Ganhador.com

Brasileirão Série A

Grêmio precisa vencer e secar o Corinthians

FOTO: LUCAS UEBEL / GREMIO FBPA

Jogo contra a Ponte Preta começa às 16h00 de domingo.

O Grêmio vem de uma excelente vitória sobre o Flamengo na Ilha do Urubu. O resultado recolocou os gaúchos no segundo lugar da classificação do Brasileirão, dez pontos atrás do Corinthians. A Ponte Preta passou um vexame ao perder dentro do Majestoso por 3 a 0 para o Bahia. A Macaca passou a flertar com o rebaixamento.

    

Palpite

O Grêmio passará facilmente pela Ponte Preta. Acredito em 3 a 0. O curioso é que se esta peleja fosse no começo do ano, ou no início da Série A, eu preveria um embate equilibrado entre um esforçado Renato Gaúcho e um surpreendente Gílson Kleina. O Tricolor não encantava na Libertadores e foi mal no Gauchão. Os pontepretanos haviam feito um excelente Paulistão, no qual terminaram à frente dos gigantes Palmeiras, Santos e São Paulo.

Nas primeiras rodadas do certame nacional, ambos iniciaram suas campanhas brigando pelos primeiros lugares. O Grêmio se manteve no pelotão de cima. Os campineiros, ao contrário, desceram a ladeira e hoje se encontram bem próximos da zona maldita.

Em qualquer partida de futebol, os atletas estão motivados para vencer. Só que no caso deste domingo, teremos um quadro local que acaba de bater o fortíssimo Flamengo na Cidade Maravilhosa, tirando a invencibilidade da Ilha do Urubu, e que visa correr atrás do Corinthians, líder disparado.

OS alvinegros também querem os três pontos mas dispõem de recursos mais limitados e sua ambição de momento é apenas a de se distanciar do Z-4, manter os empregos da comissão técnica e abafar a crise.

 

Como chegam para este confronto?

O Grêmio deu um nó tático no Flamengo, ontem à noite. Jogou feio, retrancado lá trás. Mesmo sem dar espetáculo, foi letal nos contra-ataques. A defesa e os cabeças-de-área estavam muito bem posicionados, irritando os atacantes flamenguistas. Sem conseguir criar, os cariocas se viram obrigados a chutar de fora da área – sem sucesso.

Outra tática dos rubro-negros foi a de alçar bolas na área, que foram todas chutadas para longe dali. Sem conseguir furar a retranca, o Flamengo sofreu o duro golpe aos 25’.

O craque Luan recebeu uma bola marcado por dois zagueiros. Ele se livrou de ambos, ganhou de um terceiro e quando chegava o quarto, chutou forte no canto para balançar a roseira.

O treinador Renato Gaúcho foi novamente reverenciado como o Rei do Rio, apelido conquistado nos anos 90. Nesta liga, ele tem cem por cento de aproveitamento contra os representantes do Rio de Janeiro. São doze dos 25 pontos do Mosqueteiro na primeira divisão.

Cadê aquele time aguerrido da Ponte Preta que despachou o Palmeiras nas semifinais do Paulistão? A Macaca vive seu pior momento em muito tempo. O princípio de crise já mexe até com o emocional de Gílson Kleina, que está visivelmente aborrecido. Emerson Sheik, profissional de nome mais conhecido do grupo, chamou a imprensa para sair em defesa do treinador: “o elenco pode se entregar mais”.

O terrível presente dos interioranos pode ser explicado por alguns números recentes: a equipe completou 320 minutos sem marcar gols e completou um ano sem ganhar fora de Campinas. Contra o Bahia, apesar de ter a bola nos pés no campo dos baianos durante quase todo o enfrentamento, ela se mostrou bastante confusa, afobada, se livrando da bola de qualquer maneira e não ameaçando a meta adversária.

A diretoria tem trabalhado nos bastidores para reforçar o plantel. O boliviano Luis Alí foi regularizado e está à disposição do comandante. Os advogados da instituição conseguiram efeitos suspensivos para que Rodrigo e Renato Cajá possam ir a campo no domingo.

 

Possíveis escalações

Confira as possíveis formações para esta jornada:

Grêmio: Léo; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Luan e Fernandinho; Lucas Barrios. Técnico: Renato Gaúcho.

Ponte Preta: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Kadu e Fernandinho; Fernando Bob, Jadson, Wendel e Claudinho; Lucca e Emerson Sheik. Técnico: Gilson Kleina.

 

Serviço

A venda de ingressos para a batalha de domingo começou na segunda-feira pela internet e desde hoje cedo nas bilheterias da Arena do Grêmio. Os preços variam entre R$ 60 e R$ 100,00.

 

Quem seca quem?

Além de conseguirem a vitória, Grêmio e Ponte Preta estarão de ouvidos no radinho aguardando notícias do restante da rodada.

No sábado, Kannemann e companhia torcem pelo Atlético-PR contra o Corinthians mas Nino Paraíba e seus companheiros querem que os paranaenses prevaleçam.

Os opostos se repetirão no domingo. Os tricolores preferem Vitória ao Palmeiras, Vasco ao Santos e Cruzeiro ao Flamengo. O torcedor da Macaca discorda plenamente.

No domingo também teremos um favorito Atlético-MG contra o Atlético-GO, um duelo dramático entre Chapecoense x São Paulo, o equilibrado Coritiba x Fluminense e um Bahia tentando mostrar sua recuperação diante do Avaí.

Segunda-feira, acontecerá um jogão às 20h00: Botafogo x Sport.

 

Jogos da 14ª Rodada do Brasileirão 2017:

Sábado, 15 de julho:

  • 19h00: Corinthians x Atlético-PR

Domingo, 16 de julho:

  • 11h00: Palmeiras x Vitória
  • 16h00: Vasco da Gama x Santos
  • 16h00: Cruzeiro x Flamengo
  • 16h00: Grêmio x Ponte Preta
  • 16h00: Atlético-GO x Atlético-MG
  • 16h00: Chapecoense x São Paulo
  • 19h00: Coritiba x Fluminense
  • 19h00: Bahia x Avaí

Segunda-feira, 17 de julho:

  • 20h00: Botafogo x Sport

 

Classificação:

  1. Corinthians – 35 – Taça Libertadores da América (fase de grupos).
  2. Grêmio – 25 – Taça Libertadores da América (fase de grupos).
  3. Santos – 23 – Taça Libertadores da América (fase de grupos).
  4. Flamengo – 23 – Taça Libertadores da América (fase de grupos).
  5. Sport – 21 – Taça Libertadores da América (fase preliminar).
  6. Cruzeiro – 20 – Taça Libertadores da América (fase preliminar).
  7. Palmeiras – 19 – Copa Sul-Americana.
  8. Vasco da Gama – 19 – Copa Sul-Americana.
  9. Botafogo – 19 – Copa Sul-Americana.
  10. Coritiba – 19 – Copa Sul-Americana.
  11. Fluminense – 17 – Copa Sul-Americana.
  12. Atlético-MG – 17 – Copa Sul-Americana.
  13. Bahia – 15
  14. Atlético-PR – 15
  15. Ponte Preta – 15
  16. Chapecoense – 15
  17. São Paulo – 12 – Série B.
  18. Avaí – 12 – Série B.
  19. Vitória – 12 – Série B.
  20. Atlético-GO – 8 – Série B.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar