Paulista A1

Invencível! Corinthians vence mais um clássico e se mantém no topo do Paulistão!

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians / Divulgação

Triunfo por 1 a 0 diante do Santos fez equipe de Fábio Carille se distanciar na ponta da tabela geral; Palmeiras e São Paulo também venceram.

O Corinthians venceu mais um clássico em 2017 ao derrotar o Santos pela contagem mínima e continuou a sua ótima campanha no Campeonato Paulista, onde é líder isolado do Grupo A, com 18 pontos ganhos. O Timão também é a melhor equipe do Paulistão, já que até aqui tem apenas uma derrota em sete jogos disputados. O Palmeiras também se manteve bem ao vencer o Red Bull Brasil por 3 a 1 e o Tricolor derrotou o Santo André por 4 a 1.

A equipe de Fábio Carille tinha mais um importante desafio pela frente. Depois de desbancar o Palmeiras em casa com um homem a menos, dessa vez o clássico era diante do Santos. Sem Ricardo Oliveira e Lucas Lima, o time de Dorival Junior foi apático e viu o Corinthians dominar boa parte da partida sem grande esforço. Se não fosse Vladimir, o placar já teria sido aberto logo na etapa inicial, mas com boas defesas o goleiro santista evitou de Maycon, Balbuena e até mesmo um possível gol contra de Lucas Veríssimo.

Mas a abertura do placar veio logo no primeiro minuto do segundo tempo. Em uma jogada digna de Barcelona, o Corinthians trabalhou bem a bola, utilizou triangulações, colocou o Santos na roda e Guilherme Arana cruzou na medida para Jô cabecear sem qualquer chance para Vladimir. Novamente o atacante camisa 7 marcou em um importante clássico e deu a vitória ao Corinthians, já que depois disso pouco aconteceu a não ser um gol bem anulado de Romero.

O triunfo fez com que o Corinthians se mantivesse em uma primeira colocação confortável no Grupo A com 18 pontos. São oito a mais do que o vice Botafogo de Ribeirão Preto. Essa pontuação também faz com que o Timão seja o melhor clube na classificação geral até aqui. Já o Santos se mantém em terceiro no Grupo D, que tem a Ponte Preta como nova líder. A Macaca bateu o Ituano por 1 a 0 com um gol no finalzinho que garantiu a ponta da tabela.

 

Palmeiras de Borja

O Palmeiras deu sequência à sua recuperação diante do Red Bull Brasil, em Campinas. Com o estádio Moisés Lucarelli muito mais cheio de torcedores do Verdão do que do time mandante, a equipe do treinador Eduardo Baptista levou a melhor por 3 a 1 novamente com gol do colombiano Miguel Borja, que já balançou as redes nas duas ocasiões em que entrou em campo pelo atual campeão brasileiro. Foi o último teste do time alviverde antes de estrear na Copa Libertadores da América, onde enfrentará o Atlético Tucumán na primeira rodada do torneio.

William abriu o placar após chute mascado de Dudu que caiu nos pés do atacante titular até aqui do Verdão. O primeiro tempo não teve grandes emoções além do tento marcado pelo jogador alviverde, mas na etapa final a equipe de Campinas passou a dominar as ações. Em um contra-ataque o Palmeiras acabou por ampliar a vantagem com Róger Guedes, mas os donos da casa colocaram fogo no jogo ao descontarem com Evandro.

Por fim, já nos acréscimos, Borja fez aquilo que mais sabe. Ou seja, balançou as redes do adversário. O colombiano dividiu a bola com o zagueiro na entrada na área e tocou na saída do goleiro. São dois gols em dois jogos. Poderia ter uma estreia melhor para um atacante que deve ser o principal expoente do Verdão na estreia da Liberta? Impossível! O Palmeiras é o melhor do Grupo C, onde tem 15 pontos e caminha tranquilo para a classificação para a próxima fase.

 

São Paulo vence com asterisco

O tricolor paulista não teve grandes dificuldades para confirmar o favoritismo e bater o Santo André em pleno Morumbi. Mas o resultado ficou manchado pelos erros capitais de arbitragem ocorridos ao longo do duelo – a começar pelo primeiro gol, quando logo aos 4 minutos Cícero completou o cruzamento de Luiz Araújo e balançou a rede em posição claramente irregular. A equipe de Rogério Ceni ampliou e depois o Ramalhão descontou.

Mas, aos 30 da etapa final veio outro lance crucial. Wellington Nem fez boa jogada e tentou o chute. No rebote, Luiz Araújo completou para o fundo do gol – só que com a mão, e a arbitragem não viu. Mais um gol irregular do tricolor. Thiago Mendes ainda fez o quarto e colocou ponto final ao duelo.

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. douglas lopes

    7 de março de 2017, às 11:24

    Aqui e Corinthians

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.