cochilar tranquilo durante a partida. É de se imaginar que até os atletas do Golden State façam o mesmo e tirem uma soneca no banco de reservas durante o jogo, propício a rotações e uso total de vários nomes desconhecidos e que precisam de ritmo ao longo da temporada.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar